O que é educação inclusiva e qual a sua importância?

Equipe TOTVS | GESTÃO PARA INSTITUIÇÕES DE ENSINO | 17 setembro, 2020

Aprender, desenvolver suas capacidades e ser incluído, de fato, na sociedade é um direito de todos. Dentro desse contexto, a educação inclusiva atua transformando a escola em um espaço de integração entre o ensino regular e o ensino especial.

Esse formato acolhe todos os alunos, oferecendo suportes distintos e personalizados para crianças e jovens que têm barreiras de aprendizagem por serem portadores de necessidades especiais. Confira abaixo o que é escola inclusiva, sua importância e também seus desafios.

O que é educação inclusiva?

Para explicarmos o que é educação inclusiva, é necessário diferenciá-la da educação especial. Enquanto a primeira é uma modalidade de ensino em que todas as pessoas participam da escolarização, como uma forma de processo social de inclusão, a segunda é um modelo que compreende desenvolver as habilidades das pessoas com deficiência.

Ou seja, a educação especial é incluída dentro da escola regular, transformando-a em um espaço de convívio entre todos, considerando que qualquer aluno pode vir a ter necessidades especiais em seu processo de aprendizado.

Dentro desse conceito, portanto, uma escola regular deve passar por adaptações, para que possa receber, com a atenção e os cuidados necessários, alunos com deficiências. Por isso, é preciso ter apoios especializados e utilização de recursos, tornando esse processo realmente mais inclusivo.

Qual a importância da educação inclusiva?

A educação inclusiva é importante porque, diferentemente da educação especial, ela não separa o aluno do convívio e aprendizado dos estudantes de uma escola regular, permitindo que ele se desenvolva como parte integrante da sociedade. 

Ao mesmo tempo, a escola oferece todo o suporte necessário em suas particularidades, como em uma escola especial. É, portanto, uma integração entre os dois tipos de ensino, se mostrado benéfica para os alunos que frequentam instituições com tais características.

Há também a percepção de que a convivência na diversidade contribui para que todos os alunos se desenvolvam sem que haja discriminação entre eles. Essa igualdade de oportunidade é, inclusive, pautada na Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência da Organização das Nações Unidas, que foi ratificada no Brasil em 2006.

Quais os desafios da educação inclusiva?

Um dos grandes desafios da educação inclusiva é ter materiais, espaços e pessoas capacitadas para atender a uma demanda que exige diversidade e maior atenção no dia a dia. Apenas dessa forma é possível suprir as necessidades de cada aluno com o respeito e a atenção exigidos. 

Dentro dessa política de inclusão escolar, se faz necessário ter, por exemplo, salas multifuncionais, sistemas educacionais inclusivos e professores capacitados com o AEE (Atendimento Educacional Especializado). Confira alguns desses pontos:

  • Ter uma formação docente capacitada, como dito acima, com o AEE, estimulando que os professores façam cursos e se aprimorem profissionalmente;
  • Promover diálogos entre as famílias dos alunos, funcionários e docentes da instituição e também os alunos, valorizando o convívio mútuo e o respeito entre todos;
  • Ter tecnologias assistivas que facilitem a inclusão dos alunos, como, por exemplo, teclado virtual, head mouse e máquinas de escrever em braile;
  • Propor um projeto político-pedagógico inclusivo, que inclua espaços acolhedores de aprendizagem e planos de desenvolvimento individuais dos alunos,
  • Promover a flexibilização do currículo para que os estudantes se desenvolvam de acordo com suas necessidades e avanços.

O que é AEE e qual a sua função na educação inclusiva?

O AEE é um serviço que visa eliminar barreiras que obstruem o processo de aprendizagem de estudantes com deficiência, altas habilidades ou superdotação, e que tenham transtornos globais de desenvolvimento.

Por meio da PNEEI (Política Nacional de Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva), criada pelo Ministério da Educação em 2008, responsável pelas diretrizes da AEE, estabelece alguns objetivos do serviço:

  • Identificar as necessidades de alunos contemplados pelo serviço;
  • Desenvolver um plano de atuação que proponha soluções e serviços  com acesso ao conhecimento;
  • Adquirir ou produzir materiais acessíveis, que permitam o desenvolvimento de cada aluno;
  • Mapear e adquirir materiais de apoio variados, como softwares, recursos, móveis, equipamentos tecnológicos, recursos ópticos e visuais, dicionários e outros;
  • Capacitar e promover orientações a professores do ensino regular;
  • Estimular os responsáveis dos alunos a utilizar os materiais e recursos disponibilizados para seu aprendizado,
  • Promover e acompanhar o uso dos materiais na sala de aula do ensino regular.

Dentre os pontos citados, a capacitação dos professores é fundamental nesse processo. Dentre as necessidades estão a compreensão e o uso da língua de sinais, planos de desenvolvimento individual, conhecimento dos casos de cada aluno e promoção da integração entre os estudantes.

Como a gestão escolar pode atuar na educação inclusiva?

A gestão escolar que atua com educação inclusiva deve estar em constante aprendizado. Novas abordagens, investimento em equipamentos e tecnologias, corpo docente capacitado e relação de troca de informações com as famílias dos alunos são alguns pontos que devem ser estruturados nesse processo.

Dessa forma, a escola consegue traçar estratégias pedagógicas que atendam às necessidades de seus alunos, conquistando o objetivo principal, que é a formação de conhecimento em diversas escalas educacionais.

Nova call to action

Leia mais sobre educação 

Neste conteúdo, você aprendeu o que é educação inclusiva e os desafios que enfrenta nas escolas. Viu também o que é AEE e como esse serviço é importante na implementação desse modelo de ensino em uma instituição.

A TOTVS é a maior empresa de tecnologia do país, com sistemas e softwares que se encaixam nos mais diversos segmentos de mercado, seja em pequenas, médias e grandes empresas. 

Se Você gostou desse conteúdo, confira também nosso artigo sobre captação de alunos. Para ficar por dentro de todos os assuntos que mais te interessas, continue acompanhando o blog, e não se esqueça de assinar nossa newsletter!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.