Quer reduzir custos no setor de vendas? Conheça 6 maneiras de tornar isso possível

Qual gestor não gostaria de reduzir custos no setor de vendas, não é mesmo? O corte de gastos é uma estratégia essencial para a competitividade empresarial, mas não é tão simples de ser feito.

Por ser uma das principais responsáveis pela rentabilidade de um negócio, qualquer redução de custos dentro da área de vendas deve ser feita com atenção e planejamento. Quando o processo é bem desenvolvido, é possível aumentar os lucros e operar de maneira mais eficiente.

Se você quer reduzir custos no setor, mas não sabe por onde começar, este post é uma leitura obrigatória!

Por que a sua empresa precisa pensar na redução de custos em vendas?

Quando o assunto é corte de gastos, você dificilmente verá o setor de vendas no topo da lista. Há um motivo para tamanho receio: é dali que sai a receita do negócio.

A ideia não está totalmente errada, mas, em um mercado tão concorrido e com um consumidor tão exigente, é preciso aproveitar todas as oportunidades para reduzir gastos e aumentar os lucros.

Webinars Gratuitos TOTVS - Conferência de Vendas 2019 - Inscreva-se Gratuitamente

A otimização de custos é a principal razão para promover cortes de gastos em vendas. Isso porque quem consegue reduzir excessos aumenta os resultados e coloca a empresa em um novo patamar.

Com uma área de vendas mais enxuta, há também ganho de produtividade. Ou seja, ao contrário do que muitos pensam, a redução de gastos não precisa “matar o seu negócio”. Quando bem-feita, o efeito é exatamente o inverso.

Redução de custos, equipe de vendas e lucro: como encontrar o equilíbrio?

Os maiores erros cometidos durante o corte de gastos no setor de vendas é o desequilíbrio e a falta de planejamento. Se você acredita que sair cortando o cafezinho oferecido aos clientes ou demitir funcionários resolve o problema, está enganado.

A tarefa é complexa e deve levar em consideração a raiz do problema, o perfil da empresa e os objetivos a serem alcançados. Quem mantém o foco exclusivo na receita enfrenta um problema interessante: esquece o custo, perde a disciplina e não alcança uma redução de gastos eficiente.

Em resumo, deve-se definir os processos em que o corte poderá afetar a percepção do cliente e influenciará negativamente o seu comportamento de compra. Quando esse tipo de análise não é feita, há o risco de eliminar investimentos importantes e manter os de baixo retorno.

Segundo uma pesquisa realizada pelo SPC, mesmo com o crescimento do e-commerce, a loja física tem os seus diferenciais. 49% dos consumidores afirmam que a visualização do produto ao vivo faz a diferença e 38% destacam a qualidade do relacionamento entre o lojista e o cliente.

Perceba que os aspectos mencionados estão relacionados ao setor de vendas e que encontrar o equilíbrio entre redução de custos, equipe e lucro é a chave para o sucesso. Em outras palavras, a empresa deve ficar atenta aos pontos críticos e otimizar aquilo que tem de melhor.

Quais são as 6 melhores maneiras de reduzir custos no setor de vendas?

Afinal, quais são as melhores maneiras de reduzir custos dentro do setor de vendas sem que isso afete a qualidade do atendimento prestado e prejudique a experiência do cliente? O desafio é grande, mas nós preparamos algumas dicas valiosas. Confira!

1. Faça uma análise detalhada do portfólio de clientes

Não há como promover um corte de gastos no setor sem conhecer profundamente o perfil de seus clientes. A área é o principal conector entre a marca e o público e, obviamente, deve estar pronta para atender às suas necessidades.

Ao observar o portfólio de consumidores, é possível ter vários insights, como uma demanda por automatização e inovação — o que abre espaço para estratégias de vendas mais econômicas.

2. Invista em estratégias digitais

Já estamos na era digital e o setor de vendas deve aproveitar essa realidade para reduzir gastos e transformar o atendimento. O uso de redes sociais, blogs, aplicativos de compras e até o envio de e-mail marketing são ações mais baratas do que os modelos tradicionais e produzem efeitos grandiosos.

Vale destacar que 59% dos consumidores já usou aplicativos para fazer compras e esse é um excelente indicador para o seu negócio cortar gastos com inteligência.

3. Alinhe os objetivos e esforços de venda com o marketing

Vendas e marketing devem caminhar lado a lado. Essa simples interação entre os dois setores é capaz de promover uma redução significativa nos gastos, especialmente porque o esforço e o investimento para atingir o público passam a ser bem menores.

4. Monitore tempo e performance

O monitoramento de indicadores de desempenho é essencial para identificar os processos que merecem intervenção. Avaliar o tempo gasto para a concretização de uma venda e a performance de cada funcionário pode ajudá-lo no processo de redução de custos e, também, na implantação de melhorias no atendimento.

5. Automatize os processos

A tecnologia é um elemento indispensável para o corte de gastos. O uso de sistema de gestão (ERP) facilita o gerenciamento do negócio, dá acesso a dados confiáveis e torna a tarefa de reduzir custos muito mais segura.

Além disso, o recurso é o responsável por automatizar tarefas que demandariam muito tempo e dedicação do colaborador, o que eleva a sua produtividade e amplia os resultados da equipe de vendas.

6. Invista em estratégias de pré-venda

O atendimento personalizado é um diferencial competitivo relevante no mercado atual. Para isso, o processo de vendas deve ser divido em três etapas: pré-venda, venda e pós-venda. Todas elas são importantes, mas vale a pena destacar o papel da primeira fase.

Em resumo, essa etapa consiste em apresentar um produto antes mesmo de seu lançamento, o que reduz o tempo e o investimento necessários para concretizar a venda e favorece uma alta procura — quanto maior a demanda, melhor o preço de revenda.

Você pode adotar estratégias para comunicar os seus clientes fiéis das novidades. Além de reduzir custos, isso estreita a relação e aumenta a satisfação de uma classe importante de clientes.

O que pode atrapalhar o seu time a alcançar os seus objetivos?

Para finalizar este post, é relevante destacar os erros cometidos durante o corte de gastos que podem afetar a produtividade de sua equipe de vendas e, consequente, impedir que os objetivos e as metas sejam alcançados.

Existem vários fatores que prejudicam os seus resultados. No entanto, três merecem uma atenção especial. Acompanhe!

Falta de planejamento

Sem planejamento, todo o processo está fadado ao fracasso. O risco de cortar gastos importantes é alto, afetando a imagem da empresa e o volume de vendas. Acompanhar o funil de vendas e pensar antes de agir é o que permite bons resultados para a equipe.

Falta de treinamento e engajamento

A falta de preparo da equipe de vendas é outro obstáculo a ser superado. Os funcionários precisam saber utilizar os recursos à disposição e conhecer boas técnicas de vendas.

Além disso, o engajamento com as metas e a motivação para desempenhar um bom trabalho e contribuir para a redução de custos são essenciais.

Falta de acompanhamento dos processos

Por fim, deixar de acompanhar de perto como os processos estão sendo executados é um erro que afeta os resultados da equipe. Quando o gestor está atento a tudo, ele consegue identificar gargalos com mais agilidade e agir preventivamente.

Reduzir custos no setor de vendas não é fácil, mas está longe de ser uma missão impossível. As dicas e informações apresentadas farão toda a diferença para a sua empresa e, com certeza, demonstrarão que a otimização de recursos, do tempo e da própria força de trabalho é a resposta para uma atuação mais qualificada e produtiva.

Gostou deste material? Assine a nossa newsletter e receba em primeira mão mais conteúdos como este!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *