Início da safra de cana no centro-sul do Brasil

Equipe TOTVS | Biblioteca | Uncategorized | 01 outubro, 2018

As usinas e destilarias do Centro-Sul do Brasil começaram oficialmente no mês de abril a safra 2017/18 de cana-de-açúcar, com uma previsão de 612 mil toneladas de cana nessa safra.

A área a ser colhida é estimada em 8,84 milhões de hectares, queda de 2,3%, se comparada com a safra 2016/17. Apesar da diminuição de área, a queda na produção deve ser pouco relevante e o volume total deve seguir em bons patamares. Isso em decorrência da alta de 0,9% na produtividade, que passou de 72,62 para 73,27 toneladas por hectare.

Segundo levantamento do Ministério da Agricultura, o mercado esteve bastante favorável para a produção de açúcar, que atingiu um patamar que não alcançava há pelo menos três safras, devido à redução da safra na Índia e à abertura de novos mercados na União Europeia. Isso fez com que os produtores brasileiros aumentassem a área colhida no ciclo passado, com maior destinação à produção de açúcar em detrimento ao etanol.

A expectativa é que a produção de açúcar tenha um aumento nessa temporada, refletida pelas atrativas cotações do alimento na Bolsa de Nova York, com isso o mix de destino a temporada deve ficar em torno 47,4% da oferta de matéria prima para açúcar e 46,3% para etanol. A fabricação do açúcar nessa safra deve aumentar 3,3%. (fonte DataAgro). Um montante 15,5% superior à safra 2015/16 e motivado pelos preços mais rentáveis.

No caso do etanol, a fabricação deve cair por causa da menor oferta de cana e do mix mais açucareiro, com queda de aproximadamente 1%. Mas segundo especialistas, esse cenário de queda na produção do bicombustível pode ser alterado de maneira radical ao longo da safra caso haja aumento nos preços do barril de petróleo, o que induziria aumento na gasolina e, assim, maior procura pelo biocombustível nas bombas.

Os Indicadores de produtividade é o grande aliado para avançar em uma safra rentável e sustentável. A TOTVS oferece solução especialista sucronergético, apresentando indicadores de fácil  usabilidade e com visão em plataformas de analytics. Com essa ferramenta é possível realizar o acompanhamento dos resultados da produção agroindustrial, permitindo extração de informações primordiais para o gerenciamento do seu agronegócio.

Quer saber mais? Fique por dentro da nossa agenda de webinars clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *