Biblioteca

Leia em 10 minutos

A evolução dos meios de pagamento

26/12/17 - por Filipe Vasconcelos
Esse conteúdo ajudou 6 profissionais
compartilhe:

Com o avanço das tecnologias em geral, a praticidade de realizar operações do dia-a-dia, com uma boa experiência e simplicidade, está se tornando cada vez mais comum. E entre todas operações comuns que são realizadas todos os dias, umas das mais importantes e que estão se transformando cada dia mais, são os meios de pagamento, algo que para os pequenos negócios pode trazer grandes vantagens.

 

A história dos meios de pagamento é bastante antiga, iniciada há milhares de anos atrás com a moeda, aproximadamente em 450 anos A.C. Após anos o cheque surgiu, em 1681, seguindo do dinheiro em papel em 1775, inicialmente com uma cotação continental. Somente no século XX ambos cartões de crédito e débito foram criados, respectivamente em 1958 e 1978. A invenção dos cartões foi um grande passo para o início das transações via internet, e com a invenção dos celulares, uma nova era de pagamentos surge, trazendo total mobilidade, inovação e principalmente segurança nas transações.

 

Smartphones alteraram os comportamentos de compra da sociedade, onde cada vez mais e mais o número de produtos comprados via celular tem aumentado consideravelmente quando comparados aos comprados via desktop. Depois de uma árdua adaptação à revolução da internet e e-commerce, os lojistas agora devem considerar adaptar-se aos desafios do já chamado m-ecommerce, o comércio eletrônico via celular.

 

Entretanto, mesmo estabelecimentos que apenas trabalham com vendas físicas devem ficar atentos as mudanças nos métodos de pagamentos. Pagamento por aproximação do celular ou cartão, via carteira digital, via QR Code ou até via SMS já são uma realidade, e preparar toda a tecnologia existente na empresa é uma estratégia que já deve estar no planejamento. Para se ter ideia, já há estabelecimentos se preparando para aceitar até mesmo criptomoedas com o o Bitcoin!

 

A digitalização dos meios de pagamento conduz todos para uma sociedade em que a materialidade e a circulação física do dinheiro finalmente deixarão de existir. O que, diga-se de passagem, faz todo o sentido dentro do processo evolutivo apresentado. O que será que vem pela frente?

Documento

Download PDF Imprimir

Esse conteúdo ajudou

Sim Não