Saúde digital: Oportunidades para as instituições

Equipe TOTVS | GESTÃO PARA INSTITUIÇÕES DE SAÚDE | 16 outubro, 2020

A saúde digital consiste em uma nova forma de atuação da medicina, aplicando abordagens e ferramentas digitais em seus processos. As inovações já estão presentes em clínicas, consultórios e hospitais.

Na busca pela saúde 4.0, quais são os benefícios da digitalização da medicina e como a legislação interpreta essas mudanças? Se você se interessa por esse assunto e quer saber mais sobre o tema, continue com a leitura do artigo!

O que é saúde digital?

A saúde digital, também conhecida como e-saúde, consiste em uma mudança da atuação de processos ligados à medicina, utilizando tecnologias para melhorar a vida de profissionais e pacientes.

Acompanhamento de quadros clínicos, pesquisas, treinamento e renovação de conhecimentos, atendimento personalizado e humanizado. Todos esses são exemplos que ganham com a modernização da saúde.

Um dos objetivos principais da digitalização também se relaciona diretamente com o monitoramento da saúde populacional, com ações direcionadas a coletar informações referentes a pacientes, medicamentos, tipos de exames e tratamentos.

Dessa maneira, ao integrar dados de um certo grupo ou região do país, é possível, por meio do crowdsourcing, por exemplo, identificar surtos de doenças e acionar campanhas de conscientização, prevenção e tratamento. Em épocas de crise, é essencial para salvar vidas.

Outra adaptação que vem acontecendo, foi a implementação da telemedicina. Por meio de consultas em formato de videochamada, médico e paciente podem discutir sintomas e chegar a um diagnóstico sem a necessidade de contato presencial, minimizando riscos de contaminação.

E a prática promete se firmar no futuro da saúde. Pacientes distantes de grandes centros não precisam se deslocar  e perder até um dia inteiro por uma consulta. A partir dessa primeira avaliação, é possível determinar medidas de tratamento ou, em casos mais graves, agendar um encontro presencial.

Nova call to action

Vantagens proporcionadas pela saúde digital

Entre as principais vantagens da saúde digital, além da redução de gastos das clínicas e hospitais, e melhoria da produtividade, está o bem-estar dos pacientes. Ferramentas como o prontuário eletrônico, por exemplo, são facilitadores e trazem qualidade aos tratamentos e acompanhamentos médicos. Confira alguns dos benefícios a seguir.

Diagnóstico fácil e preciso

A inovação na saúde, ao implementar softwares e ferramentas como o big data e a inteligência artificial, concentra um alto volume de informações nos bancos de dados, o que possibilita um acompanhamento mais preciso e traz maior segurança ao definir diagnósticos.

Com o conhecimento do histórico de um paciente, cirurgias prévias, medicações tomadas, casos de doenças na família, o médico pode obter clareza ao tratar um indivíduo. Ao lidar com vidas de terceiros, esse ponto é fundamental.

Consultas, prevenção e tratamento

Consultas que teriam de ser agendadas para um ou dois meses podem ser realizadas à distância, tirando dúvidas  e evitando a evolução de casos que podem ser perigosos. 

Da mesma maneira, por meio de aplicativos e os chamados wearables, o paciente pode ser sinalizado dos horários de sua medicação, agendamentos e métodos de cuidados e prevenção de doenças, reunindo também dados como frequência cardíaca, calorias consumidas e gastas, etc. 

Automatização de processos

Seja em consultórios, clínicas ou hospitais, erros básicos, como preenchimentos de informações, agendamento de cirurgias, consultas, prontuários e receitas não correm o risco de se perderem ou serem feitos erroneamente.

Isso acontece pois os softwares ERP executam todas essas tarefas de forma automatizada, liberando colaboradores para lidarem com situações que exigem mais, como o próprio atendimento e a assistência aos pacientes.

Regulamentação da saúde digital

O apoio aos processos de e-health vem da própria Organização Mundial da Saúde (OMS), em nível mundial. No Brasil, o Ministério da Saúde regula a saúde digital no Brasil por meio da  Resolução CIT nº 19

A legislação brasileira, regulando projetos como o digiSUS, tem o objetivo de, pelos meios digitais, ampliar os serviços de saúde pública por todo o país, garantindo acesso aos serviços de forma facilitada e ágil.

TOTVS: parceria na saúde digital

Neste conteúdo, explicamos o que é saúde digital, seus objetivos, como funciona e as principais vantagens observadas pela implementação de ferramentas tecnológicas nos processos de atendimento médico.

A TOTVS acredita no Brasil que faz. Consolidada no mercado como a maior empresa de tecnologia do país, nossos sistemas e soluções atendem toda a cadeia de saúde, desde pequenos consultórios até grandes hospitais.

Se você gostou deste conteúdo e quer saber como aprimorar processos, confira como a inteligência artificial atua na saúde. Para não perder nenhuma novidade, continue acompanhando nosso blog e não deixe de assinar a newsletter da TOTVS.

solução completa para instituições de saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.