Offboarding: saiba por que aplicar em sua empresa

Equipe TOTVS | GESTÃO DE NEGÓCIOS | 02 novembro, 2020

Offboarding é um processo que preza pelo bem-estar de um colaborador assim que ele se desliga de uma empresa. Ou seja, o termo é usado para designar todas as decisões tomadas sobre o fluxo de saída dos funcionários.

No Brasil, segundo os dados do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), nos quatro primeiros meses de 2020, aproximadamente, 6 milhões de brasileiros foram desligados dos seus empregos. Sendo que esse número contrasta com as quase 5 milhões de contratações.

Nesse cenário, entender o offboarding e como é feita a gestão de pessoas é essencial para que a organização se desenvolva e tenha profissionais empenhados e produtivos. Por isso, acompanhe o artigo a seguir e saiba mais sobre o assunto.

Por que adotar o offboarding?

O offboarding é um processo que contribui para construção da cultura empresarial. Isso quer dizer que ele tem como objetivo tornar a saída de um funcionário o menos desgastante possível, ajudando na imagem interna e externa da organização no mercado.

A experiência do colaborador nessa etapa reflete diretamente em como a empresa demonstra empatia e trata seu quadro de funcionários. Além disso, se bem organizada e monitorada, essa estratégia evita possíveis conflitos internos.

Isso quer dizer que, se o desligamento de funcionário é feito com o entendimento de ambas as partes envolvidas, esse processo acaba criando um ambiente laboral mais integrado e tranquilo. 

New call-to-action

Como funciona o offboarding?

O processo do offboarding deve ser bem estruturado e organizado, para evitar que haja ruído entre seu quadro de funcionários. Com isso, todas as áreas da empresa precisam conhecer suas responsabilidades assim que há um desligamento.

Desde elaborar a folha de pagamento até retirar o acesso do funcionário à empresa e ao sistema interno. Vale lembrar que os gestores — não só o responsável — e os funcionários também devem conhecer seus papéis no offboarding. Acompanhe abaixo três passos básicos para adotar esse tipo de desligamento na sua empresa.

Mostre empatia

O processo demissional não é uma tarefa agradável nem para o funcionário nem para o departamento pessoal da organização. Por isso, é importante sempre demonstrar empatia pelo outro.

Colocar-se no lugar do colaborador é uma forma de tornar o desligamento menos doloroso. Quando há essa consideração no offboarding, ela é chamada de demissão humanizada.

Priorizando sempre a objetividade e a educação na hora de ter a conversa, busque também um ambiente tranquilo e reservado para que o funcionário não se sinta exposto, lembrando sempre de utilizar um tom de voz seguro e tranquilo.

Providencie a documentação

Ter toda a documentação em mãos na hora de comunicar o desligamento é uma prática do offboarding. Além disso, saber dar orientações concisas ao funcionário ajuda a evitar possíveis ruídos na comunicação. Quanto mais claro e objetivo for o offboarding, mais tranquilo se torna esse processo.

Faça uma entrevista de desligamento

A entrevista de desligamento é uma das principais etapas do offboarding. Ela consiste em uma conversa entre um representante da empresa e o colaborador, em que será explicado o motivo do funcionário deixar a organização.

É nessa etapa que o feedback do RH é essencial e pode ser usado como uma estratégia dos pontos de atenção no ambiente de trabalho e nas condições da empresa. Em outras palavras, a experiência do colaborador é usada como oportunidade de desenvolvimento.

Qual a relação entre offboarding e employer branding?

O offboarding é uma via de mão dupla, na qual o processo pode ser gerado tanto pela empresa quanto pelo colaborador. Por isso, entender e melhorar a experiência do funcionário dentro da organização deve ser o foco de uma gestão eficiente.

E é nesse cenário que entra o employer brand/employer branding. Definido como um conjunto de ações para melhorar o bem-estar dos funcionários dentro da empresa, como a adoção de workshops e confraternizações.

Qual o impacto no setor de recursos humanos?

O setor de RH tem participação ativa quando o tema é o capital humano, inclusive no offboarding. Já que ele está envolvido na tarefa de proteger e preservar uma boa experiência laboral.

Na maioria dos casos, o setor de RH fica encarregado de identificar os pontos de atenção na jornada do colaborador, assim como criar um canal de comunicação eficiente para o quadro de funcionários.

Conheça a importância da capacitação de funcionários

Neste artigo, você conheceu o que é offboarding e os benefícios em adotar esse processo na sua empresa. Além disso, você pôde entender como ele funciona, e o impacto que gera no setor de recursos humanos.

A TOTVS como maior empresa de tecnologia do Brasil, oferece conteúdos de qualidade para proporcionar a melhor experiência para os nossos clientes. Pensando nisso, saiba a importância da capacitação e treinamento de funcionários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.