Como a realidade virtual pode ajudar o seu varejo a ser mais competitivo?

A realidade virtual inovando o setor do varejo

Equipe TOTVS | GESTÃO VAREJISTA | INOVAÇÕES | 02 janeiro, 2020

O uso da realidade virtual é capaz de mudar bastante os principais setores da economia. Isso porque existem várias oportunidades da sua aplicação para potencializar os negócios, principalmente no segmento varejista. 

Por meio dessa tecnologia, a experiência de compra do futuro pode ser muito mais segura. Entenda mais sobre como essa tecnologia funciona, e como essa prática pode ajudar empresas do ramo do varejo a serem mais competitivas.

Como a realidade virtual se define?

Entender o que é realidade virtual pode não ser tão simples. É mais do que apenas colocar óculos e “entrar” em outro mundo. Traz ao usuário uma experiência imersiva, ao contrário das práticas comuns que existem nos dias de hoje. Assim, as pessoas têm a possibilidade de interagir com a simulação 3D em vez de apenas assistirem a vídeos em uma tela.

Por meio desse mecanismo, é possível instigar diversos sentidos do ser humano, como visão, audição, olfato e tato. Isso porque o computador trabalha como um intermediário de ligação com o mundo artificial. Os limites totais da experiência em VR variam conforme os conteúdos disponíveis e da capacidade do equipamento usado.

O termo realidade virtual foi mencionado pela primeira vez em 1938, no livro Le Théâtre et son double. O autor, Antonin Artaud, sugeria uma espécie de teatro onde a ilusão natural dos personagens e objetos de cena criassem uma realidade virtual.

Qual a usabilidade da realidade virtual?

A VR (realidade virtual) pode ser usada para diversos fins e proporciona variados benefícios. Quando ouvimos o termo, porém, já imaginamos videogames e outros produtos de entretenimento. Entenda o que essa tecnologia pode proporcionar para uma empresa:

Treinamentos

O uso de óculos VR nas empresas, possibilita a criação de treinamentos para os seus colaboradores, assim como já é feito no treinamento de soldados do exército. Pode ser adotado por empresas que necessitam de funcionários bem capacitados tecnicamente e que querem criar mecanismos mais eficazes de treinamento.

Prototipação

Outro benefício da realidade virtual é a possibilidade de criar protótipos realistas e interativos. Construtoras, por exemplo, podem inovar todo o seu projeto em VR e utilizar essa prática para apresentar a edificação para os clientes de forma mais inteligente e rentável. 

Vendas

A venda de produtos também pode ser uma aplicação interessante para essa solução. Com o VR é possível que a pessoa se comunique com lojas no ambiente virtual, escolhendo itens e interagindo com eles antes mesmo de finalizar a compra on-line.

Diferença entre realidade virtual e realidade aumentada

Os termos são parecidos, porém há diferença entre os dois conceitos. A realidade aumentada atua mais como um complemento da realidade, incluindo elementos virtuais em cenários reais. 

Já a realidade virtual cria um mundo totalmente novo, imergindo o usuário literalmente em outra realidade. Por isso conta com o uso dos óculos e, em alguns casos, de fones de ouvidos. Essa é a principal diferença entre as duas tecnologias.

Nova call to action

Realidade virtual no varejo

No varejo, é possível se destacar, envolver o público e expandir um bom relacionamento com os seus clientes, tudo com a ajuda da realidade virtual. Com ela, o cliente fica mais próximo da marca e encontra facilidade para finalizar a compra.

Para o usuário, a vantagem está em ter disponível uma experiência distinta e multissensorial na hora da compra. Ou seja, ele pode navegar por meio de óculos de realidade virtual e interagir com as diversas opções antes de querer finalizar uma compra.

Para a empresa, a vantagem está no que o uso dessa tecnologia pode proporcionar, não só em termos de engajamento, mas também de obtenção de dados sobre os passos decisivos tomados pelo consumidor, que o conduzem ao momento da compra. 

Com essas informações em mãos, a empresa pode traçar estratégias que melhorem o seu posicionamento no mercado, bem como as suas vendas. Diversas empresas já aplicaram a realidade virtual para otimizar a experiência dos usuários, como também dos seus colaboradores. Veja agora alguns exemplos.

eBay00

Essa empresa de e-commerce se alinhou à rede de lojas australiana Myer, para criar departamentos voltados para a realidade virtual. Assim, o usuário pode utilizar os óculos VR e o aplicativo da eBay para escolher entre os diversos produtos vendidos na loja física da companhia do continente oceânico.

No início da experiência, o consumidor pode optar pelas suas áreas de interesses e o aplicativo faz a customização do serviço, ofertando aos usuários o que é de maior interesse.

Walmart

A maior varejista do mundo está utilizando a VR para treinar seus colaboradores nos EUA. Para isso, a empresa contou com a tecnologia da startup STRIVR, focada em tecnologia e que já atuou com outras grandes empresas, como a Pepsi.

No decorrer do treinamento, os trabalhadores fazem o uso de um óculos especial e fones de ouvidos para simular o dia a dia nas lojas, sem nem mesmo sair do ambiente de aula.

Durante a simulação das atividades, que alternam em atendimento de grande volume de pessoas ou da limpeza do ambiente, o instrutor e os demais alunos analisam o desempenho do futuro colaborador em uma tela de vídeo no decorrer da aula.

InVRsion

A startup italiana busca atingir de vez o modo de organização do varejo. Abastecida com óculos VR, a InVRsion auxilia negócios a entenderem ocasiões como posicionamento de mercadorias, linhas de visão e jornada do cliente. O meio tecnológico utilizado, ajuda os empresários a determinarem desde o melhor local para montar uma loja, ao melhor ambiente para colocar em prática as suas estratégias de marketing.

Cada vez mais as tecnologias se infiltram no mercado, modificando processos e otimizando a produção. Por isso, é preciso estar sempre atento a soluções que podem gerar mais lucros para seu negócio, além de proporcionar a automação comercial. Para manter-se atualizado, continue lendo nosso blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *