Gestão de pneus: o que é, importância e como fazer

Equipe TOTVS | 21 junho, 2022

A gestão de pneus é muito importante para que qualquer frota consiga funcionar de maneira eficiente, fazendo as entregas em dia, proporcionando segurança para os motoristas e gastando pouco para fazer tudo isso de forma que o negócio seja lucrativo.

Os pneus são uma das partes mais relevantes de qualquer veículo, pois é a peça que está em direto contato com o chão e proporcionando o movimento.

E como se trata de um material feito de borracha e que está em constante fricção com o asfalto e outros tipos de terreno, ele sofre desgastes e precisa ser substituído de tempos em tempos.

Por esse motivo, é fundamental que toda empresa de transportes faça a gestão de pneus de maneira eficiente. Trata-se de uma forma de garantir mais segurança para todas as pessoas que irão utilizar e entrar em contato com seus veículos.

Além disso, a gestão de pneus, quando aplicada junto a sistemas de gestão de frota, também é uma forma muito inteligente de economizar recursos e tornar a empresa mais competitiva.

Entenda tudo o que você precisa saber sobre gestão de pneus, como fazer e muito mais no texto a seguir. Boa leitura!

O que é gestão de pneus?

Gestão de pneus se refere aos cuidados implementados para aumentar a vida útil dos pneus, um item fundamental para o controle e manutenção da rota.

Quando uma empresa de transportes decide não fazer a gestão de pneus, isso aumenta o risco de trabalho dos motoristas, especialmente ao considerarmos que muitas estradas brasileiras não estão em condições adequadas para o transporte seguro.

Além disso, a falta de uma gestão de pneus eficiente pode ocasionar em vários outros problemas, como o aumento na compra de novos pneus, mais gastos com combustível e manutenção, entre outros.

Quem trabalha diariamente com frotas de veículos sabe o quanto um simples pneu furado pode prejudicar a produtividade do negócio e até mesmo arriscar vidas.

Hoje em dia, um sistema de gerenciamento de frotas tecnológico, como o TOTVS Planejamento de Rotas, pode te ajudar a gerenciar melhor a vida útil dos pneus de cada um de seus veículos e evitar problemas como esses.

Como funciona o ciclo do pneu em uma frota?

Para entender melhor como funciona a gestão de pneus, é preciso entender cada uma das etapas do ciclo de vida do pneu. Confira a seguir cada uma das etapas:

  • Compras: esta é a etapa inicial, onde os pneus são adquiridos e entram na empresa desde que atendam a todas as especificações técnicas dos veículos e do segmento de atuação para que alcancem a performance desejada.
  • Estoque: nesta etapa, o pneus recebem uma identificação de propriedade (normalmente marcado com o logotipo da empresa) e uma numeração para o controle;
  • Frota: aqui, os pneus são aplicados ao veículo, onde circularão e gerarão informações de desempenho que comporão os indicadores coletados;
  • Inspeções: para que consigam alcançar a quilometragem prevista, os pneus precisam ser inspecionados para confirmar se estão com a pressão correta e com o desgaste regular esperado;
  • Serviços: é a etapa onde os pneus podem sofrer algumas modificações em sua estrutura e precisam ser reformados e consertados para que retornem ao seu processo de utilização nos veículos;
  • Sucatas: é a fase onde os pneus são retirados de serviço por não estarem mais em condição de serem utilizados sem comprometer a integridade física da equipe;
  • Descarte: a fase final, onde os pneus são encaminhados para pontos de coleta ecológica e descartados, visando a preservação do meio ambiente.

É muito importante entender e aplicar o conceito de ciclo de vida do pneu, pois, ao final, você terá coletado diversos dados e poderá apurá-los para apontar qual a melhor marca a ser utilizada pela frota, quais rotas são mais indicadas para preservação dos pneus etc. 

Em outras palavras, conhecer cada particularidade de cada etapa do ciclo permite que os gestores obtenham o máximo de proveito com a implementação de processos de gestão.

Qual a importância da gestão de pneus na frota?

Os pneus, assim como os veículos, são ativos da empresa e precisam ser gerenciados, assim como qualquer outro ativo.

Fazer  gestão de pneus é controlar tudo o que diaz respeito a esse componente, como, qual o período ideal para realizar o rodízio, quando fazer reformas, quais práticas e rotas adotar para não acelerar o desgaste etc.

Gerir esses dados é fundamental não somente para manter os veículos da frota funcionando, mas também para detectar a origem de muitos problemas e gastos desnecessários.

O mais importante: a gestão de pneus é uma prática fundamental para que você garanta a segurança de todos os seus colaboradores e das pessoas que entram em contato com os veículos da sua frota.

Pneus desgastados ou carecas tem uma chance muito maior de se envolver em acidentes, pois o desgaste prejudica a capacidade do veículo frear corretamente.

Logo, é fundamental que toda empresa que trabalha com veículos, seja qual for o ramo, faça a gestão de pneus para garantir a segurança de seus colaboradores e da sociedade.

Quais são as vantagens de realizar a gestão de pneus?

Confira agora algumas das principais vantagens de realizar a gestão de pneus na sua frota:

Economia de custos

A gestão de pneus ajuda cada um de seus veículos a operar de maneira mais eficiente, ou seja, gastando menos combustível, e também prolonga a vida útil da peça em questão.

Muita gente não sabe, mas, ao fazer uma gestão de pneus eficiente, é possível conseguir uma economia de combustível que pode chegar a alguns tanques por ano.

Além disso, essa prática permite que você aumente a durabilidade dos seus pneus, o que gera uma economia de custos de um ou dois conjuntos de pneus ao longo da vida útil média de um caminhão.

Com esses dados, basta fazer as contas: multiplique esses valores pelo número de veículos da sua frota e vai ver como a economia é impactante. 

Prevenção de avarias graves

O gerenciamento de pneus adequado, é possível fazer substituições preventivas nas peças antes que elas apresentem avarias graves.

Assim, a sua equipe de gestão de frotas consegue evitar imprevistos na viagem que podem acarretar em acidentes ou forçar os veículos a ficarem muito tempo parados, atrasando as entregas e gerando um grande prejuízo.

Segurança nas estradas

Os pneus são peças de veículos projetadas milimetricamente para que os veículos possam ter um desempenho seguro e estável nas estradas e vias urbanas.

Para que eles funcionem corretamente de acordo com as especificações do fabricante, eles precisam de uma manutenção regular e periódica.

Pneus desregulados, por exemplo, podem causar grandes problemas na hora de manusear o veículo, tornando o ato de dirigir, que já é perigoso, ainda mais arriscado.

Já pneus em mal estado, por outro lado, podem fazer com que o veículo não acelere, freie ou responda adequadamente, aumentando o risco de acidentes.

Tudo isso pode ser evitado por meio da gestão e manutenção preventiva de pneus.

Aumento da vida útil dos pneus

Uma gestão de pneus eficiente também é capaz de aumentar significativamente a vida útil dessas peças e gerar uma economia de custos para a sua frota.

Isso porque, ao manter a calibragem em dia e garantir que o veículo só rode de acordo com as recomendações do fabricante, você consegue diminuir o desgaste dos pneus.

Além disso, ao fazer checagens regularmente, sua equipe de gestão de frotas vai conseguir identificar problemas nos pneus que você já tem.

Dessa forma, será mais fácil fazer reformas ou modificações, quando necessário, e, assim, aproveitar ao máximo cada pneu comprado por sua empresa.

Geração de dados valiosos para o negócio

Ao fazer a inspeção dos pneus da frota, analisando os níveis de desgaste e seus possíveis causas, sua equipe de gestão consegue gerar dados sobre a profundidade dos sulcos e pressão de cada peça individualmente.

No meio desse processo, ela será capaz de levantar o histórico da frota, informações valiosas, como o valor de aquisição e gastos com serviços de reparo para cada pneu.

Todo esse conhecimento reunido permite que você consiga calcular um indicador muito importante para o gerenciamento de pneus: o cálculo de custo por quilômetro, ou CPK.

O CPK permite que os gestores entendam quais os melhores modelos e marcas para cada momento das suas operações.

Dessa forma, é possível realizar compras, instalações e manutenções mais inteligentes e estratégicas na sua frota.

Em termos simples, esse cálculo é realizado somando o custo de aquisição do pneu, dividido pelo número de quilômetros rodados, com custos de serviços realizados (incluindo os recapes) dividido pela nova quilometragem rodada.

No caso do CPK, quanto menor for o valor, melhor o desempenho do pneu.

Como fazer a gestão de pneus?

Para implementar uma boa gestão de pneus, primeiro é preciso elaborar um processo sistematizado de controle de informações que o auxiliem nessa tomada de decisão.

Uma boa solução é o TOTVS Planejamento de Rotas, um software de gestão de frotas completo e capaz de oferecer as melhores rotas para os seus trajetos, economizando tempo e ajudando a aumentar a vida útil dos pneus.

O segundo passo é ter um registro de todos os pneus da empresa, com data de compra, fabricante, modelo, tipo de sulco, quilometragem e localização.

Também é importante compilar as informações sobre os rodízios que foram realizados, serviços de recapagem, recauchutagem e outros que aumentam a vida útil do pneu.

Uma vez que você tenha todas essas informações em mãos, então você precisa ter uma rotina de checagem de pneus implementado por meio de uma checklist de chegada e de saída dos veículos;

A partir daí, você deve começar a fazer planilhas de acompanhamento e monitorar os pneus a cada viagem, para, assim, descobrir informações valiosas, como quais rotas evitar para aumentar a durabilidade das peças.

Gestão de pneus: dúvidas frequentes

Agora confira algumas dúvidas frequentes sobre a gestão de pneus:

O que faz um controlador de pneus?

O controlador de pneus, também chamado de gestor de pneus, é o indivíduo responsável por avaliar os pneus de uma frota.

Qualquer observação nessa peça dos automóveis fica encarregada do controlador, como, por exemplo, verificar a condição dos pneus montados e retirados de caminhões.

Qual o salário de um controlador de pneus?

O salário médio pago pelas empresas para o cargo de controlador de pneus no Brasil é de aproximadamente R$1.581,00 por mês.

Existe algum curso de gestão de pneus?

Sim! Existem vários cursos de gestão de pneus disponíveis online. Enquanto gestor de uma empresa de transporte, você deve investir nesses cursos para fazer a capacitação de seus colaboradores constantemente.

É possível fazer a gestão de pneus no Excel?

Sim. É possível fazer a gestão de pneus pelo Excel, mas lembre-se que esse método pode ser bastante trabalhoso, já que não é possível automatizar certos processos.

A importância da tecnologia para otimizar suas operações logísticas

Utilizar a tecnologia na sua gestão de operações logísticas é fundamental para que você consiga obter resultados mais sólidos.

Softwares como o TOTVS Planejamento de Rotas, por exemplo, são ferramentas que ajudam as empresas de transporte a economizar e a fazer entregas mais rápidas.

Trata-se de uma forma de trazer uma grande vantagem competitiva para o seu negócio, seja aumentando a durabilidade dos pneus, ou economizando com combustível ao elaborar rotas mais eficientes.

Qualquer empresa que deseje se consolidar no século XXI precisa se aliar à tecnologia para atingir bons resultados.

Aumente a durabilidade dos pneus da sua frota com o TOTVS Planejamento de Rotas

O TOTVS Planejamento de Rotas é uma ferramenta completa para a gestão de frotas capaz de te ajudar a aumentar a durabilidade de seus pneus e muito mais.

Nosso software, que pode ser integrado a diversos outros sistemas de gestão do mercado, é a solução perfeita para ajudar a sua empresa a traçar as melhores rotas e, assim, ter uma gestão de pneus muito mais eficiente.

Nele, você encontrará um sistema simples e intuitivo, que gera índices e relatórios fundamentais para o desenvolvimento da sua empresa.

Além disso, você vai contar com outros benefícios, como um roteirizador profissional, um sistema de geolocalização e muito mais!

Experimente grátis o TOTVS Planejamento de Rotas!

Conclusão

A gestão de pneus é parte fundamental do gerenciamento de uma empresa de transportes.

Isso porque, apesar de serem discretos e não chamarem tanto a atenção, os pneus são, definitivamente, uma das peças mais importantes de qualquer veículo.

Trata-se de um material de borracha que está em constante atrito com o asfalto e que, portanto, sofre desgastes e precisa de manutenção.

Um pneu mal calibrado ou muito desgastado coloca a vida dos motoristas e dos cidadãos que entram em contato com o veículo da sua frota em risco, portanto, é fundamental que as empresas implementem processos de gestão de pneus.

Para apoiar você neste processo, conte com um sistema que ajude a sua empresa a traçar rotas certeiras, que economizem tempo de deslocamento e aumentem a vida útil dos pneus, como o TOTVS Planejamento de Rotas!

Artigos Relacionados

Deixe aqui seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.