Rota sem rodízio: veja como encontrar caminhos alternativos

Equipe TOTVS | 26 abril, 2022

Está em busca de encontrar uma rota sem rodízio para sua frota? 

O rodízio de veículos é uma estratégia necessária em algumas cidades do mundo, e no Brasil ela já foi implementada em São Paulo.

Sua ideia é proporcionar mobilidade e melhorar as condições do trânsito diante do alto volume de carros circulando pela cidade. 

Apesar dos benefícios para todos nós, a existência de um mapa de rodízio em uma cidade representa um desafio para o gestor de frotas. 

E se um de seus caminhões tiver que realizar uma entrega dentro do período de rodízio, em uma zona na cidade em que ele é aplicado?

Diante deste cenário, explicamos o que é e como funciona o rodízio de veículos, os veículos isentos, como fazer uma rota sem rodízio e outros assuntos!

Vamos lá?

Afinal, o que é o rodízio de veículos?

O rodízio de veículos é um programa de restrição ao trânsito de veículos automotores em área delimitada pela Prefeitura de determinado município, que tem como objetivo a melhoria das condições do trânsito, 

Essa estratégia de restrição passou a ser aplicada em algumas cidades ao redor do mundo, como Cidade do México, Santiago (Chile), Bogotá, Quito e São Paulo. 

Ela foi criada para reduzir o trânsito em determinados pontos da cidade, melhorando as condições de fluxo nas vias mais movimentadas, e minimizar a poluição atmosférica provocada pelos veículos.

Como funciona o rodízio de veículos?

Antes de saber como fugir do rodízio, precisamos entender como ele funciona em São Paulo.

De segunda à sexta-feira, exceto feriados, entre 7h e 10h, e entre 17h e 20h, os veículos com determinadas placas não podem circular no chamado Centro Expandido. Veja:

  • Segundas-feiras: veículos com placas com final 1 e 2 não podem transitar;
  • Terças-feiras: placas com final 3 e 4;
  • Quartas-feiras: placas com final 5 e 6;
  • Quintas-feiras: placas com final 7 e 8;
  • Sextas-feiras: placas com final 9 e 0.

O Centro Expandido envolve as marginais do Rio Tietê e do Rio Pinheiros, o Complexo Viário Maria Maluf, o Viaduto Grande São Paulo e algumas avenidas.

“E se meu caminhão tiver uma placa do município de Blumenau? Ele precisa obedecer ao rodízio?”. Sim. O rodízio vale para todos os veículos que transitam em São Paulo, independentemente da origem.

Para ver o mapa de rodízio e conhecer outras regras do funcionamento do rodízio de veículos de São Paulo, consulte o site da Prefeitura da Cidade de São Paulo e da Companhia de Engenharia de Tráfego.

Em quais cidades do Brasil o sistema de rodízio foi implementado?

A única cidade que implementou o sistema de rodízio de veículos no Brasil foi São Paulo. 

Quais veículos são isentos de rodízio?

Os veículos isentos de rodízio estão previstos no artigo 3º, do Decreto 58.584/18. Veja alguns exemplos a seguir:

  • Táxis;
  • Correios;
  • Guinchos;
  • Coleta de lixo;
  • Escolta armada;
  • Forças Armadas;
  • Serviço funerário
  • Transporte escolar;
  • Transporte de valores;
  • Veículos penitenciários;
  • Motocicletas e similares;
  • Transporte coletivo e de lotação;
  • Serviço de fiscalização, sinalização e apoio ao trânsito;
  • Corpo diplomático, corpo consular, organismos internacionais;
  • Ambulâncias, policiamento, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil;
  • Veículos movidos por energia de propulsão elétrica, a hidrogênio ou híbridos;
  • Pessoas com deficiência com comprometimento de mobilidade ou tratamento debilitante de doença grave;
  • Obras e serviços essenciais de energia elétrica, redes de água/esgoto, telecomunicações e gás canalizado, e outros veículos.

Se formos resumir, quais veículos são isentos de rodízio? Aqueles relacionados a serviços públicos essenciais e de pessoas com deficiência.

Portanto, os caminhões das frotas de empresas de varejo, distribuidoras e outras atividades entram no rodízio de veículos.

Por isso, é importante entender como ele pode impactar no funcionamento da sua frota e, na sequência, aprender como traçar rota sem rodízio.

Como o sistema de rodízio pode impactar o funcionamento da sua frota?

Imagine que Ivan, o motorista mais experiente da sua frota quando o assunto é dirigir na região Nordeste, precisa cobrir um colega e fazer uma entrega em São Paulo.

Ivan, com seu caminhão de placa GOT 3233, deverá entregar a carga na terça-feira nos arredores da Marginal Tietê. Ele é experiente o suficiente para saber que seu veículo não pode trafegar no local.

Neste contexto, você, gestor da frota, possui 3 horários para entregar a carga: 

  • até 7h;
  • entre 10h01 e 16h59;
  • após 20h.

Essa é uma situação que retrata um impacto do sistema de rodízio na gestão dos seus veículos. Será preciso muito planejamento para que essa entrega seja feita, especialmente se o cliente possuir uma restrição de horário para recebê-la.

Além disso, há uma questão importante que deve ser considerada no rodízio: a imagem da sua empresa.

Se você não respeitar o sistema de rodízio, sua marca pode ser mal vista no mercado. Isso porque os objetivos da estratégia é trazer benefícios para a população quanto ao trânsito e à sustentabilidade. 

A empresa será vista como uma infratora e como uma organização que não se importa com o bem comum.

Outro impacto importante é a possibilidade de multa.

Multas

E se Ivan fosse um motorista inexperiente que não tivesse apoio do gestor de frotas? Ele entraria na Marginal Tietê no dia de restrição e tomaria uma multa.

A multa relativa à direção de veículo em horários e vias não permitidos é uma infração média, que desconta 4 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), conforme artigo 187 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Por este motivo, uma das atividades do gestor de frotas é aprender como fugir do rodízio de carros e traçar uma rota sem rodízio.

Pensando nisso, como fazer uma rota sem rodízio? Como fugir do rodízio de carros?

Como fazer rota sem rodízio?

Para fazer uma rota sem rodízio, o motorista pode utilizar a tecnologia a seu favor. Como configurar rodízio no Google Maps? Como evitar rodízio com Waze? 

Essas são duas possibilidades, mas, se por algum motivo, o celular descarregar a bateria, o motorista saberá como fugir do rodízio?

Sim, basta se basear no horário de trânsito limitado e na placa do veículo. Vamos começar com essa dica!

Rota sem rodízio com base no horário e nas placas

Existe um mapa de rodízio para orientar os motoristas sobre os locais onde ele é aplicado, certo? 

De igual maneira, existe o horário em que o rodízio é aplicado. Em São Paulo, ele vale de 7h às 10h, e de 17h às 20h.

Além disso, há restrição para a placa do seu veículo apenas 1 dia por semana.

Portanto, para fazer uma rota sem rodízio, planeje-se para se locomover em dias em que não há restrição ou nos horários alternativos em que o rodízio não se aplica.

No entanto, quando isso não é possível, utilizar um aplicativo para fugir do rodízio é uma boa solução.

Rota sem rodízio pelo Waze

Como colocar rota sem rodízio no Waze? Esse aplicativo para fugir do rodízio é bastante popular devido às suas atualizações constantes sobre o tráfego de veículos.

De fato, se você dirige em São Paulo, é uma ferramenta interessante para saber sobre acidentes, radares e congestionamento.

E você sabe como evitar rodízio no Waze? Isso também é possível, veja os passos a seguir!

Passo 1: cadastre a placa do seu veículo

  1. Abra o aplicativo, selecione “Buscar”;
  2. Aperte o ícone de engrenagem (abrir configurações);
  3. Aperte “Detalhes do carro” e, na seguida, “Preferências de direção”;
  4. Clique em “Placa do veículo”, insira os dois números finais da placa e clique em “Salvar”. 

Passo 2: trace a sua rota

Após inserir sua placa, você pode utilizar o aplicativo para fugir do rodízio. Basta traçar a sua rota que ele retornará com rotas alternativas se seu veículo estiver dentro das restrições.

Apesar de ser um recurso interessante, vale ficar atento às falhas que o aplicativo aparenta ter. O Waze rodízio não funciona em alguns momentos.

Há relatos em sites, como o Reclame Aqui, de usuários que utilizaram o aplicativo para fugir do rodízio e receberam multas por trafegar em área delimitada.

Após aprender como evitar rodízio no Waze, vamos ver como configurar rodízio no Google Maps.

Rota sem rodízio no Google Maps

Você sabe como ativar a área de rodízio no Maps? Os passos são bem semelhantes ao Waze. Veja como evitar rodízio pelo Google Maps!

Passo 1: cadastre a placa do seu veículo

  1. Abra o aplicativo e toque no ícone de sua conta do Google (canto superior direito da tela).
  2. Selecione “Configurações”.
  3. Aperte “Configurações de navegação”.
  4. Selecione “Evite multas de rodízio”.
  5. Toque em “Salvar seu dia de rodízio” e informe o dia de seu rodízio e o final de sua placa.
  6. Finalize em “Salvar”.

O interessante ao aprender como configurar rodízio no Google Maps é que o aplicativo já mostra os finais de placa relativos ao dia da semana.

Esse é mais um aplicativo para fugir do rodízio.

No entanto, fica um alerta sobre evitar rodízio no Google Maps: alguns usuários relatam problemas no aplicativo relativos ao horário.

Aparentemente, o Google Maps considera que o rodízio é aplicável àquela placa durante todo o dia, e não somente no horário do rodízio. 

Ou seja, se o usuário sai após 10 horas da manhã, quando já não se aplica o rodízio, ele verá uma rota que contorna a área delimitada, o que leva a erros .

Passo 2: trace a sua rota

Após aprender como cadastrar uma placa no Google Maps, basta traçar sua rota que o aplicativo retornará com um caminho possível.

E será que existe outra maneira de aprender como fugir do rodízio? Tirando os aplicativos, como fazer rota sem rodízio? Com um roteirizador!

Como um roteirizador pode ajudar a criar rotas sem rodízio na sua frota?

Você já sabe que a roteirização é o processo de definir trajetos. Seu principal objetivo é reduzir o tempo de trânsito, os custos operacionais logísticos e a distância percorrida.

Em uma operação comercial, o gestor da frota deve ficar atento às demandas específicas, como a proibição de trânsito de caminhões em determinadas vias e o rodízio.

Diante desses detalhes, usar um aplicativo para fugir do rodízio nem sempre será eficiente, porque eles foram desenvolvidos para o público comum. 

Assim, é fundamental optar por uma ferramenta mais completa e complexa, que contemple motoristas profissionais, como é o caso do roteirizador.

Com um planejador de rotas, o gestor de frota consegue traçar os melhores trajetos para suas demandas, considerando rodízios e congestionamentos.

Se a solução obtiver dados de trânsito por meio de tecnologia de satélites, melhor ainda! Dessa forma, o gestor saberá como fugir do rodízio ao mesmo tempo em que otimiza as rotas.

Por fim, é possível utilizar o roteirizador para criar um calendário de entregas que evita as multas provocadas por restrição de horário para circulação de caminhões e rodízio. 

Viu como é simples traçar uma rota sem rodízio com um roteirizador? Conheça então o TOTVS Planejamento de Rotas!

TOTVS Planejamento de Rotas

O TOTVS Planejamento de Rotas é um software que ajuda sua organização a roteirizar, planejar e otimizar rotas logísticas. 

Essa tecnologia torna o processo de roteirização mais ágil, reduzindo custos logísticos das entregas e tornando a operação mais eficiente.

Veja um rápido vídeo explicativo sobre o TOTVS Planejamento de Rotas:

O software considera muitos detalhes que podem interferir na sua logística, como o custo total dos pedágios e outras questões.

Portanto, é essencial para o gestor de frotas que busca uma solução para aprimorar a gestão de entregas.

Conheça mais sobre o TOTVS Planejamento de Rotas e experimente grátis a ferramenta!

Nova call to action

Conclusão

Encontrar uma rota sem rodízio para sua frota é uma maneira de evitar os impactos negativos que essa estratégia provoca em sua gestão logística.

Mesmo assim, o empresário deve se atentar às regras de funcionamento desse sistema, pois eventualmente precisará realizar entregas nos dias de restrição.

O uso de um software de roteirização completo é imprescindível para otimizar as rotas logísticas, favorecendo seus indicadores e melhorando resultados.

Conte com a TOTVS para ter as melhores soluções para sua empresa!

Continue acompanhando o blog da TOTVS e não deixe de assinar a newsletter!

Artigos Relacionados

Deixe aqui seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.