Quanto vale minha empresa? Veja como aumentar seu valuation

Quanto vale minha empresa? Veja como aumentar seu valuation

Equipe TOTVS | GESTÃO DE NEGÓCIOS | 31 outubro, 2018

Quanto vale minha empresa? É possível dizer que, dentre as diferentes formas de responder a essa pergunta, duas prevaleçam. Se as ponderações forem para o lado emotivo, a conclusão óbvia é de que é inestimável. Porém, se os parâmetros forem os mais racionais, será preciso colocar os números no papel e fazer contas.

Na verdade, dependendo das cifras, será preciso muito mais do que papel e caneta para calcular o seu valor. É o caso da Apple que, depois de anunciar o seu faturamento do terceiro trimestre, manteve-se no topo das empresas mais valiosas com uma apuração de US$1 trilhão. Logo em seguida, vem a Microsoft e a Amazon, alternando de tempos em tempos a segunda e terceira colocações.

Mas qual é o cálculo necessário para chegar a esses valores? O seu resultado explicaria como empresas que começaram literalmente no fundo de garagens ganharam o mundo e expressivos valores de mercado?

Neste post, abordaremos um pouco sobre a importância de apurar o valor de uma empresa e criar estratégias para aumentá-lo. Afinal de contas, esse dado não serve apenas para concorrer a esse pódio ou estar bem classificado em um ranking, não é mesmo? Confira!

O valor da empresa e o seu impacto no lucro do negócio

Primeiro ponto. Quando saber o valor do seu negócio é importante para o gestor? O valor da companhia tem muito mais a ver com o que ela pode gerar de receita do que com o inventário do seu patrimônio. Ou seja, do seu potencial de lucro.

Assim, calcular o valor do negócio permite que a sua escalabilidade seja avaliada, que gargalos e pontos críticos sejam corrigidos e, por fim, que a empresa fortaleça o seu potencial para crescimento.

Saber seu valuation, outro termo muito utilizado no mundo corporativo, também garante que a empresa crie melhores argumentos e fatos para apresentar aos seus possíveis investidores e, até mesmo, iniciar uma negociação de fusão ou para a venda da organização.

A realização do cálculo na prática

Um dos métodos mais simplistas considera todo o patrimônio do negócio, os seus ativos financeiros e a dedução das dívidas para encontrar o seu resultado. Ele, porém, não contempla a contribuição dos elementos intangíveis estratégicos do negócio, como a sua marca e o relacionamento com clientes, por exemplo.

Avaliação relativa

A avaliação relativa utiliza o princípio da comparação com empresas similares já precificadas no mercado, como aquelas listadas na bolsa ou que tenham passado por um processo de fusão, por exemplo.

Para que o seu cálculo seja confiável, a pesquisa das empresas de referências também deve considerar o método e os parâmetros em que foram avaliadas.

Fluxo de caixa descontado

O seu objetivo principal é encontrar o valor presente de uma empresa considerando as expectativas de geração de caixa no futuro. Entre as variáveis de seu cálculo, temos:

  • a geração de caixa do negócio;
  • a estimativa de crescimento para essa geração de caixa;
  • o intervalo de tempo que esse crescimento pode ser sustentado;
  • a taxa de risco.

Assim, temos o cálculo para a geração de caixa livre em:

Receita x margem operacional = lucros antes dos juros e impostos (EBIT)

EBIT – EBIT x alíquota de impostos = EBIT (1 – t)

EBIT (1 – t) + depreciação – investimentos – necessidade de capital de giro = fluxo de caixa livre

Do fluxo de caixa livre, é descontada uma taxa de risco do negócio. Existem várias maneiras de determinar esse percentual, mas uma boa referência seria:

  • startups têm a sua estimativa entre 50% e 70%;
  • empresas com receita acima de R$1 milhão, 40%;
  • negócios médios com receita de R$5 milhões ou mais, entre 30% e 50%;
  • grandes empresas, entre 15% a 30%.

Esses cálculos, no entanto, precisam de dados organizados e que retratem fielmente a realidade do negócio. Então, um sistema que armazene e os analise regularmente pode trazer grandes benefícios para o processo de valuation.

Estratégias para aumentar o valor da empresa

Fica claro que o valor da empresa não é apenas uma métrica de vaidade, mas uma informação determinante para o sucesso de sua gestão. Veja algumas práticas e ferramentas que podem potencializar as suas cifras.

Use um ERP consistente

Como já citado anteriormente, um sistema é essencial. O melhor cálculo para o valuation é aquele que considera o potencial de negócios no futuro. Somente um ERP forte capaz de gerenciar os dados da empresa pode oferecer um cenário de suas potencialidades.

Para ficar mais claro o que é um ERP e como ele pode contribuir nesse aspecto de reunião de dados e integração de setores, podemos citar quais são os seus principais módulos:

  • faturamento;
  • compras;
  • rh;
  • financeiro;
  • estoque;
  • fiscal;
  • gestão de projetos;
  • produção.

Isso garante que os dados tramitados em seus processos sejam convertidos em informações para as futuras tomadas de decisão e, claro, dê apoio na avaliação do negócio.

Invista em mais tecnologias

Além do ERP, softwares de automação e ferramentas que reduzam os custos do negócio e aumentem a sua capacidade produtiva também são formas de aumentar o valor e o potencial da empresa.

Isso permite, por exemplo, reduzir despesas com recursos humanos em processos burocráticos e alocar investimentos em talentos para áreas mais estratégicas e de maior impacto nos resultados.

Faça uma revisão regular do cálculo do valor do negócio

Além do fato de que o mercado e a condução do negócio o fazem mudar diariamente, é preciso considerar que o processo para calcular o seu valor permite que gestores identifiquem seus pontos fracos e fortes e trabalhem estratégias para melhorá-los.

Assim, o valor deve ser revisado periodicamente para que seja fiel à realidade, assim como para que o processo ofereça novos insights de estratégia.

Desenvolva novos produtos e serviços e aumente a base de clientes

Criar produtos e serviços para o negócio permite abranger o mercado, identificar novos públicos e atender a necessidades diferentes.

Uma rede de supermercados pode, por exemplo, expandir seus canais de distribuição oferecendo o serviço de entrega em domicílio. Isso aumenta a sua abrangência no mercado e corresponde às expectativas de um público que não era alcançado.

No caso das empresas de serviços, o aumento da base de clientes é ainda mais relevante para potencializar o seu valor de mercado. Afinal de contas, contratos de longo prazo são, resumidamente falando, promessas de ganhos futuros.

Responder ao questionamento sobre “quanto vale minha empresa” é muito importante para o gestor em vários aspectos, inclusive o sentimental. A forma de administração, a missão, a visão e os valores de um negócio são construídos a partir de tais preceitos. Eles, por sua vez, formam os diferenciais da organização.

Sob o ponto de vista financeiro, trabalhar esse valor permite que a empresa se posicione mais estrategicamente perante seus concorrentes e as oportunidades de mercado.

Vai colocar algumas dessas estratégias em prática e quer outras dicas para aumentar o valor e a eficiência do seu negócio? Então, conecte-se com os nossos especialistas pelo LinkedIn e acompanhe os nossos vídeos no canal do Youtube. Esses conteúdos e essas conexões podem revolucionar as suas tomadas de decisão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *