Memória Protheus: o novo application server e o impacto das funcionalidades

Até janeiro de 2019, a TOTVS contava com um Application Server 32 bits, o que causava quedas do serviço caso o consumo de memória atingisse o limite de 3,5 Gb à medida que os usuários eram adicionados ao sistema de gestão Protheus. Para sanar esse problema, a TOTVSTEC lançou o binário Lobo-Guará 64Bits, que trouxe consigo não apenas um App Server novo, como também outras melhorias para você e a sua empresa.

Conversamos com Ivan Cabral, Gerente de Engenharia de Software do Protheus, que explicou um pouco mais sobre todas essas novidades que impactaram a otimização da memória do Protheus. Confira neste post!

Como funcionava a antiga versão do App Server da TOTVS?

O Application Server (ou, em português, serviço de aplicação) é o local onde são executadas todas as instruções, codificações e regras de negócio de um produto. O Protheus e o Application Server da TOTVS trabalham no modelo de Client Server, coletando informações do banco de dados e processando as instruções, que em seguida serão enviadas para um frontend Smart Client Desktop, WebApp ou WS e Rest.

Quando disponibilizamos a versão 12 do Protheus, trocamos a versão do Application Server e disponibilizamos somente a versão de 32 bits. O que acontece é que, ao rodar o sistema 32 bits em um sistema operacional de 64 bits, temos uma limitação de consumo de memória de 3,5 Gb, limitando a quantidade de conexões do Application Server”, conta Ivan Cabral.

O grande problema dessa limitação de memória é o comprometimento das funcionalidades do Protheus: o sistema operacional derruba o Application Server por ele ter atingido o limite de uso e, com isso, é necessário aumentar a quantidade de Application Server para dar vazão as conexões do Protheus.

Quais foram as novidades trazidas pela versão Lobo-Guará?

Oficialmente lançado em janeiro de 2019, o Application Server Lobo-Guará foi desenvolvido para trazer as melhorias necessárias para que o Protheus funcione normalmente e com uma estrutura mais preparada — principalmente a nova versão, que foi anunciada no mês seguinte.

O novo binário é totalmente voltado para atender aos sistemas operacionais homologados de 64 bits e recebeu muitas otimizações. “Com essa versão, você pode reduzir a quantidade de serviços, otimizando o consumo de recurso computacional, podendo receber muito mais conexões”, explica o gestor de Engenharia de Software. Essa atualização, inclusive, torna mais simples a manutenção, pois serão necessários menos Application Servers para atender a sua empresa.

Além dessa melhoria, você também conta com maior performance do sistema de gestão e a possibilidade de utilizar arquivos de infraestrutura, como os dicionários do Protheus, no Banco de Dados.

É preciso destacar que, com o lançamento do binário Lobo-Guará, a versão de 32 bits não receberá inovações e ela também não suporta a versão mais recente do Protheus (12.1.23). Caso seja necessário um redimensionamento ou você precise de qualquer ajuda na mudança, fique tranquilo: a equipe da TOTVS está pronta para ajudá-lo, baseada nas informações de quantas conexões e usuários vão utilizar o ambiente do Protheus no seu negócio.

Semana de Webinars Protheus

Qual é o ciclo de vida do Protheus?

A cada lançamento de uma nova versão do Protheus, a TOTVS dá a seus clientes o prazo de 18 meses para fazer as atualizações. Depois desse período, a versão mais antiga entra em desuso, não recebe inovações e nem mesmo a manutenção, pois todos os esforços são concentrados em atender ao produto mais recente.

Com o lançamento do binário Lobo-Guará, tanto a versão do Application Server de 32 bits quanto o Protheus 12.1.17 serão descontinuados em dezembro de 2019. Por isso, é importante que você faça a mudança o quanto antes. Não é necessário ter receio quanto a bugs ou problemas no sistema: desde agosto de 2018, as novas versões são liberadas apenas mediante migrações piloto com clientes Protheus.

Para que a sua empresa não perca nenhuma atualização e fique sempre por dentro das novidades dos produtos TOTVS, é importante acompanhar o Calendário de Releases da Linha Protheus, em que consta a previsão de lançamento das novas versões e os prazos para que você faça a migração.

A equipe de desenvolvedores do Protheus está sempre atenta às demandas dos clientes para que o ERP da TOTVS continue preparado para atendê-los no dia a dia. Por isso, a nova versão do Application Server provê maior resiliência ao Protheus e facilita o uso do sistema de gestão para a quantidade de usuários que você precisar.

Quer saber tudo sobre as melhorias da nova versão do Protheus? Confira o release na TOTVS Developer Network (TDN)!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *