Transformação Digital no setor jurídico

A digitalização é um processo que se iniciou muito lentamente, nos primórdios da computação e da evolução tecnológica dos componentes eletrônicos. Na década de 70, quando essas tecnologias começaram a ser disponibilizadas ao grande público ainda com preço proibitivo e com aparelhos não muito portáteis, tivemos o início da mudança de comportamento como reação à digitalização: alunos começaram a imprimir seus trabalhos, as empresas começaram a controlar seus preços e estoques automaticamente, as calculadoras se espalharam por toda parte e a velocidade de conclusão das tarefas começou a aumentar. Novos empregos foram criados, preparando pessoas para lidar com essas tecnologias e o mundo viu que esse era o caminho. Daí em diante a evolução aconteceu em escalas inéditas. Tecnologias consagradas se tornaram obsoletas, as novas morriam em questão de anos e algumas já nasciam praticamente mortas. Alguém se lembra do disc-laser?

A tecnologia digital dominou o planeta. Os dispositivos ficaram menores, mais baratos e mais rápidos. Um smartphone hoje possui mais memória e processamento do que o computador utilizado para levar o homem até a lua em 1969. Recentemente assistimos ao fim do sinal analógico de tv. Assistir futebol e novela hoje, em SP, só digital.

Não foi por acaso que a humanidade evoluiu nos últimos 100 anos muito mais do que havia evoluído até então. E essa velocidade só aumenta…

Estamos todos conectados digitalmente. As redes sociais aproximam pessoas com interesses comuns, os sistemas de comunicação permitem reuniões e conversas à distância, auxiliando desde pessoas que trabalham em uma mesma empresa ou segmento até a mãe que está com saudade do filho em viagem.

E tudo isso já faz parte de nossa vida. Não percebemos mais a velocidade da transformação do mundo. Isso já se dá de forma natural, onde até esperamos que alguma coisa “melhor” apareça no próximo ano. Se formos pensar em como eram os dispositivos e aplicativos de 15 anos atrás, perceberemos o quanto isso tudo caminhou.

Como imaginar a nossa vida e de nossas empresas hoje sem essa tecnologia? Não é mais possível para ninguém viver ao largo desse universo. Porém essa dependência inspira cuidados e gente que saiba lidar com isso e nos proteger. Se tivermos atenção a esses detalhes, tiraremos o que de melhor existe nessa transformação.

Não existem limites para onde essa tecnologia vai parar. Na verdade, ela não vai parar.

A única certeza é de que será digital.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *