MEI e segurados especiais contam agora com versão simplificada do eSocial

Equipe TOTVS | 27 outubro, 2021

Desde segunda-feira, 25/10/2021, todos os microempreendedores individuais e segurados especiais que possuam empregados, contam agora com um módulo simplificado do e-social. A ideia do governo é garantir aos empregadores enquadrados nesses regimes, que tenham autonomia na prestação de contas ao fisco. 

De acordo com os dados do governo, apenas 3,5% dos 13 milhões de MEIs têm empregados contratados formalmente. A medida visa reduzir a burocracia e estimular empregadores a regularizarem seus empregados.

Nessa versão simplificada, os empregadores podem prestar contas e pagar valores devidos gerando o Documento de Arrecadação do eSocial (DAE) dentro do sistema simplificado do eSocial, dispensando a necessidade do envio das informações pelo e-CAC e geração do documento de arrecadação.

Para segurados especiais, o DAE unifica a contribuição previdenciária (INSS) e o Fundo de Garantia por Tempo de Serviços (FGTS) da mesma forma de como é feito para o empregador doméstico. Já para o MEI, o DAE será utilizado para arrecadar apenas as contribuições previdenciárias, sendo o FGTS pago em guia própria (fora do sistema). A previsão para unificação está prevista para o início de 2022.

Para saber mais acesse Portal do eSocial

Fonte: Receita Federal

Artigos Relacionados

Deixe aqui seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.