O vilão do agronegócio

Equipe TOTVS | Biblioteca | Uncategorized | 01 outubro, 2018

Que o agronegócio representa o melhor desempenho do PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil já sabemos, porém, as grandes peculiaridades do setor fazem com que o agronegócio seja um segmento de risco, principalmente pelos fatores externos como: clima, política e fatores econômicos, que podem favorecer ou também prejudicar o produtor.

Além dos fatores externos, existem outros desafios na agroindústria. Conheça cada um deles:

 

  • Sazonalidade da produção: os principais cultivos dependem de safras, ou seja, a colheita daquela matéria-prima. Florestas, por exemplo, demoram em média 7 anos para que seja feita a colheita da madeira para os devidos fins. Já frutas, são produzidas apenas em pequenas épocas do ano. Em qualquer cultura, é necessário controlar os custos para que os riscos externos não danifiquem todo investimento destinado ao cultivo.

 

  • Variedades da qualidade: grande parte das agroindústrias trabalha com produtos perecíveis que não podem ser estocados e devem ser transformados rapidamente após a colheita ou tão logo chegue à instalação industrial.

 

  • Períodos de consumo: estão sujeitas a importantes variações de demanda segundo datas específicas ou segundo as variações climáticas ligadas às estações do ano, o impacto destas variações de demanda no planejamento e no controle da produção agroindustrial é extremamente importante e afeta os agricultores.

 

  • Tecnologias de informação (TI): podem afetar de forma substancial a gestão dos negócios agroindustriais. Além de facilitar a busca, acesso, armazenamento e disseminação de informações, as modernas tecnologias devem cada vez mais servir como instrumento de comunicação e coordenação entre os agentes de um dado sistema agroindustrial.

 

É evidente que em todos esses panoramas ter um bom planejamento é a solução, e a falta de dele pode ser o grande vilão da agricultura. Esse planejamento vai desde simular possíveis cenários até buscar informações das safras anteriores para que a colheita aconteça como planejada. Um grande aliado para esses processos é a tecnologia de informações, ou seja softwares especializados que garantam que desde o planejamento todas as ações sejam executadas.

 

Para a TOTVS, o planejamento agrícola é chave para o sucesso do agronegócio, nele está o essencial para o negócio florescer e colher frutos saudáveis, produzindo matéria-prima de qualidade para geração de produtos ou mesmo consumo direto.

 

O software PIMS MC que administra toda cadeia produtiva de cultivos como: frutas, grãos, algodão, café, florestas entre outros, possibilita apontamentos das atividades agrícolas, ou seja, informações que são usadas no dia-a-dia da fazenda, de forma rápida para que o produtor tenha mais produtividade.

 

A nova forma de adicionar informações do campo no PIMS MC, permite ao produtor personalizar os apontamentos de atividades tudo em uma única tela: mecanizadas, insumos, produção, plantio e atividades manuais.

 

  • Personalização: cria-se modelos de apontamentos ideais para atender a necessidade do dia-a-dia do agricultor;

  • Evita repetição de dados: como por exemplo: horas dos equipamentos no apontamento de mecanizadas e a área no apontamento de produção para operações que não envolvem insumo;

  • Pagamentos unificados: em pagamento de terceiros pode ser utilizado para pagar os prestadores de serviços que foram digitados no apontamento agrícola;

  • Segurança: configura quais tipos/grupos de usuários terão direito de acesso ao tipo de apontamento agrícola;

  • Localizar informações: a busca do registro é mais rápida e assertiva, onde o usuário pode definir vários critérios para recuperar o apontamento desejado;

o vilão do agronegocio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.