Biblioteca

Leia em 10 minutos

Climatologia e Mapa de Calor reduzem incertezas na produção agrícola

17/04/17 - por Equipe TOTVS
Esse conteúdo ajudou você 0 profissionais
compartilhe:

As condições climáticas e o ataque de pragas estão entre as maiores incertezas da produção agrícola e são fatores com grande potencial de impacto sobre a obtenção de receitas financeiras. O acesso ágil a informações confiáveis sobre essas duas variáveis pode ser determinante para o desempenho da safra, do plantio a colheita.

Duas novas funcionalidades do PIMS, solução de gestão agroindustrial da TOTVS, são capazes de reduzir incertezas e auxiliar o produtor a planejar suas ações: Climatologia e Mapa de Calor.

A ferramenta Climatologia permite ao produtor agregar diferentes fontes de previsão do tempo, como o  CPTEC/INPE do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais e o Climatempo, o que permite uma análise ponderada das previsões. Além disso, é possível coletar informações por meio de equipamentos como pluviômetro e obter, assim, dados sobre precipitação, radiação solar, velocidade e direção do vento, temperatura mínima, máxima e média e sobre a umidade relativa do ar.

O conjunto coletado de informação climática é então utilizado para o planejamento e execução das operações com o objetivo de assegurar que máquinas, mão de obra e insumos sejam utilizados de forma eficiente, apenas quando as condições climáticas forem favoráveis, refletindo em redução de custos para o agronegócio. “O agricultor pode, por exemplo, restringir ou mesmo adiar a aplicação de um defensivo se a previsão for de chuva e com isso evitar perdas”, diz Renato Barbosa Caetano, analista e desenvolvedor de soluções da TOTVS.

Caetano destaca ainda outra função da Climatologia. “Cada cultura e variedade tem suas exigências hídricas para o plantio, ciclos vegetativos e colheita. Com base nas informações históricas e futuras é possível avaliar as melhores datas para o plantio e os riscos inerentes de acordo com as datas escolhidas para execução das operações”, afirma.

A funcionalidade Mapa de Calor utiliza estatísticas de georeferenciamento para alimentar uma representação gráfica de informações por cores, facilitando assim a visualização e interpretação dos elementos analisados. O Mapa de Calor pode ser utilizado para monitorar doenças infecciosas como a cólera ou verminoses que atacam o gado, a febre aftosa, por exemplo. Também pode ser utilizada para detectar e impedir o avanço de pragas agrícolas provenientes de fungos, parasitas e insetos.

“É um instrumento que permite ao agricultor tomar decisões com muita rapidez, gerando mais eficiência na resposta, com a aplicação adequada dos insumos nos locais detectados como foco do problema, reduzindo custos e permitindo uma produção mais sustentável”, explica Caetano.

A ferramenta PIMS ainda permite ao produtor uma gestão inteligente de sua produção ao disponibilizar recursos que permitem o gerenciamento de custos e a elaboração de um orçamento para a safra. A solução dá ainda instrumentos que auxiliam a gestão do preparo do solo, plantio e tratos das culturas e o controle técnico e agronômico da produção, assim como o acompanhamento da colheita. A gestão da mão de obra e a manutenção de equipamentos também são apoiadas pela solução da TOTVS.

Documento

Download PDF Imprimir

Esse conteúdo ajudou você

Sim Não

TOTVS inaugura primeiro canal comercial nos EUA

Transforme seu agronegócio com Fluig

Produtos relacionados