Carreira profissional: O que é e por onde começar?

Equipe TOTVS | 09 setembro, 2021

Iniciar a sua carreira profissional é um passo importante para o resto da sua vida — e uma decisão que pode impactar todos os próximos capítulos da sua história. Por isso, é essencial saber o que fazer e como fazer.

A perspectiva de iniciar em uma profissão é algo que deixa muitas pessoas receosas.

Qual a perspectiva de sair de uma vida de estudos para o ambiente profissional, independente do tipo?

Bom, são responsabilidades que você precisará arcar e novas habilidades — especialmente soft skills — para aprender. No entanto, é um processo evolutivo.

Seja a dona dono da padaria do seu bairro ou até mesmo um famoso ou famosa CEO no mundo, como Elon Musk ou Luiza Trajano.

Aqui, você vai entender tudo sobre uma carreira profissional: o que é, quais tipos existem (sim, existem vários!), como escolher o melhor caminho profissional, como redirecionar sua carreira e muito mais.

Tem interesse em aprender mais? Então siga a leitura aqui no blog do TOTVS!

O que é  carreira profissional?

A carreira profissional é a soma de todas as suas experiências de trabalho, bem como de graduação, qualificação e especialização em uma ou mais áreas de atuação.

Falar em carreira profissional quase sempre remete à jornada de uma pessoa em seu(s) trabalho(s) — e pode sim ser considerado exatamente isso.

Mas é verdade também que o conceito de carreira cada vez mais se transforma, produto das decisões tomadas pela pessoa profissional.

Afinal, sua carreira muito provavelmente vai influenciar cada aspecto da sua vida no futuro, especialmente quando for uma pessoa adulta.

Ou seja: quem você é, o que você pensa sobre o mundo, como você se relaciona com as pessoas, como lidera ou como é liderado, bem como você cresce como pessoa e como profissional.

Qual a diferença entre carreira e profissão?

Existe certa confusão, especialmente das pessoas mais novas, uma vez que começam a pensar na sua jornada de trabalho. Afinal, seria carreira a mesma coisa que a profissão escolhida? Bom, a resposta mais simples é que não!

Mas não se assuste, as diferenças são bem simples de compreender e, na verdade, ambos os conceitos estão relacionados.

  • Carreira: é a sua trajetória profissional, a soma de todas as experiências de trabalho, bem como de estudo e profissionalização que levaram você até determinado ponto. Está muito mais relacionada aos seus comportamentos e decisões dentro da profissão — e pode ser medida como “uma carreira de sucesso”, por exemplo.
  • Profissão: Já a profissão é o conjunto de atividades que você realiza enquanto profissional do mercado. Tem total relação com sua área de estudos, as hard skills, que você conquista na escola, faculdade ou curso profissionalizante. É baseada em uma decisão única, que leva você a construir uma carreira.

Tipos de carreira

Especialmente para pessoas recém-formadas ou quem vai entrar na faculdade agora, é interessante saber que não existe apenas um caminho para você seguir. Pelo contrário, você pode construir sua carreira de diversas maneiras.

É por isso que, entre profissionais da área de gestão do capital humano, convencionou-se alguns tipos de carreiras.

Existem modelos para todas as personalidades, vontades e sonhos. Afinal, o mercado evoluiu muito nos últimos anos e claro que adaptar-se foi o único caminho.

Entenda mais sobre os diferentes tipos de carreira possíveis hoje em dia:

Proteana

A carreira proteana (ou “multifacetada”) é um novo tipo de carreira, totalmente flexível e dinâmica, em que o profissional é quem administra sua jornada em vez da organização.

Ou seja, é uma carreira de quem não gosta de ficar preso em um único emprego e sim de experimentar — mas ainda assim escalar suas responsabilidades.

O sucesso é determinado com base nos próprios indicadores pessoais do profissional.

E claro, a responsabilidade pelo sucesso depende do indivíduo, que se envolve na aprendizagem de maneira quase autodidata e extremamente voltada ao lifelong learning.

Craft Career

O nome soa muito como se alguém descrevesse a carreira de uma pessoa artesã, certo? Mas saiba que não é! Porém, a relação existe, já que uma craft career é aquela formada por transformações.

É talvez o tipo de carreira mais flexível que existe — mas nem sempre é uma escolha.

Uma craft career é o tipo de carreira de quem se reinventa com certa periodicidade, busca novos ares (e claro, áreas) para explorar.

O termo “craft” tem relação com o trabalho manual, de um artesão ou artesã.

Nesse sentido, quem escolhe uma craft career gosta de moldá-la, exatamente como um artista moldaria uma escultura, por exemplo.

Pode até parecer um tipo de carreira com um conceito mais “poético”, nós sabemos, mas existe.

Um movimento de craft career que ficou popular recentemente foi o de pessoas em cargos executivos saindo de empresas ou agências para realizar algum trabalho manual, como carpintaria.

Sem fronteira

A carreira sem fronteiras é o que mais chega perto do que faz um nômade digital: um profissional que possui uma ocupação principal, mas a realiza de maneira digital e online, migrando de um país para outro.

Suas principais características são a mobilidade para ir e vir — normalmente não trabalham em escritórios fixos — e a flexibilidade — trabalham quando precisam.

Até por isso, é adepto de diversos tipos de trabalho, como freelancers, prestador de serviço e profissional de meio período, entre outros.

Portfólio

Já a carreira portfólio é caracterizada pela multifuncionalidade do profissional, que costuma exercer diferentes atividades.

Profissionais de fotografia são um exemplo: hoje,  podem também ser videomakers, pilotardrones, trabalhar com edição de fotos e vídeos,etc.

Multidirecional

Já a carreira multidirecional é relacionada àquele profissional que, diferentemente do colega que seguiu uma carreira tradicional, quer se envolver mais na empresa ou profissão.

Por isso, além de dominar uma área X, ele busca entender sobre a área Y e Z, que complementam sua atuação.

É o caso de profissionais da engenharia projetista que buscam explorar outros lados da sua atuação, como a venda das máquinas que ele projeta ou mesmo sua montagem no chão de fábrica.

Muitas vezes, são as próprias empresas que incentivam alguns funcionários específicos a entrarem em programas com foco multidirecional.

Assim, um colaborador do chão de fábrica pode passar alguns dias trabalhando no setor financeiro ou na área de suprimentos, por exemplo.

É uma forma de compreender como a engrenagem do negócio funciona e se tornar cada vez mais vital para os resultados da empresa.

como-montar-curriculo-estagio

Qual é o momento certo de começar a pensar na carreira?

É comum que as pessoas comecem a pensar em suas profissões “preferidas” já na infância, normalmente escolhendo algumas das áreas mais visadas: medicina, corpo de bombeiros, polícia, esportes.

Muitos diriam que não há momento certo para escolher o que você vai fazer, mas que sua carreira é uma construção de experiências.

No entanto, uma hora ou outra vai ser inevitável: é preciso escolher um caminho.

A nossa sugestão é que isso comece a ser trabalhado já na adolescência, por volta dos 14 ou 15 anos de idade.

É a idade em que a pessoa começa a se tornar mais madura e a lidar com algumas responsabilidades.

É também um período rico em aprendizagem e com inúmeras possibilidades complementares, como cursos técnicos, cursos de iniciação profissional, cursos preparatórios e etc.

E claro, trata-se de uma época que antecede a entrada na universidade. 

Uma vez que você escolha o curso preferido e passe no vestibular, já terá encaminhado e concretizado um belo ponto de partida para sua carreira!

Porém, nosso papel aqui é também pregar a cautela.

Cada vez mais profissionais estão dando “tempo ao tempo” e descobrindo suas vocações mais tarde.

Se você sente que tomar uma decisão tão cedo pode ser errado, espere. Isso pode fazer bem!

Carreira X Graduação

E agora, uma vez que nós tenhamos entendido o que é e qual a importância de seguir uma carreira profissional, como equilibrá-la com a graduação. É preciso escolher um caminho em detrimento do outro?

Vamos lá: a graduação tem importância vital para a construção e posterior consolidação da sua carreira profissional.

Além de ser a base teórica para que você se especialize em um assunto ou área de atuação, a graduação é um terreno fértil de oportunidades e networking.

Pergunte a qualquer pessoa formada o que elas mais gostaram ou aproveitaram em relação à faculdade.

Boa parte delas provavelmente vai apontar que foram as conexões que criaram, bem como as oportunidades que surgiram.

Mas é claro que, sem toda grade curricular e os anos de teoria, é muito difícil embarcar no mundo corporativo.

A graduação é como o ticket de entrada para uma área de atuação, capaz de abrir diferentes portas!

Como escolher qual carreira seguir?

Escolher uma carreira não é uma tarefa fácil — pode ser um processo que leva anos. Então, como fazer do jeito certo e escolher a melhor carreira para seu perfil?

Bom, acertar a resposta dessa pergunta pode ser equivalente a ganhar na Mega Sena, concorda?

A verdade é que a escolha da profissão e, subsequentemente, da carreira que você vai seguir é um processo que leva tempo. No entanto, talvez o mais importante passo seja o primeiro: qual direção tomar?

Afinal, você pode estar em dúvida entre duas áreas: engenharia ou TI? Publicidade ou Jornalismo? Design ou Fotografia?

Enfim, há um mundo inteiro de opções, por isso, sua tomada de decisão deve ser o mais assertiva possível.

A seguir, confira algumas dicas para mandar bem nesse processo:

Analise suas aptidões

A primeira etapa é entender em que você é bom e o que você gosta de fazer.

Há pessoas que, desde muito cedo, “levam o jeito” para diversas atividades.

Por isso que alguém com extrema facilidade em matemática pode se encaixar bem em uma área como engenharia ou programação.

Essa etapa, de entender suas preferências e aptidões, é uma forma de estreitar o funil e facilitar a tomada de decisão.

Assim, você terá menos (e melhores) opções em mãos para quando chegar a hora de escolher uma profissão.

Não se deixe levar pelas outras pessoas

Uma coisa importante nesse processo é que você deve tomar essa decisão consciente.

Não falamos exatamente “sem apoio”, pois a opinião de pessoas que você gosta, respeita e admira também deve ser levada em conta.

No entanto, não deixe que outros tomem essa decisão por você — ou que sua escolha baseie-se cegamente na experiência de outra pessoa.

É uma forma de evitar arrependimentos futuros, que podem causar grandes frustrações e levar a reviravoltas em sua vida.

Pesquise o mercado

Outro ponto essencial é que você deve sim pesquisar o mercado, as tendências e o estado atual das áreas que você gostaria de atuar.

Por exemplo: nos últimos anos, a área de TI é uma das queridinhas das pessoas que buscam áreas com enorme potencial de crescimento.

A transformação digital é um dos motivos para isso, já que está levando as empresas a adotarem cada vez mais tecnologias.

Por exemplo, segundo o SINDPD, estima-se que mais de 70 mil vagas para profissionais de TI serão abertas até 2024 no país.

Além disso, de acordo com informações divulgadas pelo portal Uol, hoje no Brasil há uma sobra de 11 a 19 mil vagas.

Entender números como esses é essencial para que você compreenda não apenas o panorama atual do seu mercado de interesse, mas as perspectivas futuras.

Tire dúvidas com outras pessoas

Lembra que falamos que era importante ainda considerar a opinião dos outros?

É porque você sempre terá dúvidas, especialmente quando quiser entrar em uma área nova.

Por isso, buscar referências de pessoas que confia é uma ótima maneira de ter uma visão calcada na realidade sobre o mercado que você se interessa.

Alinhe suas expectativas

Com todas essas informações das dicas acima em mãos, você vai ter o suficiente para compor sua própria decisão, bem como alinhar as expectativas.

É importante que você saiba de antemão que uma carreira profissional não começa lá no topo.

É uma escalada repleta de desafios, onde tanto suas responsabilidades como sua remuneração vão variar e crescer conforme você cresce.

Será que um teste vocacional funciona mesmo?

Já que falamos em direcionamentos, realizar um teste vocacional é uma forma popular de conquistar alguns insights — embora não deva ser seguida à risca.

Veja bem: há profissionais especializados, psicólogos formados, que podem fazer testes vocacionais.

De modo algum esse serviço é ineficaz, porém, como falamos anteriormente: não se deixe levar pelas opiniões de terceiros.

Nesse sentido, o teste vocacional é uma forma de afunilar as opções, facilitando sua escolha.

É possível redirecionar sua carreira?

Sim! É possível redirecionar sua carreira, embora seja um processo muitas vezes conflitante e um pouco estressante.

Dependendo do estágio profissional que você se encontre, fazer essa virada acontecer pode ser bem complicado.

Afinal, muito provavelmente você depende do seu trabalho atual, que paga a você um salário que pode sustentá-lo, bem como a uma família ou até mais pessoas.

Redirecionar a sua carreira profissional, como por exemplo montar um food truck, pode exigir bastante estudo, paciência e investimento.

Afinal, é possível que você comece do zero — semelhante ao estágio que você se encontrava quando mais jovem.

Quer mudar de carreira? Saiba por onde começar

Bom, que é possível mudar de carreira, você já sabe. Mas como dar o primeiro passo e realizar essa transição do modo mais tranquilo e bem-sucedido possível?

Para ajudar você nessa jornada, separamos algumas dicas que podem ser úteis, veja só:

Planeje-se

O planejamento é chave. Uma mudança de carreira significa o fim de muitos vínculos, relacionamentos e experiências, mas também um recomeço.

Por isso, tente não fazer desse processo algo abrupto, fruto de uma decisão instintiva.

Pelo contrário: planeje-se, entenda o mercado, compreenda a área que você quer migrar, busque por oportunidades.

É importante estabelecer uma base sólida para que você não perca muito.

Tenha uma reserva financeira

Outro ponto importante é ter uma reserva financeira.

Alguns especialistas indicam que o ideal é ter economias que sustentem você, sua família e seu estilo de vida por pelo menos 1 ano sem novas receitas.

Claro, sabemos que nem sempre é possível, mas esse é um bom objetivo para traçar, já que assegura a você esse tempo de readequação, aprendizagem e tração profissional.

Converse com profissionais que fizeram o mesmo

Uma boa forma de guiar esse processo de mudança é basear-se na opinião de  profissionais que fizeram o mesmo.

Novamente, não se trata de deixar com que os outros pautem você e sua decisão, mas sim tomar notas das experiências pessoais de outras pessoas.

É uma forma excelente de entender o que o aguarda uma vez que você fizer a mudança.

Não abra mão do networking

Por fim, encerrar uma carreira profissional significa que você terá que “deixar” seu networking de lado. Porém, não o descarte instantaneamente.

As relações que você cultivou nos últimos anos podem ser importantes para você, pessoal ou profissionalmente.

Afinal, existem oportunidades em todos os lugares e seu networking já estabelecido confia em você. Quem sabe eles não geram novas chances?

Carreiras digitais: descubra as opções em alta

A carreira digital é o caminho para muitos profissionais, dos mais novos aos mais experientes, que já identificam a necessidade de se adequarem à transformação digital.

Não se trata apenas das profissões atreladas à tecnologia, mas todo o espectro de funções que se desenvolveram nesses tempos de digitalização.

Falamos do RH, vendas, marketing, design, compras… Enfim, basicamente todas as funções relacionadas ao backoffice do negócio.

Ou seja, à sua infraestrutura administrativa.

Quer saber algumas sugestões de carreiras digitais? Confira nossos destaques:

  • UX/UI Designer;
  • Analista de Dados;
  • Especialista de DevOps;
  • Desenvolvedor Full Stack;
  • Executivo de Inside Sales;
  • Analista de Desenvolvimento;
  • Gerente de Customer Success;
  • Gerente de Infraestrutura em Cloud;
  • Especialista em Privacidade de Dados.

Carreira: Dúvidas Frequentes

Agora, antes de encerrarmos esse guia completo sobre carreira, que tal conferir algumas respostas rápidas para dúvidas frequentes relacionadas ao assunto?

O que é plano de carreira?

O plano de carreira é um planejamento de passos que vão guiar a pessoa por um caminho gradual de crescimento. Pode ser elaborado tanto pela empresa como pelo próprio indivíduo.

É normal ter indecisão no momento de escolher uma carreira?

Sim! É completamente normal ter dúvidas sobre qual carreira seguir. Por isso, recomendamos que você siga os passos: analisar suas aptidões, pesquisar o mercado, alinhar suas expectativas e não se deixar levar pelas outras pessoas.

Devo escolher a carreira pelo salário?

O salário é com certeza um dos fatores que fazem as pessoas escolherem suas carreiras. Afinal, o que é importante para você no curto, médio e longo prazo? Se o dinheiro for determinante, o salário deve ser um dos principais fatores — mas jamais se esqueça de considerar outros pontos.

Conheça as vagas da TOTVS

Que tal começar uma carreira de sucesso em uma empresa referência, líder em inovação e tecnologia no Brasil?

É esse o ambiente da TOTVS, uma empresa especializada no desenvolvimento de sistemas e tecnologias utilizados em todos os setores do mercado.

Ser TOTVER é crescer, evoluir e transformar-se, ao mesmo tempo que você ajuda mais de 40 mil clientes!

Confira as diferentes vagas abertas estamos de braços abertos para receber você como TOTVER.

E então, vamos lá? É só acessar nossa página de oportunidades!

Conclusão 

E aí, gostou de aprender tudo sobre uma carreira profissional, do conceito até as dicas práticas que podem ajudar você a encontrar sua vocação?

Esperamos que esse conteúdo auxilie você em sua jornada, bem como facilite seu processo de tomada de decisão.

Sabemos que esse pode ser um processo complicado — e que o primeiro passo é um dos mais importantes.

Mas lembre-se: calma, pesquisa e muita análise de cenário fazem parte dessa jornada. Então tome sua decisão em seu tempo!

E agora, que tal aprender ainda mais o mercado, como conduzir e gerenciar sua carreira? Continue de olho em nosso blog!

Artigos Relacionados

Deixe aqui seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.