Conheça os nichos de mercado mais promissores do Brasil

Quer empreender de maneira competitiva? Saiba que segmentar e apostar em nichos de mercado pode ser a receita para o seu sucesso. Para alcançar bons resultados, no entanto, é necessário: entender o momento do varejo, escolher a sua área de investimento de forma correta e analisar profundamente o mercado para garantir que a demanda idealizada seja capaz de gerar resultados positivos, com potencial para lucratividade.

Confira as vantagens da segmentação e conheça os nichos de mercado mais promissores no Brasil, na atualidade.

Um panorama do varejo online no Brasil

O e-commerce brasileiro faturou R$ 23,6 bilhões no primeiro semestre do ano de 2018, o que representa um crescimento de 12,1% no faturamento, com relação ao mesmo período de 2017.

Os dados são da pesquisa Webshoppers, realizada pela Ebit, e que traz também algumas informações interessantes: 15% dos pedidos foram da área de saúde, cosméticos e perfumaria; 14,5% em moda e acessórios, enquanto 10.9% foram específicos do segmento de casa e decoração.

Além dos dados de consumo B2C, ou bens de produto, o levantamento realizado pela Ebit indica uma propensão significativa ao crescimento do marketplace de produtos novos e usados, B2C e C2C, além de artesanato — setor que apresentou expressivo avanço de 62,4% entre 2016 e 2017.

Os números recentes revelam nichos de mercado a serem explorados. A segmentação, abordada sob a forma de tendências de consumo, aumenta as chances de um empresário obter sucesso em universos que, muitas vezes, têm baixa concorrência.

O que é um nicho de mercado

Por definição, nichos de mercado representam um segmento específico de um negócio. Eles podem ser divididos em subnichos, que potencializam o grau de especificidade de um produto ou serviço.

A possibilidade de atender melhor a certo público é uma das vantagens competitivas criadas ao optar-se por determinada área de consumo.

Nichos de mercado x subnichos

Entenda como exemplos de nicho os setores da moda, saúde, carreira, finanças, beleza, educação ou empreendedorismo.

Como subnicho, pode-se citar moda gestante, saúde durante a gestação, finanças para famílias, beleza na gravidez, educação infantil ou empreendedorismo materno.

Em todos os exemplos citados acima, foram explorados subnichos com uma mesma temática, mas abordagens variadas — em segmentos diversos.

Isso demonstra que quanto mais específico for o seu nicho, maior a chance de você resolver a dor de um cliente, ou seja, lucrar e fidelizar.

Em outras palavras: pouca concorrência = maior valor agregado.

Microáreas com enorme potencial

No segmento calçadista, dentro do setor da moda, por exemplo, pode-se encontrar o subnicho dos calçados para pés pequenos (como as numerações 33 e 34).

Além disso, as roupas plus size podem ser ramificadas em tipos de peças — linha festa, fitness, alfaiataria ou lingerie. Confira alguns exemplos:

  • moda > calçados > calçados femininos > pés pequenos > tênis femininos para pés pequenos;
  • moda > roupas > plus size > linha festa moda plus size;
  • casa > decoração > quadros > quadros personalizados > quadros personalizados produzidos em 24h;
  • beleza > unhas > esmaltes > esmaltes importados > esmaltes importados do Japão.

Perceba que quanto mais subdivisões, mais específico é o nicho.

Em todos os casos, o que se constata é que existe um consumidor cada vez mais exigente, curioso e crítico, ciente de suas necessidades e ávido por soluções que atendam às suas carências.

Dessa forma, as microáreas dentro de segmentos específicos têm como objetivo atender às demandas peculiares e de alta especificidade.

No entanto, o fato de existir um nicho de mercado não garante, por via de regra, que exista demanda para todos os tipos de produtos, principalmente os altamente segmentados.

É importante avaliar se há público disposto a pagar pelo seu conhecimento ou produto, de caráter tão individual.

As vantagens de atuar com uma empresa de nicho

A principal vantagem de trabalhar com produtos de nicho é que, pela alta especificidade, é possível atingir um público que sabe exatamente o que quer e não encontra grande concorrência no mercado.

Em outras palavras: segmentar é atuar com menor concorrência e maior chance de agregar valor aos seus produtos.

Para o consumidor, é positivo saber que existe uma empresa que compreende as suas demandas e que respeita as suas necessidades. Por isso, quando a expectativa é atendida, os resultados são fidelização e mais chances de indicações.

Como encontrar o seu nicho de mercado

Descobrir o seu nicho de mercado é um exercício de curiosidade e raciocínio lógico.

Comece a sua pesquisa com três perguntas:

  • O que comercializar?
  • Para quem produzir e vender?
  • Existe demanda para o meu produto?

Avalie o seu conhecimento quanto ao produto em questão, o seu público-alvo, e verifique se, como citado anteriormente, de fato existe alguém em busca daquilo que você pretende comercializar.

É importante lembrar que uma ótima ideia, sem que ninguém se interesse por ela, é o mesmo que uma péssima ideia.

Para facilitar o processo de encontrar o seu nicho de mercado, existem ferramentas gratuitas que podem ajudar você a determinar quais são as tendências de consumo do momento e quais se adequam aos seus planos.

Pesquisa de mercado com o Google

Uma das ferramentas mais utilizadas da internet é, também, uma das formas mais simples de se realizar uma pesquisa de subnicho ou nicho de mercado.

O Google conta com a opção do autocompletar que, por si só, indica quais assuntos estão sendo mais pesquisados e o que as pessoas buscam, relacionado a um nicho central em questão.

No autocompletar, a lógica dos algoritmos de popularidade é utilizada como ferramenta para pesquisa de mercado e tendências.

E como usar o Google na sua pesquisa de mercado?

Escolha um universo que esteja de acordo com o seu ramo de atuação (ou ramo desejado), e comece a pesquisa utilizando, como palavras de ligação, termos como “para” ou “de”.

Exemplo: moda para, roupas para/de, receitas para/de, ferramentas para/de, ou mesmo palavras já direcionadas, como comida e viagem.

Realize o teste.

Google Trends como ferramenta

O Google Trends é uma ferramenta altamente específica, que permite estabelecer quais termos vêm sendo pesquisados com mais frequência, por popularidade no momento atual, ou no passado recente.

Um diferencial é que o Trends ramifica a pesquisa por regiões, ou idiomas. Esse detalhe é muito interessante para o empreendedor que deseja atuar em nichos de mercado segmentados por cidade, ou mesmo bairro.

Nichos em ascensão nos próximos anos

Para nortear a sua pesquisa por nichos e subnichos de mercado, conheça cinco setores em ascensão. Entenda como as tendências de consumo podem orientar o empreendedor.

Comida saudável

A busca por uma vida mais saudável é uma tendência que afeta vários setores. Como nicho, a alimentação é um caminho para investimento, principalmente quando é segmentada por região ou no formato de comida saudável congelada — seja com baixa calorias, sem glúten ou vegano e vegetariano.

Utensílios para casa

Em franco crescimento, de acordo com a pesquisa Webshoppers, o setor de casa e decoração é um nicho a ser explorado para a venda de produtos ou serviços.

Lojas online de decoração se multiplicam na internet, mas ainda há um grande leque de subnichos com potencial.

Infoprodutos

Soluções digitais, assim como web aulas, são um grande filão para as tendências de consumo. O mercado do ensino online se fortalece com a crescente busca por recolocação profissional, ou por trabalhos que sejam compatíveis a um propósito de vida.

Biobijuterias

As biojoias e biobijuterias são acessórios produzidos com materiais naturais. Entre eles, pedrarias, raízes, sementes, fibras, e outros elementos oriundos de plantas e alimentos.

A tendência, com alto valor agregado e possibilidade para exportação, combina criatividade com a valorização do produto nacional.

Brechós

As lojas online de venda de produtos usados, principalmente roupas e acessórios, respondem a uma demanda que combina a busca por sustentabilidade, a economia de gastos e o melhor aproveitamento de recursos.

Possibilita a segmentação em áreas ou o foco em universos específicos, como brechós de grife ou brechós de peças infantis.

Agora que você já sabe o que são nichos de mercado e como eles podem ser rentáveis para o seu negócio, confira as melhores práticas para uma gestão de compras de sucesso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *