Funções do chatbot além do atendimento: listamos as principais para a sua empresa

Você já deve saber que o atendimento ao cliente com o auxílio de um robô transformou a interação entre as marcas e o seu público. Mas você conhece as diversas funções do chatbot dentro do universo empresarial?

Esses aplicativos, que utilizam Inteligência Artificial para se comunicarem com humanos, caíram no gosto das empresas e dos consumidores e podem exercer atividades que vão além de um simples bate-papo durante e após a venda.

Neste post, você conhecerá todo o potencial dessa tecnologia e descobrirá diversas maneiras de integrá-lo ao cotidiano de seu negócio. Confira!

O que são chatbots?

Os chatbots são a nova tendência para comunicação corporativa. Eles são robôs que utilizam Inteligência Artificial para trocar mensagens de voz ou texto com os consumidores, de uma maneira automática e personalizada.

A tecnologia tem evoluído para que esse recurso se aproxime cada vez mais de um atendimento executado por uma pessoa. Afinal, o contato humanizado também é uma demanda crescente no mercado.

Em resumo, falamos de assistentes virtuais inteligentes que trabalham e gerenciam trocas de mensagem com o público. Para isso, é possível instalá-los em sites, aplicativos e redes sociais. A ideia é garantir que o cliente seja atendido em tempo hábil e com eficiência.

Vale a pena destacar que essa é uma tendência que promete se intensificar nos próximos anos. Uma pesquisa recente da Gran View Research, concluiu que 45% dos usuários finais já preferem os chatbots como canal de comunicação e que o segmento deve experimentar um crescimento de 24% até 2025.

Quais são os tipos de chatbots?

Existem vários tipos de chatbots no mercado. Essas ferramentas podem ser simples ou mais complexas e podemos classificá-las de acordo com a função que exercem. Conheça, agora, os principais modelos à sua disposição.

Chatbots otimizadores

Os chatbots otimizadores são encarregados de aperfeiçoar os canais de comunicação de uma empresa. Eles trabalham com desafios reais e costumam solucionar as demandas com maior eficiência que os demais aplicativos. Por meio deles, comprar, sanar dúvidas ou obter um atendimento é mais rápido e simples.

Chatbots conversacionais

Os chatbots conversacionais foram os primeiros a chegar no mercado e cumprem exatamente o que prometem. Sua função primordial é conversar com o consumidor, o que pode ser só para passar o tempo ou interagir com a marca. Há grandes exemplos de sucesso desse modelo, como o Robô Ed — criado pela Concept, empresa ligada à Petrobras.

Chatbots proativos

Os chatbots proativos foram criados para oferecer a informação que o consumidor precisa, no momento certo. A ideia é não apresentar dados desnecessários e só chamar a atenção do usuário quando for realmente útil. Ele poderia, por exemplo, com base nos locais que você frequenta, apresentar sugestões similares para uma noite de lazer.

Chatbots escudo

Chatbots escudo servem para evitar que o usuário passe por situações desagradáveis. As funções mais famosas são o suporte ao cliente e o registro de reclamações. Na prática, seria possível ajudar o cliente a solucionar um problema sem a necessidade de ser atendido por um call center.

Chatbots sociais

Os chatbots sociais são desenvolvidos para executar uma tarefa determinada. Eles se diferenciam dos demais, uma vez que conseguem utilizar características das plataformas de mensagem para realizar ações, como o Tinder Stacks — que realiza enquetes e pesquisas.

Quais são os benefícios de um chatbot?

A jornada digital é uma realidade e já faz parte do cotidiano corporativo. A pesquisa “Maturidade Digital no Brasil”, realizada pela Capgemini, revelou que metade das empresas brasileiras estão investindo em recursos tecnológicos e que existem muitas oportunidades para melhorar a experiência do cliente.

Quando o assunto é chatbot, há muitas razões para realizar esse investimento. Afinal, esse recurso traz benefícios importantes, como:

  • tem alta capacidade de processamento — a ferramenta consegue trabalhar com um grande volume de informações;
  • confere mais rapidez ao atendimento;
  • ajuda a ampliar o banco de dados sobre os clientes;
  • reduz custos empresariais;
  • está disponível 24 horas por dia;
  • automatiza processos repetitivos;
  • melhora a satisfação dos clientes;
  • contribui para o aumento da credibilidade e representatividade da marca.

Afinal, quais são as outras funções do chatbot?

Conforme mencionado, o chatbot é amplamente conhecido por sua aplicação no atendimento ao cliente. No entanto, essa tecnologia é muito mais que isso!

O recurso pode ser aplicado em diversos setores de sua empresa e exercer várias funções. Para ajudá-lo a compreender todo o seu potencial, selecionamos algumas tarefas que ele pode executar e que são imprescindíveis para o desenvolvimento de qualquer negócio. Acompanhe!

Agendamentos

Você não precisa contratar uma equipe só para realizar agendamentos e reservas de serviços. Essas atividades são simples e podem ser automatizadas com o auxílio do chatbot.

Assim, um consultório médico ou um restaurante, por exemplo, pode utilizar a ferramenta para atender o cliente e realizar a reserva com agilidade e simplicidade. Além disso, é possível integrar o recurso com o ERP da empresa.

Vendas

O chatbot pode ser uma ferramenta muito útil durante ações de vendas. Na prática, podem ser usados para despertar o interesse do cliente por determinado produto, fornecendo imagens, vídeos e áudios enquanto ele visita o site, por exemplo.

Qualificação da base de dados e CRM

A integração entre o CRM e um chatbot faz com que a base de dados do negócio seja, automaticamente, mais qualificada. Isso ocorre porque o recurso é fundamental para se aproximar do cliente e coletar informações que podem melhorar as ações desenvolvidas pela empresa.

Geração de leads

Essa é mais uma oportunidade interessante para as empresas contemporâneas. O chatbot pode ajudar a reter o consumidor por mais tempo no site e ainda coletar dados, como nome, e-mail e preferências. Essas informações são extremamente relevantes para o time comercial, que poderá ofertar o produto certo ao cliente.

Recrutamento e seleção

O chatbot também pode ser utilizado no setor de RH, dando suporte à equipe durante o recrutamento e a seleção de talentos. O sistema pode aplicar testes para avaliar e rastrear as habilidades dos candidatos de forma rápida e automática. Com isso, é possível identificar o profissional ideal para a vaga com mais efetividade.

Conforme visto, além do atendimento ao cliente, há várias funções do chatbot. Incorporar esse recurso às rotinas de sua empresa é sinônimo de inovação e estratégia. Afinal, o sucesso empresarial depende de disponibilidade para aproveitar as oportunidades que a jornada digital tem a oferecer. Por isso, agora que você conheceu todas essas possibilidades, basta avaliar as suas necessidades e começar a desfrutar de todos os seus benefícios.

Gostou deste post? Que tal conquistar de vez a confiança do seu público? Descubra o que é preciso para fidelizar clientes com 7 exemplos infalíveis!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *