Biblioteca

Leia em 10 minutos

Supermercados apostam em mobilidade e BI

16/03/17 - por Equipe TOTVS
Esse conteúdo ajudou 7 profissionais
compartilhe:
Eficiência, ganho de produtividade e melhor relacionamento com o cliente. Em meio a um mercado extremamente competitivo, essa trinca de fatores tem colocado o setor supermercadista à frente na adoção de ferramentas de gestão eficientes. Soluções de negócio completas que contemplam ERP (Enterprise Resource Planning), Mobilidade, Business Intelligence (BI) e de Customer Relationship Management (CRM) já são realidade na gestão dos supermercados. O setor investe agora na mobilidade e pode servir de inspiração aos varejistas no quesito tecnologia.

Os dispositivos móveis trazem ganhos ao varejo em várias frentes, da administração do estoque ao check out dos clientes na loja. “Com equipamentos de RFID (Radio-Frequency IDentification), um supermercado consegue fazer o inventário de estoque com mais facilidade, com a loja cheia de clientes, por exemplo, reduzindo os riscos de rupturas. O mesmo vale para a reposição de produtos nas gôndolas. Com a etiqueta RFID essa checagem fica muito mais ágil, evitando perdas”, afirma Marcos Biazi, gestor de Operações da TOTVS.

O PDV Móvel para o pagamento dos clientes é outro exemplo do impacto positivo da mobilidade. Um smartphone com leitor de código de barras permite ao lojista fazer o check out do consumidor fora do caixa. “A necessidade de imprimir a nota fiscal para o cliente obrigava o supermercadista a fazer o pagamento no caixa. Com o PDV Móvel, o lojista vai até o consumidor e fecha a compra com um tablet ou um smartphone. O próprio dispositivo manda a nota fiscal para a Secretaria da Fazenda e para o consumidor. Com isso, o supermercadista aumenta a produtividade ao reduzir o tempo das filas”, avalia Biazi.

Outra tendência que possibilitará economia de custos é o chamado pick and go. Nele, o cliente fará a escolha dos produtos e o pagamento pelo aplicativo e irá retirar as compras em um ponto de venda. “Ao contrário de ter uma loja física, com uma vasta oferta de produtos, os supermercados economizarão ao ter um local menor para entrega de mercadorias”, diz Biazi.

Se na ponta do atendimento ao cliente a mobilidade se fará cada vez mais presente, na retaguarda os softwares de gestão continuarão fundamentais. Na avaliação de Biazi, o BI cada vez mais apoiará a tomada de decisões dos gestores de supermercados.

“Informação analítica de dados é uma tendência no varejo e os supermercados estão investindo cada vez mais nisso”, afirma. Segundo o gestor de Operações da TOTVS, hoje é essencial o varejo adotar as tecnologias ERP, para gerar dados brutos da loja, CRM, para analisar os hábitos de consumo dos clientes, e BI, para transformar essa imensa quantidade de dados em inteligência de mercado. E-book para evitar ruptura de estoque

Documento

Download PDF Imprimir

Esse conteúdo ajudou

Sim Não

Paraíso Moda Bebê elimina gargalos e rupturas de estoque com solução TOTVS

TOTVS tem loja conceito com experiências de compra inovadoras para o Varejo