Inadimplência escolar: Como combater nas instituições?

Equipe TOTVS | GESTÃO PARA INSTITUIÇÕES DE ENSINO | 20 outubro, 2020

Quando falamos das instituição de ensino, estamos nos referindo a empresas que dependem de sua receita para aprimorar seus processos e levar os melhores serviços aos seus clientes, como ensino de qualidade aos alunos. Dessa maneira, a inadimplência escolar pode ser um complicador.

É importante que as escolas e faculdades saibam lidar e resolver esse problema de maneira eficiente para ambas as partes. Mas você sabe, de fato, quais são as causas, as consequências e dicas para minimizar a inadimplência? É sobre isso que iremos tratar neste artigo.

Principais causas da inadimplência escolar

A gestão financeira escolar, por parte do aluno ou de seus responsáveis, pode ser um dos protagonistas da inadimplência. A má organização, ou perda de rendimentos familiares podem ser um desafio para os pagamentos em dia, mas a raiz da causa também pode estar ligada à própria instituição.

Políticas de cobrança ineficientes ou comunicação descentralizada podem gerar ruídos na relação entre escola e aluno. Dessa maneira, é essencial contar com abordagens que garantam a satisfação de ambas as partes e evitem a evasão escolar.

Nova call to action

Prejuízos gerados pela inadimplência escolar

Os recursos financeiros são inerentes às instituições de ensino, que conta com o pagamento da mensalidade escolar basicamente como a única fonte de renda para investimentos, manutenções e, claro, lucro.

Dessa maneira, a gestão escolar deve ser estratégica, com um planejamento financeiro detalhado, que seja capaz de levantar orçamentos e definir metas para o ano letivo, que pode ser comprometido pelo atraso ou não pagamento de mensalidades.

Inovações tecnológicas, plataformas digitais, reciclagens de metodologias, reajuste de salários, capacitação e atualização de professores… Tudo isso pode ficar pelo caminho em casos de inadimplência. Outro ponto afetado é o relacionamento entre alunos e instituição, o que pode impactar negativamente no aproveitamento e no rendimento escolar.

A inadimplência traz consequências não só para a própria escola, que, em casos extremos, pode até fechar suas portas, como para o próprio estudante, uma vez que o universo e o círculo social estabelecido podem ser deixados para trás, provocando desconforto e dificuldades de adaptação.

Quando os pais e responsáveis do aluno ficam devendo mensalidades, eles acabam acumulando dívidas, já que cobranças em atraso se somam a juros e multas. O não pagamento representa, inclusive, um problema sério para as famílias que estão com o orçamento comprometido.

Como reduzir a inadimplência escolar?

Ao se deparar com um caso de inadimplência escolar, o que fazer? É importante dar atenção a alguns pontos específicos, para minimizar os impactos e resolver problemas de forma que todos saiam ganhando. Confira as principais dicas.

Comunicação

Com a transformação digital, é comum que pais e alunos sejam ativos nos meios virtuais. Por isso, certifique-se de estabelecer diferentes canais de comunicação, que abarquem a preferência de cada um, e garanta que as cobranças sejam recebidas e visualizadas.

Portais institucionais são uma ótima opção, assim como e-mail, lembretes enviados por meio de mensagens de celular e a própria cobrança tradicional, via correio ou contato telefônico. É fundamental não ficar preso a somente um canal, para evitar possíveis atrasos.

Condições de pagamento

Também é importante definir regras, políticas de pagamento e negociação de dívidas. No momento em que o contrato é firmado ou nas rematrículas, os valores e formas de pagamento devem estar claros.

Explique em detalhes as datas de vencimento, as taxas de juros em casos de atraso e as formas de acordos que podem ser feitos no acúmulo de pagamentos atrasados. Dessa forma, o aluno e sua família podem realizar um planejamento mais seguro, prevendo possíveis cenários.

Outra estratégia válida é criar descontos de adimplência, quem cumpre todas as suas obrigações, oferecendo recompensas para pais e alunos que fazem pagamentos em dia ou com antecedência, como redução do valor de rematrícula, por exemplo.

Padrão de cobrança

Cobranças referentes a atrasos devem ser feitas com eficiência. É importante, porém, que essa rotina seja padronizada, de acordo com o perfil de alunos, tempo de inadimplência e valores da dívida somada.

Procure definir, junto aos responsáveis, qual o principal motivo do não-pagamento e preze pela discrição, orientando os profissionais a jamais expor inadimplência escolar e sua cobrança em sala de aula ou na frente de colegas e professores.

Automatização de tarefas

Contar com a tecnologia é fundamental para agilizar e controlar cobranças e informações sobre a inadimplência escolar. Com a implementação de um sistema de gestão, é possível gerar e enviar boletos automaticamente, inclusive com mensalidades atrasadas, descomplicando e desburocratizando o pagamento.

Com um software educacional, todos os dados sobre a instituição e seus alunos ficam centralizados em uma única plataforma, detalhe importante para enviar e receber documentos eletrônicos, contas a pagar e receber, planejamento anual, lançamentos de notas, rendimento dos alunos e, claro, situação dos pagamentos, pontos que impactam diretamente o índice de retenção escolar.

TOTVS: parceira do segmento educacional

Neste conteúdo, apresentamos as principais causas da inadimplência escolar, os desdobramentos negativos que pode causar nas instituições e nos alunos, e trouxemos dicas que ajudam a reduzir esse índice, melhorando a relação dos envolvidos.

A TOTVS é referência em inovação e desenvolvimento. Consolidada como a maior empresa de tecnologia do país, acreditamos no Brasil que faz. Nossos sistemas se encaixam nas demandas de escolas e faculdades de todos os portes, otimizando processos e trazendo qualidade ao ensino e sua administração.
Se você gostou do artigo e quer saber mais sobre o assunto, confira como o ERP educacional proporciona o controle total da sua instituição. Não deixe de continuar acompanhando o blog da TOTVS e assinar a newsletter, para não perder nenhuma novidade.

Nova call to action

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.