Value Based Healthcare: O que significa e como funciona?

O conceito de Value Based Healthcare é uma novidade que pode mudar a maneira como médicos e hospitais prestam seus serviços. É um meio de reduzir custos e, ao mesmo tempo, melhorar os hábitos de saúde das pessoas.

Com um incentivo direto a médicos e hospitais sendo recompensados financeiramente segundo a melhora do paciente, há uma grande transformação no atendimento. Entenda mais sobre o assunto e como ele pode mudar o cenário brasileiro de saúde.

Entendendo o Value Based Healthcare

Um modelo de atendimento baseado em valorizar a saúde significa recompensar os profissionais conforme a melhora do paciente. Ou seja, há um incentivo para que os médicos e hospitais trabalhem a fim de que haja recuperação real do quadro do paciente. O sistema Value Based Healthcare é um conceito que busca inovar toda a estrutura de atendimento atual.

Isso envolve também a parte financeira, já que ajuda a diminuir a sinistralidade e procedimentos exagerados, o que contribui para uma diminuição de custos. Essa abordagem é diferente do modo tradicional, onde o colaborador é pago com base na quantidade de serviços de saúde prestados. No Value Based Healthcare, o valor está na entrega de resultados positivos sobre o atendimento.

Os benefícios do Value Based Healthcare

Esse conceito tem sido avaliado para implementação no Brasil justamente por ser vantajoso tanto para beneficiários quanto para operadoras, hospitais e médicos. É um modelo mais sustentável que o atual, já que valoriza a qualidade sobre a quantidade e todas as partes envolvidas saem ganhando. Veja a seguir:

Para o paciente

Ter um atendimento mais humanizado, que se preocupa com a saúde do paciente a longo prazo pode ser muito benéfico. Nesse modelo, o paciente que possui doença crônica, como câncer ou diabetes, pode fazer o tratamento sabendo que o médico está concentrado em sua melhora. No método Value Based, os profissionais de saúde focam em evitar o agravamento de doenças e lesões por meio da prevenção.

Desse modo, evitam-se tantas consultas e retornos ao médico, bem como procedimentos e exames excessivos. Com uma boa saúde a longo prazo, o paciente também gasta menos com medicamentos caros e tratamentos demorados. A prevenção e o cuidado com a saúde são mais valorizados.

Para os hospitais e operadoras de saúde

Nesse modelo, a qualificação dos funcionários conta mais. Profissionais bem treinados gastam mais tempo em cada consulta para ter certeza de que estão atendendo a todas as necessidades do paciente. Uma população mais saudável aciona cada vez menos o plano de saúde.

O risco financeiro é compartilhado por todos: pacientes, hospitais, operadoras e médicos. O modelo também permitem o aumento na qualidade do serviço e podem gerar prêmios para as instituições. Há um reconhecimento dos hospitais que prestam serviço de alta qualidade por um custo menor, além da diminuição de erros médicos que resultam em danos ao paciente e às instituições.

Principais diferenças entre o atual atendimento e o Value Based Healthcare

Os modelos atuais de atendimento médico apresentam diferenças relevantes do modelo Value Based Healthcare no Brasil. Veja os principais pontos que se diferenciam:

Atendimento integrado

No modelo Value Based Healthcare se enfatiza uma abordagem coordenada liderada pelo médico principal. Além disso, os cuidados primários e especializados são integrados. Existe um compartilhamento de prontuários eletrônicos entre toda a equipe médica que cuida do caso.

O objetivo do sistema de saúde Value Based é reunir todas as informações cruciais do paciente em um único lugar para que possam ser acessadas a qualquer momento. Assim, os profissionais podem ver os resultados dos exames realizados por outros clínicos da equipe.

Atendimentos responsáveis

O atendimento responsável busca oferecer alta qualidade a um custo menor. Aqui, os colaboradores trabalham juntos para que o serviço coordenado seja o melhor possível. Todos possuem as mesmas metas e compartilham as recompensas também.

O modelo atual muitas vezes foca mais na quantidade de exames e procedimentos realizados e não na evolução do quadro de saúde. Já no novo modelo, paciente e profissional são parceiros nas decisões para que o foco esteja na melhora.

A tecnologia e a saúde no futuro

A expectativa do sistema Healthcare é que os custos passem a ser menores, enquanto o atendimento aumenta em sua qualidade. À medida que a saúde da população melhora, há menos gastos neste setor e ele se torna mais sustentável.

Para continuar se atualizando sobre as tendências na área de saúde, continue acompanhando o blog da TOTVS para encontrar artigos sobre soluções e novos conceitos em vários segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *