gestão de capital humano

Gestão do capital humano: entenda como o ERP pode ajudar!

Equipe TOTVS | ERP | 12 abril, 2019

Empresas que buscam alta performance podem alcançar esse objetivo investindo na experiência dos colaboradores e promovendo uma cultura mais voltada para a satisfação e o engajamento desses profissionais. É aí que surge a importância da gestão de capital humano.

Você já ouviu falar desse conceito? Quer saber como um ERP pode se tornar um excelente aliado e quais funcionalidades ele oferece para facilitar esse trabalho? Explicamos essas e outras questões neste post. Saiba mais sobre o assunto agora mesmo!

Gestão de capital humano: além das funções de administração de pessoal

Apesar de a palavra capital ser utilizada para se referir ao dinheiro, o conceito de capital humano está voltado para a visão de que os conhecimentos, as capacidades e habilidades dos colaboradores formam um ativo fundamental para que as empresas se mantenham competitivas no mercado — sem contar as inovações, os diferenciais e o valor econômico que eles geram para o negócio.

Mesmo com todas as tecnologias superdesenvolvidas que estão disponíveis atualmente, as pessoas ainda são as maiores responsáveis por executar os processos e contribuir para que os resultados sejam bem-sucedidos.

Dito isso, podemos afirmar que a gestão de capital humano vai muito além dos meios tradicionais de administração de funcionários. O objetivo é oferecer experiências diferenciadas para o colaborador, desde o processo de recrutamento e seleção até a retenção dos talentos.

Na prática, isso representa o reconhecimento do profissional e dos trabalhos realizados por ele, além de contar com uma liderança capaz de gerir bem essas pessoas.

Veja o que é preciso para uma boa gestão de capital humano em empresas de serviços

Agora que você já sabe melhor o que é a gestão de capital humano, vamos mostrar algumas ações importantes para que ela seja feita de forma mais eficaz.

Realizar um bom processo de recrutamento e seleção

Falamos anteriormente que uma boa gestão começa já na etapa de recrutamento. Isso significa que o objetivo é identificar e contratar talentos que tenham um perfil alinhado com a cultura organizacional da sua empresa — além de ter os requisitos necessários para a função.

Adotar a cultura de aprendizagem

É preciso investir em treinamentos, desenvolvimento e qualificação relevante para os colaboradores — desde os que estão em cargos mais inferiores até os níveis mais altos de liderança. O ideal é criar e cultivar uma cultura de constante busca por aprendizado, tanto pessoal quanto profissional.

Fluig Learning - Procurando Uma Ferramenta Para Capacitar e Treinar Seu Time?

Oferecer plano de carreira e avaliações de desempenho

Um dos pilares da boa gestão de capital humano consiste em reconhecer o esforço e os resultados dos colaboradores. Estabelecer um plano de carreira permite que os profissionais tenham ciência dos próximos passos que vão percorrer dentro da empresa e saibam que sua dedicação será recompensada. Isso é feito por meio da avaliação de desempenho, que ajuda a ressaltar as qualidades e a identificar e minimizar os pontos fracos.

Apostar no endomarketing e na comunicação interna

Assim como se planeja ações de marketing voltadas para conquistar o público, deve-se adotar esse tipo de estratégia internamente, promovendo ações que contribuem para que os colaboradores se sintam como parte do negócio, saibam o que acontece na empresa e fiquem mais empenhados em alcançar novas realizações.

Monitorar a gestão

Assim como outros setores utilizam os indicadores para mensurar os resultados apresentados, também se deve criar métricas para avaliar questões ligadas ao capital humano, como o desempenho dos colaboradores.

Também é possível investir em soluções que ajudam a acompanhar as rotinas de RH e gestão de pessoas. Elas automatizam diversas tarefas, concentram as informações em uma única base de dados e permite melhorar o controle sobre os processos, por exemplo. É o caso do sistema ERP.

Entenda como o ERP pode ajudar na gestão de capital humano

Quer entender melhor como um ERP pode ajudar na gestão do capital humano na sua empresa? Então confira, nos próximos tópicos, as funcionalidades que esse sistema oferece.

Gestão de cargos e salários

Essa função permite que seja feito o gerenciamento da política de cargos e salários da empresa de forma automatizada e mais organizada.

Treinamento e desenvolvimento

A funcionalidade ajuda na estruturação de programas de treinamento e desenvolvimento dos colaboradores, com funções que envolvem o controle dos testes realizados e a definição dos instrutores responsáveis.

Recrutamento e seleção

Permite que a empresa crie um banco de dados de currículos dos candidatos e ajuda em todas as etapas relacionadas ao recrutamento.

Avaliação de desempenho

Está voltada para a análise do desempenho dos colaboradores e a identificação do potencial que eles têm para a empresa.

Conheça o ERP da TOTVS

O ERP da TOTVS oferece todas as funcionalidades que foram citadas no tópico anterior, dando total suporte à gestão do capital humano, centralizando todas as informações relevantes em uma única ferramenta, o que contribui para otimizar a rotina das equipes de Gestão de Pessoas e das lideranças de cada setor.

Integrações

É possível fazer a integração com a solução da TOTVS para o RH das empresas, que traz funcionalidades mais voltadas para a parte burocrática do trabalho, o que inclui:

  • controle da folha de pagamento;
  • acompanhamento do ponto eletrônico;
  • gestão de tarefas ligadas à medicina e segurança do trabalho;
  • gestão de processos trabalhistas.

Além disso, também é possível contar com a função de BI e Analytics, pelas quais é possível acompanhar diversos indicadores de desempenho do RH — como perdas produtivas e desperdícios —, além de ajudar a analisar questões importantes como oportunidades e o treinamento das equipes.

A gestão de capital humano tem como premissa enxergar os profissionais como verdadeiros colaboradores da empresa, com a consciência de que eles podem contribuir para promover os resultados esperados e para o crescimento do negócio. Trata-se de adotar iniciativas voltadas para o reconhecimento e a retenção de talentos, além de evitar a falta de motivação no ambiente de trabalho — um aspecto que é altamente prejudicial para o desempenho da organização.

O que achou do artigo? Viu só como é importante valorizar o capital humano? Quer aproveitar para entender melhor como a tecnologia pode ajudar com esse trabalho? Então, descubra agora mesmo como os indicadores de RH são indispensáveis no dia a dia da empresa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *