onboarding

O que é onboarding e quais suas vantagens para a empresa?

Equipe TOTVS | GESTÃO DE NEGÓCIOS | 13 janeiro, 2020

Para que haja uma boa integração entre a equipe e o trabalho flua de maneira mais produtiva, muitas empresas adotam o processo de onboarding. Integrar um novo membro na cultura organizacional da empresa pode ser um desafio para os gestores e essa estratégia pode ajudar.

Para isso é preciso ter um bom planejamento para que os novos profissionais se sintam parte da empresa de forma mais rápida. Entenda mais sobre o assunto e as vantagens que ele pode trazer para a harmonia entre os colaboradores de uma empresa.

O que significa onboarding?

Para entender o que é onboarding, podemos traduzir o termo, que significa “a bordo”. Se trata de um processo de integração de novos membros de empresas. Deste modo, o novo colaborador fica familiarizado com a missão e os valores da empresa de forma mais eficiente.

Essa técnica também traz um sentimento de pertencimento ao profissional, evitando que ele desista da vaga e a empresa precise realizar novamente todo o processo de contratação. Outro objetivo da estratégia é diminuir a rotatividade da organização, tornando a equipe mais integrada e unida.

Quais os principais benefícios dessa estratégia?

Geralmente as primeiras impressões sobre um lugar determinarão se nos sentiremos à vontade para continuar ali. O onboarding de colaboradores pode ser vantajoso tanto para a empresa, quanto para os próprios profissionais. Entenda mais sobre os principais benefícios dessa técnica:

Engajamento

Os profissionais que se sentem bem acolhidos no ambiente de trabalho logo no início da contratação, acabam se sentindo à vontade mais rápido. Com isso, podem se sentir mais motivados a entregar bons resultados. Uma vez que o colaborador já está familiarizado com a cultura da empresa, passa a agir de acordo e desenvolve um sentimento de pertencimento.

Aumento na qualidade

O onboarding contribui também para que a empresa funcione como uma equipe e trabalhe em conjunto para atingir os melhores resultados. O sentimento de pertencer a um time e de saber que pode contar com seus colegas de equipe só faz incentivar o desenvolvimento de um bom trabalho. Assim a qualidade aumenta e o negócio prospera.

Diminuição de rotatividade

Outro benefício do onboarding de novos funcionários é diminuir a rotatividade de profissionais. Assim, a equipe se familiariza uns com os outros e trabalha com mais produtividade. O fato de haver sempre pessoas entrando e saindo da empresa pode prejudicar a qualidade do trabalho desenvolvido. Além disso, pode haver também perda de tempo com recrutamento de candidatos.

Como aplicar o processo na empresa?

A primeira etapa do onboarding de funcionários já pode ser iniciada na descrição da vaga, antes mesmo de contratar o profissional. Assim ele já saberá como é a cultura organizacional da empresa e saberá se combina com ele ou não.

Essa é uma forma de filtrar as pessoas mais compatíveis com a organização. Veja a seguir outras formas de implementar essa estratégia.

Orientação

É importante que as orientações sejam feitas aos poucos. Isso porque informação demais pode não ser absorvida completamente. Sendo assim, o gestor pode apresentar informações básicas e de uma maneira fácil de compreender.

Cronograma

O gestor pode também organizar um cronograma das atividades que serão realizadas na integração. Isso facilita a organização do que será feito e em qual momento. O primeiro dia, por exemplo, pode ficar reservado para as apresentações da equipe e para explicar ao novo profissional como funciona cada setor da organização.

Integração

A integração é muito importante quando há a contratação de novos colaboradores. Pode acontecer em um momento onde todos estão juntos e há uma conversa para apresentar os valores e a cultura da organização. Algumas atividades também podem ajudar no processo de onboarding de novos colaboradores, como apresentações e roda de conversa.

Isso ajuda para que os profissionais com mais tempo de casa conheçam os que estão chegando e já criem algum tipo de vínculo. Um primeiro almoço com toda a equipe também pode contribuir positivamente na integração.

Treinamentos

Nos dias seguintes à contratação do colaborador, é ideal que sejam feitos treinamentos, para capacitar o colaborador sobre segurança do trabalho e sobre como as atividades devem ser feitas. Cada empresa tem seu modo de funcionar no dia a dia e é fundamental que o profissional entenda isso o mais rápido possível.

Como softwares ajudam no onboarding?

Toda contratação passa por um processo de recrutamento, seleção e outros pontos que exigem muito do setor de recursos humanos. Para facilitar tudo isso existe o sistema de gestão empresarial.

Com ele é possível automatizar alguns processos do RH e tornar a contratação mais simples e rápida. O software engloba funções como ponto eletrônico, Medicina e Segurança do Trabalho, folha de pagamento, avaliação de desempenho e muito mais.

A transformação digital no RH tem impacto direto no recrutamento e desenvolvimento de talentos dentro da organização. Por isso é importante se manter sempre informado sobre as soluções que impactam esse setor tão importante da empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *