5 razões para manter seus roteiros de produção atualizados

Equipe TOTVS | Biblioteca | Uncategorized | 01 outubro, 2018

Uma das informações mais importantes da área de engenharia de processos é o roteiro de fabricação, em que se define a lista de atividades necessárias para se produzir um item. Além de permitir documentar todas as operações de fabricação com seus tempos de processo, setup e máquinas, o roteiro tem um importante papel na programação de produção e também no controle de custos.

Um roteiro bem definido e atualizado permite que você tenha um melhor aproveitamento das ferramentas disponíveis no seu ERP. Aqui, listamos algumas destas funcionalidades e as vantagens de se manter os roteiros de fabricação atualizados:


1- Processos Documentados: Qualidade Garantida

O roteiro de fabricação permite que todas as operações de fabricação fiquem documentadas, identificando os tempos padrões de execução (homem / máquina), setup, tipo de máquina a ser utilizado, ferramentas necessárias e instruções de trabalho, inclusive com a possibilidade de anexar normas, imagens e vídeos ao processo.

Isso faz com que o processo fique no sistema e não dependa somente do conhecimento das pessoas, facilitando o treinamento de novos colaboradores além de contribuir com a área de gestão da qualidade, possibilitando inclusive a integração com o módulo de Controle de Qualidade.

2 – Visão da Carga X Capacidade

É o roteiro de fabricação que permite que a área de planejamento consiga calcular a capacidade das plantas fabris. É por meio do relacionamento dos tempos de execução às máquinas e operações que o sistema consegue gerar uma das consultas gerenciais mais importantes para a área de planejamento: a consulta de Carga X Capacidade, permitindo que as áreas Comercial e de Produção possam entrar em acordo com o planejamento de vendas.

3 – Sequenciamento da Produção

É a sequência de operações definida no roteiro de cada item semi-fabricado e fabricado que permite que o Planejamento Avançado da Produção (APS) sequencie as ordens na fábrica, permitindo a geração do GANTT de produção e o cálculo do nível de atendimento ao cliente.

Os roteiros bem cadastrados e atualizados irão viabilizar o cálculo automatizado da programação de produção.

4- Cálculo dos custos de produção

O roteiro de produção é necessário para que consigamos conhecer todos os custos envolvidos na produção de um produto. O sistema utiliza os dados definidos nas operações de fabricação para calcular os Gastos Gerais de Fabricação(GGF) ou Custo Indireto de Fabricação (CIF) e também o custo da Mão de obra Direta permitindo absorver estes valores ao custo do produto acabado.

5 – Melhoria contínua dos processos.

de consultas gerenciais como o Comparativo Real X Padrão, é possível verificar se o que foi planejado pelas áreas de Engenharia de Processo e PCP está sendo cumprido, além de medir os desvios no processo e desta forma atuar de forma pontual nestes desvios promovendo a melhoria contínua.

Descubra como nossas soluções de Manufatura podem aperfeiçoar sua Gestão da Produção, entre em contato com seu canal de atendimento TOTVS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.