Como o ranking de impostos afeta a sua empresa

Equipe TOTVS | Biblioteca | Uncategorized | 01 outubro, 2018

Segundo o Banco Mundial, o Brasil ocupa a 181ª colocação no ranking de Impostos e este cenário não é nada positivo.

Hoje gastamos praticamente 2.038 horas para pagar impostos no Brasil e para a América Latina são consumidas 342 horas. Isso representa respectivamente 68% e 46% de Imposto sobre o lucro e esse é o resultado por possuirmos um dos sistemas tributários mais complexos do mundo.

Se analisarmos superficialmente somente na esfera federal, temos II, IPI, IOF, IRPJ, CIDE, COFINS, CPMF, PIS/PASEP, INSS, ITR, FGTS, CSLL e IRPF; na esfera estadual ICMS, IPVA e ITCMD; e na municipal IPTU, ISS e ITBI. Esse cenário é assustador para qualquer empresa, imaginem para um profissional da área tributária que além de manter-se atualizado com a dinâmica legislativa brasileira, ainda precisa estar preparado para a avalanche de obrigações acessórias que o acompanham no dia a dia. O Fisco, por sua vez, potencializou o compliance tributário em 2016 com autuações nos segmentos de Indústria, Prestação de Serviços, Serviços Financeiros, Construção Civil e Comércio, e arrecadaram R$ 121 bilhões.

As revisões de declarações em 2016 aumentaram 26% com relação a 2015,  além do crescimento de 49% nas autuações da RFB nos últimos 4 anos. As ECFs entregues em atraso foram automaticamente autuadas via eCAC e para finalizar em 2017, aproximadamente 15 mil contribuintes com indícios de irregularidades estão na mira do Fisco.

Dessa forma, é possível compreender o porquê a 181ª posição afeta nossas vidas e nossas empresas diretamente. Uma saída positiva é a Reforma Tributária mas enquanto isso não acontece, a melhor alternativa é manter-se atualizado, ter uma equipe vocacionada e investir em uma solução especialista de gestão tributária e auditoria de dados como ferramentas de apoio à sua gestão.

Você sabia que a TOTVS atende mais de 500 obrigações acessórias? Entre em contato com a TOTVS e descubra como podemos ajudá-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *