O que é TISS e como se aplica às instituições de saúde?

Equipe TOTVS | GESTÃO PARA INSTITUIÇÕES DE SAÚDE | 24 novembro, 2020

O TISS é uma determinação da Agência Nacional de Saúde Suplementar, reconhecido como um modelo padrão para coleta e utilização de dados em operadoras de plano de saúde.

É muito importante conhecer suas características e funcionamento para que as atividades funcionem sempre cumprindo as exigências legais. Para entender melhor esse assunto, continue com a leitura deste artigo e saiba mais.

O que é o padrão TISS?

O padrão Tiss (Troca de Informações na Saúde Suplementar) consiste em um guia de diversas práticas nas instituições de saúde, como cobranças de atendimentos, autorização para exames e cirurgias, por exemplo.

O objetivo da Agência Nacional de Saúde Suplementar é trazer um padrão nas rotinas administrativas do setor de saúde, fazendo um acompanhamento e análise das operadoras referente ao setor financeiro, econômico e assistencial.

Essas determinações compõem o Registro Eletrônico de Saúde, que se comunicam com a  ANS e o Ministério da Saúde, uniformizando também o comportamento das informações dos clientes e beneficiários.

Essa interoperabilidade é muito bem-vinda, uma vez que o TISS agrupa diversos formulários com informações exigidas pela agência reguladora, que seguem as normas e obedecem à fiscalização do órgão público.

Dessa maneira, clínicas médicas, hospitais e laboratórios devem organizar as informações sobre os serviços que foram prestados a um paciente, especificando cada um deles. Acomodação utilizada, equipamentos usados no tratamento ou procedimento, medicamentos prescritos, exames e honorários médicos são exemplos disso.

Nova call to action

Como o TISS é dividido?

Agora que você já entendeu o que é guia TISS, é hora de conhecer os tópicos que integram essa documentação. A seguir, descrevemos os componentes presentes na elaboração do modelo.

  • Componente organizacional: determina todas as regras que serão aplicadas nos processos;
  • Componentes de estrutura e conteúdo: definem a arquitetura de dados presentes no plano de contingência e em mensagens eletrônicas;
  • Componente de representação de conceitos: constrói os termos para identificar eventos e objetos assistenciais na saúde suplementar;
  • Componente de segurança e privacidade: descreve exigências referentes à privacidade e sigilo de dados de pacientes e beneficiários,
  • Componente de comunicação: estabelece os canais de comunicação e a metodologia aplicada na circulação de mensagens eletrônicas, definindo, inclusive, a linguagem de marcação na estrutura do conteúdo.

Benefícios do TISS

A criação do TISS ANS é um marco para a otimização dos processos nas instituições de saúde, mas suas vantagens não se aplicam somente às organizações governamentais, se estendendo também às próprias instituições. Confira os principais benefícios a seguir.

Trabalho com dados padronizados

A padronização na coleta, armazenamento, tratamento e compartilhamento de dados é um dos maiores benefícios para instituições, tanto para a avaliação das próprias operadoras quanto no envio à ANS.

Com as determinações estipuladas pela LGPD na saúde, essa é uma maneira eficaz de garantir que clínicas, hospitais e laboratórios cumpram os requisitos e não tomem multas ou outras punições em razão da lei geral de proteção de dados.

Redução de falhas e fraudes

O TISS permite manter um acompanhamento rígido sobre os procedimentos empregados nas instituições, bem como suas documentações. Com a instauração do padrão, o setor ganha em confiança e segurança.

Ocorrendo no ambiente virtual, preenchimentos de informações têm menos chances de apresentarem fraudes ou gargalos operacionais, facilitando o fluxo de trabalho e a conferência de dados.

Agilidade e eficiência

O processamento de informações e da guia TISS acontece de maneira simplificada e sem grandes burocracias, com comunicação e autorizações prontas em minutos, trazendo agilidade ao processo.

Na prática, essa vantagem representa menos tempo de espera para o aval do convênio médico para dar início a uma internação ou fazer um exame. Com a discriminação mais clara dos componentes, a leitura de operadores também fica mais fácil.

Economia de materiais

Com a utilização do TISS, as organizações conseguem fazer uma economia significativa em relação aos materiais usados, começando pelas guias de papel, substituídas pelo meio digital.

Os documentos também não exigem armazenamento físico, o que proporciona um melhor uso do espaço para outras atividades. A chance de perdas e deterioração de documentos também é anulada.

Melhore os processos na sua instituição de saúde

Ao longo deste conteúdo, explicamos o que é TISS e qual o seu papel no setor de saúde digital. Também abordamos seu funcionamento, divisão de seus elementos e falamos sobre seus benefícios.

A TOTVS é uma empresa 100% brasileira. Com mais de 30 anos de história e consolidada como a maior empresa de tecnologia do país, nossos sistemas atendem aos mais diversos segmentos de mercado e são aderentes em clínicas, hospitais e convênios médicos.

Se você gostou do artigo e quer se aprofundar no tema, conheça agora a importância de um sistema para operadoras de planos de saúde. Continue acompanhando o blog da TOTVS e assine a nossa newsletter para não perder nenhuma novidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.