Biblioteca

Leia em 10 minutos

7 passos essenciais para o fazer o seu planejamento de marketing e potencializar suas vendas

27/06/17 - por Equipe TOTVS
Esse conteúdo ajudou você 3 profissionais
compartilhe:

Você já reparou que algumas empresas continuam crescendo e prosperando enquanto muitas sofrem com a crise financeira? Não existe nenhum mistério em torno disso. É preciso apenas conhecer a importância do planejamento de marketing aliado a ações estratégicas para fazer seu negócio decolar e voar cada vez mais alto.

O empreendedor que deseja fidelizar consumidores para transformá-los em seguidores apaixonados pela sua marca e, ao mesmo tempo, aumentar a sua base de clientes precisa perceber o marketing como o principal aliado para alcançar esses resultados.

Hoje, temos múltiplos canais de comunicação à disposição na internet e a facilidade de configurar um perfil nas redes sociais pode causar uma ilusão em empreendedores inexperientes. Publicar posts aleatoriamente, com um conteúdo que não é útil para o público-alvo e sem nenhum planejamento é um erro extremamente amador.

Pense sempre em resolver os problemas do seu consumidor. Como o seu produto ou serviço pode solucionar um problema na vida dele. Entregue esse conteúdo de forma que ele te encontre e sem que você precise gastar fortunas por causa da falta de planejamento em marketing.

É importante fazer um planejamento de marketing?

O marketing é um setor de grande importância para qualquer empresa, ainda mais para pequenas empresas que estão buscando seu espaço e se posicionando no mercado. E como todo setor, requer organização nas suas ações e nas campanhas a serem realizadas. Ou seja, para que funcione corretamente, é essencial elaborar um plano de marketing.

Por meio do planejamento de marketing, é possível conhecer as necessidades do seu público. Identificar o comportamento do consumidor e poder avaliar as oportunidades de negócio é um passo para saber como suprir essas necessidades.

Outro fator determinante que faz com que se torne indispensável fazer um planejamento de marketing é a possibilidade de monitorar cada estratégia em tempo real, identificando as ações que estão promovendo bons resultados e também erros que precisam ser evitados.

Quais os principais passos para o planejamento da estratégia de marketing?

1º passo - Defina o seu público-alvo e construa personas

Sempre que vamos comprar um presente para alguém, procuramos pensar no comportamento da pessoa, saber o que ela gosta e o que a deixaria feliz. Quanto mais informações soubermos do nosso amigo, ou seja, quanto maior a intimidade com ele, mais chances temos de agradá-lo, concorda?

A construção do seu público-alvo ocorre da mesma forma. É preciso conhecer dados demográficos (idade, sexo, estado civil, localização etc.), comportamento de compra, redes sociais que mais utiliza. Enfim, tudo o que for possível descobrir e que seja útil para você montar um planejamento de marketing com foco em agradar o seu público.

Saber como o seu público-alvo se comporta e descobrir o que e como ele consome direcionará suas ações de marketing para que sejam bem recebidas por ele. Assim, suas campanhas de marketing falarão a mesma língua do seu público, ampliando suas chances de sucesso.

Para ser mais preciso na sua estratégia, é importante estudar bem o seu cliente (mesmo que ainda seja potencial) para aplicar o conceito de personas, que são personagens criados com base no perfil do seu público-alvo e que apresentam informações mais específicas sobre determinado segmento de cliente como dores, problemas, sonhos, expectativas, entre outras. Dessa forma, a comunicação se torna mais assertiva.

2º passo - Observe o comportamento da concorrência

Conhecer os concorrentes é um quesito importante no planejamento de marketing, pois avaliar os pontos fortes e as fraquezas deles pode te ajudar a aprimorar a sua própria estratégia, uma vez que vocês têm o mesmo nicho de negócio.

Ao conhecer as estratégias utilizadas pelos seus concorrentes, você saberá o que, geralmente, é bem recebido pelo público-alvo e quais ações são rejeitadas. Aprender com os próprios erros é importante para qualquer ramo profissional ou mesmo no plano pessoal. Mas construir estratégias de sucesso evitando errar é ainda melhor.

Mas cuidado: é muito importante que você evite copiar as ações do seu oponente. Para ser competitivo, é preciso descobrir e destacar o seu próprio diferencial.

3º passo - Estabeleça objetivos e metas

Para conseguir resultados positivos em curto, médio ou longo prazo é fundamental definir metas e objetivos. Aumentar o tráfego do blog, gerar uma quantidade X de leads (potenciais clientes), converter X leads em clientes, recuperar X clientes inativos são alguns exemplos que precisam ser levados em consideração na hora de planejar.

Metas criam o compromisso com as ações definidas no planejamento e fazem com a equipe mantenha o foco em atingir os resultados propostos.

Ao definir objetivos e metas, entretanto, cuide para que não sejam irreais e inalcançáveis, pois o planejamento pode perder o fôlego bem no meio do caminho.

4º passo - Defina os responsáveis para cada ação

É importante relacionar as tarefas que precisam ser executadas e listar os responsáveis pelas ações, considerando o prazo estabelecido dentro de um cronograma organizado. Se precisar, não hesite em buscar ajuda de um profissional capacitado para que a sua estratégia saia do papel e se transforme em realidade.

Delegar as diferentes tarefas para diferentes funcionários permite também o estabelecimento de uma estratégia de trabalho em equipe que pode ser muito benéfica para todos os setores da empresa, mas principalmente para o de marketing.

Quando você coloca um projeto sob a responsabilidade de uma equipe, este ganha foco especial, o que amplia as chances de sucesso da sua estratégia de marketing.

5º passo - Analise as melhores ferramentas de marketing digital

Independentemente de quem faz parte do seu público, certamente está conectado à internet em casa, no trabalho ou na fila de espera do dentista, por meio do smartphone. Nessa parte do planejamento, você terá condições de analisar quais recursos digitais deverão ser utilizados, de acordo com as preferências que foram identificadas na construção do público-alvo e da(s) persona(s).

Tenha em mente que a definição das ferramentas digitais deve ser feita em consonância com a construção da persona e com a identificação do comportamento do seu público-alvo. Veja a seguir algumas ferramentas que você pode utilizar.

Otimização de sites

As técnicas de SEO – Search Engine Optmization, utilizadas para otimizar sites por meio do uso de palavras-chave, melhoram o posicionamento da sua empresa nos resultados de busca do Google. É uma ótima maneira de ser encontrado sempre que alguém procurar por serviços ou produtos do seu nicho.

Procure revisar e analisar sempre o conteúdo da sua página para ter certeza de que ela esteja sendo bem avaliada pelos mecanismos do Google.

Marketing de conteúdo

Lembra quando, no início deste post, falamos do presente para o amigo? É isso. Em outras palavras, são conteúdos úteis, produzidos especialmente para atrair o seu público como dicas, artigos, e-bookspodcasts (informação em áudio), vídeos e outros. E quanto mais você souber das expectativas do seu público, mais chances tem de atingi-lo e deixá-lo satisfeito. Pense sempre no que é sucesso para ele.

Produzir conteúdo (de real interesse) para o seu público-alvo tem o potencial de fidelizar clientes que voltarão sempre à sua página em busca de mais informações. Além disso, você aumentará o tempo de permanência das pessoas no seu site ou blog, o que é essencial para uma melhor indexação pelos mecanismos de busca.

Redes sociais

A cada dia, uma nova rede social é desenvolvida. Saber quais são as preferidas do seu público o ajudará a descobrir os veículos certos para as comunicações do seu negócio. E só um planejamento de marketing pode identificar isso!

Nas ações de comunicação, tome o cuidado de utilizar a linguagem adequada para cada rede social. Além disso, é importante estar presente nas redes sociais de maneira participativa, pois o seu público-alvo nem sempre será atingido pelas postagens. Portanto, evite criar perfis além da capacidade que você e sua equipe têm para administrá-las! Conforme o caso, é preferível ter apenas um ou dois, mas administrá-los com precisão.

E-mail marketing

O e-mail marketing, conhecido também como newsletter, é o meio mais utilizado pelas empresas que estão produzindo conteúdo. Na realidade, é a forma mais prática, rápida e eficiente de entrar na casa do seu público.

Veja só, foi através da nossa Newsletter que você conseguiu acessar este conteúdo de extrema importância para empreendedores, como você.

Estratégias de e-mail marketing devem ser bem elaboradas e discutidas profundamente no planejamento, pois é essencial elaborar técnicas para garantir que o usuário abra, leia e interaja com a mensagem.

6º passo - Inclua um orçamento financeiro no seu planejamento de marketing

Ao contrário do que muita gente imagina, não é preciso investimentos exorbitantes para colocar um plano de marketing em ação. Não investir nesse segmento é muito mais oneroso, pois desperdiça o potencial que a sua empresa tem de crescer. Defina um orçamento mensal, semestral ou anual para a sua estratégia.

Empresas que se concentram em marketing digital, por exemplo, podem lançar mão de um orçamento mais enxuto. E depositar o foco em impulsionar redes sociais também é uma boa estratégia para aparecer ao seu público sem gastar muito dinheiro.

Na realidade, empresas que buscam aparecer na mídia tradicional necessitam de um orçamento mais elaborado. Identifique qual o potencial financeiro da sua empresa e escolha os meios em que você fará as divulgações.

7º passo - Acompanhe os resultados

O que há de mais revolucionário no planejamento de marketing produzido hoje é a flexibilidade de poder fazer alterações durante o processo em andamento. Isso só é possível porque no meio digital existem recursos para monitorar os resultados em tempo real ou sempre que for necessário.

Por exemplo, é possível saber quantas pessoas estão acessando o link de uma campanha, quantos leads foram atingidos no mês, quais artigos ou vídeos foram mais acessados, ou seja, é possível acompanhar métricas que apresentam um diagnóstico preciso para a gestão de uma estratégia assertiva. Assim, você consegue avaliar, estudar, melhorar o que já está bom e consertar os erros em tempo hábil.

Acompanhar os resultados das suas campanhas torna mais fácil identificar possíveis erros de planejamento e, se possível, corrigi-los durante o decorrer das mesmas.

Viu como é grande a importância do planejamento de marketing? É assim que as pequenas empresas estão conseguindo potencializar as vendas. E é por tudo isso que o Marketing deve ser visualizado como um investimento necessário e não como gasto secundário ou supérfluo.

Pense nisso!

Documento

Download PDF Imprimir

Esse conteúdo ajudou você

Sim Não

Salário do dono é essencial para proteger empresa

Produtos relacionados