Biblioteca

Leia em 10 minutos

Acompanhe o canteiro de obra em tempo real

26/04/17 - por Equipe TOTVS
Esse conteúdo ajudou você 2 profissionais
compartilhe:

Na 4ª Pesquisa de Opinião de Tecnologia para Construção, realizada em 2015 pela empresa JBKnowledge, 77% dos profissionais entrevistados consideraram a tecnologia mobile prioridade para o setor. O uso de redes móveis é uma clara tendência para o controle de custos na construção civil, especialmente no Brasil. “Em um cenário com poucas obras e concorrentes agressivos, aumenta a necessidade de um acompanhamento mais assertivo do canteiro. Isso pode ter impacto tanto para o lucro, quanto para o prejuízo do empreendimento”, diz Petrus Evangelista, gestor do segmento na TOTVS.

Fazer o planejamento do controle de prazos e custos é uma das maiores dificuldades do setor no Brasil. Para se ter uma ideia, dados da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) mostram que, em 2015, enquanto 100% das empresas americanas afirmavam contar com planejamento estratégico para gerenciar seus projetos de construção, apenas 60% das brasileiras declararam o mesmo. Contribui para esse cenário a falta de informações precisas por parte dos gestores em relação ao canteiro.

“Se, por exemplo, numa obra com duas mil atividades o gestor perceber que está tendo prejuízo sem conseguir identificar de onde ele vem – mesmo com 40% do trabalho realizado, o cenário é negativo. Como a gama de atividades é muito grande, não há tempo para correções,” exemplifica Evangelista.

Com a solução mobile da TOTVS é possível ter informações em tempo real direto do canteiro de obra. “O engenheiro coleta as informações em campo e pode sincronizá-las com o sistema quando estiver no escritório, ou com conexão à internet,” explica Evangelista.

A solução TOTVS garante o controle tanto da apropriação de mão de obra, quanto do tempo de uso dos equipamentos. É possível saber, por exemplo, quantas horas cada profissional trabalhou por tarefa e qual foi o custo de cada equipamento. “Conseguimos captar em qual posição a obra está, se a medição é real, e tirar fotos para mostrar evidências”, diz Evangelista.

A ferramenta permite ainda agregar os dados captados no canteiro à metodologia de Análise de Valor Agregado (EVA), garantindo o controle de prazos com um nível de detalhamento ainda maior. “Assim é possível identificar onde estão os desvios e o que fazer para mitigá-los de forma mais rápida”, explica Evangelista.

Quando feito de forma manual, o controle diário de desempenho de equipamentos e mão de obra feito normalmente é lento e de baixa confiabilidade. A era da rapidez, qualidade e assertividade na coleta de informações do canteiro para o escritório já pode ser uma realidade para as construtoras brasileiras.

Documento

Download PDF Imprimir

Esse conteúdo ajudou você

Sim Não

Transforme seu agronegócio com Fluig

TOTVS lança a 1ª plataforma de inteligência de vendas em formato app do varejo brasileiro.