A tecnologia impulsiona a escalabilidade nas indústrias. Entenda!

O setor produtivo brasileiro ainda está iniciando a implantação de tecnologias que contribuem para o desenvolvimento da Indústria 4.0. A expectativa para os próximos 10 anos, segundo a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), é de que 15% das indústrias do país estejam totalmente inseridas nesse contexto.

Para melhorar esses números, é preciso que os gestores entendam, cada vez mais, sobre como as inovações disponíveis no mercado podem contribuir para a escalabilidade do negócio, ou seja, aumentar a produtividade sem precisar elevar todos os custos. Conversamos com Cesar Monteiro, Gerente de Oferta do Segmento de Manufatura da TOTVS, que explicou um pouco mais sobre esse assunto. Confira!

O que é preciso para ser um negócio escalável?

Antes de tornar o seu negócio escalável, é necessário analisar a real possibilidade de crescimento. “Dependendo da solução que você oferece e se for um produto para atender a um nicho, provavelmente não será possível escalar. Não adianta a fábrica ter capacidade de produzir 1000 toneladas se eu não tiver mercado consumidor para tudo isso”, ressalta Cesar Monteiro.

Se esse não é o seu caso, veja algumas dicas para que a sua equipe se organize e faça a sua indústria crescer sem aumentar os custos de produção:

Torne os processos mais claros

Com o aumento da demanda, as atividades da sua fábrica precisam estar bem definidas e padronizadas para facilitar a produção em larga escala. Os seus colaboradores também devem estar dispostos a adotar novas técnicas e ferramentas que ajudem a otimizar todo o processo industrial — o que pode se tornar mais fácil se for iniciada uma cultura de inovação na empresa.

Saiba o que gera valor para o seu cliente

Conversar com os seus clientes e com os potenciais consumidores é fundamental para entender qual é o seu diferencial no mercado e em quais processos você precisa aprimorar para continuar gerando valor. “Não adianta ter uma fábrica ultramoderna para produzir mercadorias ultrapassadas e não vender o que o seu cliente deseja”, lembra Monteiro.

Prepare-se para os desafios

Você precisa estar ciente de que, para crescer, existem algumas barreiras que precisam ser enfrentadas, como o excesso de burocracias nos processos internos e na legislação brasileira. Os problemas de infraestrutura e logística também podem ser um grande desafio para a sua empresa. Por isso, não deixe de pesquisar sobre quais soluções podem atender melhor ao seu negócio.

Quais são as principais vantagens da escalabilidade?

Redução de custos

Para produzir em larga escala, é necessário desburocratizar processos e torná-los mais simples. Isso otimiza o tempo dos seus funcionários e, consequentemente, reduz os custos de produção. Outro benefício é a possibilidade de negociar valores melhores com os seus fornecedores, já que a sua demanda de matéria-prima para a fabricação de produtos aumentará e será necessário adquirir mercadorias em maior volume.

Ganho de vantagens competitivas

O negócio escalável vai exigir dos gestores um maior conhecimento do mercado e a identificação das forças e fraquezas da própria empresa. Isso traz mais clareza para a tomada de decisão e permite o aprimoramento de processos para a entrega do produto final, gerando vantagens competitivas em relação aos seus concorrentes.

Favorecimento da continuidade do negócio

O foco em um crescimento mais sustentável permite que a sua empresa consiga desenvolver sem causar prejuízos à produtividade e ao financeiro, o que favorece a continuidade das operações. Além disso, à medida que a sua empresa consegue atender a novas demandas e oferecer produtos com mais qualidade, maiores se tornam as chances de consolidação no mercado.

cta_escalar_producao_industrial

Como a tecnologia pode ajudar nesse processo?

As novas formas de interação pela Internet, a automação e as inovações da Indústria 4.0 estão mudando a rotina e os processos das fábricas. Separamos alguns exemplos de como essas novas soluções podem colaborar para o desenvolvimento de um negócio escalável. Confira!

Automatização de processos

É possível usar soluções, como os sistemas de gestão e os robôs, que automatizam desde os processos administrativos da sua organização até o chão de fábrica. A automatização permite não apenas a redução de custos, mas também a utilização da mão de obra em outras atividades que sejam referentes ao core business da empresa, ou seja, ligadas à estratégia e à perpetuação do negócio.

Planejamento de produção

A utilização de Big Data e Business Intelligence ajudam os gestores a planejarem todo o processo produtivo de acordo com a demanda dos clientes e a entender qual é a sua capacidade produtiva. Com a produção bem organizada, também é possível minimizar e ter mais controle sobre os tempos de setup, ou seja, a preparação e manutenção de todos os equipamentos da fábrica.

Produtos com qualidade

A utilização de robôs no chão de fábrica facilita a manutenção de um padrão de qualidade, já que esses dispositivos conseguem replicar em larga escala com menos chances de cometer falhas. Com isso, também é menor a possibilidade de o produto final apresentar defeitos quando for utilizado por seu cliente — o que, consequentemente, melhora a sua reputação no mercado.

Indústria mais ágil

Com os sistemas de gestão integrada, as lideranças da sua empresa conseguem ter acesso mais rápido a relatórios e dados, o que dá agilidade na tomada de decisão. “As tecnologias habilitadoras da Indústria 4.0 também podem trabalhar quase 24 horas por dia, o que elimina a necessidade de pausa para troca de turnos, como acontece com a mão de obra humana. Isso reflete diretamente no aumento da produtividade”, destaca o Gerente de Ofertas da TOTVS.

Facilidades na venda

Segundo pesquisa da eBit, apenas no primeiro semestre, 27,4 milhões de brasileiros fizeram pelo menos uma aquisição de produtos online. Para atender a essa demanda, a sua empresa pode usar soluções de e-commerce integradas ao sistema de gestão e oferecer uma experiência de compra com mais comodidade e praticidade para os seus clientes e, ainda, acompanhar em tempo real todos os dados relativos às vendas, ao estoque e à demanda.

Agora que você já sabe o quanto as novas tecnologias podem impactar o seu negócio e permitir a escalabilidade, conheça as novas tendências de supply chain para os próximos anos e planeje o crescimento da sua empresa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *