insumos-agricolas

Por que os insumos agrícolas são indispensáveis?

Equipe TOTVS | GESTÃO AGRÍCOLA | 21 abril, 2020

Os insumos agrícolas são muito importantes para a produção nas lavouras. Caracterizam-se, por exemplo, como fertilizantes para o solo, controle de pragas, equipamentos e novas tecnologias para otimizar o cultivo.

Os insumos melhoram a qualidade e a produtividade na agricultura. É necessário, portanto, desenvolvimento constante de novas técnicas e aplicações, de acordo com as certificações de qualidade definidas pelo mercado. Como fazer, então, a gestão eficiente dos seus insumos? Continue a leitura e descubra!

A importância dos insumos agrícolas

Na agricultura de precisão, a importância do uso de insumos se dá a partir do investimento na tecnologia. Com isso, é possível controlar o ritmo da produção e seu crescimento e gerenciar os lucros, com uma utilização mais econômica e sustentável, por meio do combate a pragas, recuperação do solo e redução do gasto com água.

Embora os insumos agrícolas sejam utilizados em duas maneiras de produção, cada uma possui particularidades no modo de execução.

  • Agricultura tradicional: prioriza a máxima produtividade no menor intervalo de tempo possível, e faz o uso de adubos químicos, sintéticos e mecânicos. Focada em quantidade e eficiência,
  • Agricultura orgânica: segue um modelo de longo prazo, utilizando matérias-primas naturais, excluindo substâncias químicas. Focado em integração do meio rural e qualidade dos produtos.

É importante ter em mente qual tipo de agricultura o negócio vai seguir, para, assim, buscar as alternativas que melhor se encaixam no seu tipo de produção. Ambas as opções, porém, só têm a ganhar com a aplicação correta dos insumos.

Tipos de insumos agrícolas

Os insumos podem ter dois tipos de aplicação: fatores de produção e matérias-primas. O primeiro tipo diz respeito ao capital, lucro, demanda e equipamentos; o segundo trata-se dos principais produtos agrícolas em si.

Ambas as categorias, no entanto, têm impactos diretos nos resultados da produção final. Dessa forma, podem ser classificados como insumos biológicos, químicos ou mecânicos. Falaremos mais a fundo sobre cada um a seguir. Confira!

Insumos biológicos

Os insumos agrícolas biológicos se encaixam em todo composto orgânico utilizado na produção agrícola, como esterco animal, fertilizantes naturais, adubos, insetos — abelhas polinizadoras ou predadores de pragas —, restos de colheitas antigas que se misturam ao sol, etc.

Insumos químicos

Os insumos químicos para o setor agrícola incluem materiais vindos de minerais e rochas, como o calcário. Esse processo segue a mesma lógica dos adubos químicos e defensivos agrícolas.

Insumos mecânicos

Os insumos agrícolas mecânicos são constituídos pelas máquinas, equipamentos, metodologias e implementos agrícolas, que também concentram as inovações tecnológicas. Alguns dos mais comuns são:

  • Arados;
  • Semeadeiras;
  • Tratores agrícolas;
  • Pulverizadores,
  • Equipamentos de irrigação.

As máquinas e implementos agrícolas são grandes aliados nas rotinas rurais e na execução das tarefas, resultando em uma maior rapidez dos processos e rentabilidade. Abordaremos esse assunto mais a fundo nos tópicos a seguir.

O que são implementos agrícolas?

De acordo com um estudo recente, na índia, uma das principais razões da produtividade baixa de agricultores se deve ao fato de não utilizarem implementos agrícolas. Podemos dizer que a escolha do equipamento adequado traz resultados nos custos e tempo de operação.

Em uma lista de insumos agrícolas caracterizados como implementos, podemos citar:

Arados

Os arados operam nas camadas mais superficiais do solo, onde a vegetação vai nascer e se desenvolver. O objetivo do arado — que pode ser de disco ou de aiveca — é trazer ao solo condições mais propícias de aeração, infiltração, armazenamento de água e homogeneização da fertilidade.

Subsolador

O subsolador é utilizado para quebrar camadas compactadas, geralmente de níveis mais baixos do solo, por conta da circulação contínua de máquinas pesadas na lavoura. Esse equipamento é bastante conhecido por ser empregado na cultura de cana.

Vale lembrar que o subsolador não soluciona o problema de compactação do solo, sendo uma medida temporária, além de ter custo operacional elevado, devido à exigência de tratores potentes e com grande consumo de combustível.

Grades aradoras e niveladoras

As grades aradoras realizam duas operações de uma vez só, a aração e a gradagem. O tipo de solo revolvido encontra-se em seu estágio inicial, aproximadamente a 15 cm da superfície.

A terra preparada com esse implemento, especialmente em casos de solos úmidos, apresenta descontinuidade. O chamado “pé de grade” é uma camada com 5 cm ou mais de espessura endurecida ou compactada.

Pulverizadores

O pulverizador é um dos tipos de implementos agrícolas mais importantes no mercado e está presente no processo durante todo o ciclo de plantio e colheita.

O uso de pulverizadores autopropelidos, opções de alta performance e que não permitem desacoplamento, tem sido cada vez mais comum. Os pulverizadores tratorizados, no entanto, ainda são amplamente utilizados.

TOTVS: tecnologia para sua gestão agrícola

Ao longo deste conteúdo, mostramos a importância da utilização dos insumos na agricultura, suas classificações e seus desdobramentos mais importantes, como os implementos.

Além dos implementos tradicionais serem essenciais, é de extrema relevância ressaltar de que maneira a tecnologia se coloca como um dos principais componentes nessa jornada. A inteligência artificial na agricultura, por exemplo, faz o monitoramento da lavoura ao controlar pragas por meio de escaneamento e leitura da vegetação e armadilhas automáticas.

Previsões meteorológicas e veículos autônomos, como tratores telemáticos e drones autoprogramados, também mostram a força das inovações trazidas por softwares e outros sistemas desenvolvidos para otimizar e revolucionar o dia a dia do produtor rural.

Se você gostou deste artigo, continue acompanhando nosso blog e não deixe de assinar a newsletter. Dessa forma, você não perde nenhuma novidade, recebendo matérias diretamente em seu e-mail!

Comentarios

  1. Esmeralda

    Parabéns pelo artigo,adorei!

    1. Alan Amorim

      Olá, Esmeralda!
      Eu que agradeço pelo comentário.
      E para mais informações deste nível, não deixe de acompanhar o blog 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.