Manutenção produtiva total: Quais são seus benefícios?

Equipe TOTVS | GESTÃO INDUSTRIAL | 05 outubro, 2020

A manutenção produtiva total, também conhecida como total productive maintenance (TPM), trata-se de uma ferramenta utilizada na indústria, com o objetivo de otimizar a eficiência dos processos.

Potencializando a produtividade da cadeia produtiva, o total productive maintenance ajuda a padronizar as operações e evitar imprevistos. Se você quer saber mais sobre esse assunto, continue com a leitura do artigo e descubra.

O que é manutenção produtiva total?

A manutenção produtiva total foi desenvolvida com o propósito de minimizar erros e gargalos de processo, colocando em prática uma espécie de acompanhamento voltado à produtividade da organização como um todo.

Contando com tecnologia, gestores e todos os colaboradores, a TPM vai muito além da preocupação com equipamentos e máquinas. O foco se estende também ao aumento de qualidade dos produtos fabricados, à redução de quebras, aos defeitos e aos acidentes minimizados.

Todo esse processo exige comprometimento e, em certos casos, reestruturação, com a adoção de novas abordagens, posturas e até mesmo de cultura. Talvez valha a pena instaurar a gestão de mudança organizacional, uma vez que a renovação aproxima pessoas, maquinários e produtos.

lean manufacturing

Pilares da manutenção produtiva total

Assim como o conceito de lean manufacturing, a manutenção produtiva total surgiu na indústria automotiva japonesa, como uma forma de otimizar o andamento de cada etapa dos projetos. Dessa forma, quais são os pilares da manutenção produtiva?

  • Manutenção autônoma: oferece liberdade aos operadores, que monitoram as condições de seus próprios equipamentos e dos processos à sua volta;
  • Coleta de informação para melhoria: otimiza o fluxo de informação entre os setores. Assim, o gestor de cada área levanta dados que são analisados e recebem as devidas priorizações para melhorias;
  • Manutenção preventiva: cada setor coloca em prática as ações necessárias para o cuidado com equipamentos, ferramentas e máquinas, evitando que haja uma interrupção das atividades;
  • A manutenção planejada: os responsáveis por cada processo fazem um acompanhamento preciso do desempenho da equipe e dos equipamentos, elaborando relatórios que indicam a necessidade de implementar melhorias e incluem pausas no cronograma;
  • Manutenção da qualidade: a qualidade dos processos industriais depende de uma série de variáveis, e, nesse tópico, são consideradas as melhores tecnologias, metodologias e novas ideias que possam contribuir para gerar maior valor em cada tarefa;
  • Capacitação e treinamento: o capital humano é essencial em qualquer organização, e, para implementar a automação dos processos, é necessário que os colaboradores dominem as tecnologias, além de permitir atuação em cenários mais estratégicos,
  • Segurança e saúde do trabalho (SST): em qualquer empresa e, sobretudo, na indústria, a segurança dos colaboradores é primordial. Para que todos os outros pilares se sustentem, a segurança de todos os envolvidos deve ser garantida pelas melhores práticas.

Benefícios do TPM

Até aqui, você pôde observar que a manutenção produtiva é um forte aliado na melhora da produtividade, segurança e eficiência dos processos industriais, e muito disso se relaciona com a autonomia, a independência e a proatividade dos colaboradores.

Relacionada com a engenharia de confiabilidade, uma subdisciplina da engenharia de sistemas no qual capacita de forma enfática o uso sem falhas de equipamentos, estimando a probabilidade e prevenção de falhas, por isso traz segurança.

Um dos principais trunfos da TPM, no entanto, encontra-se na automação de processos, responsável por prevenir perdas e aumentar o lucro da organização. Entre outros benefícios que podemos citar, estão:

  • Maior motivação da equipe;
  • Eliminação de pausas não planejadas;
  • Redução de custos operacionais;
  • Maior conhecimento e capital intelectual dos colaboradores e líderes;
  • Organização otimizada do chão de fábrica,
  • Foco na gestão da qualidade total, impactando fornecedores, concorrentes, clientes e funcionários.

Utilize a tecnologia na manutenção produtiva total

As falhas operacionais e gargalos constantes causam problemas e dificultam o andamento dos processos e o crescimento da operação industrial. Repensar as formas de se trabalhar e contar com práticas inovadoras é essencial para obter as melhores condições, ambiente de trabalho e desempenho de máquinas e equipe.

Ao longo deste conteúdo, explicamos o que é a manutenção produtiva total, falando sobre seu surgimento e conceito, os pilares nos quais ela se baseia e os benefícios trazidos para o segmento industrial.

A TOTVS é a maior empresa de tecnologia do país, e acredita no potencial do Brasil que faz. Com softwares e soluções para mais de 12 segmentos de mercado, o ramo industrial é atendido de ponta a ponta. Nossos sistemas se encaixam completamente nas necessidades de sua organização, seja em negócios de pequeno, médio ou grande porte.

Se você gostou deste artigo e quer saber mais sobre o tema, conheça agora o funcionamento do ERP industrial. Para ficar sempre por dentro de nossas novidades, continue acompanhando o blog da TOTVS e não se esqueça de assinar a newsletter. 

Inovação tecnológica na indústria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.