A importância do controle de manutenção de veículos

Equipe TOTVS | GESTÃO DE SERVIÇOS | 07 setembro, 2020

Quando a frota de veículos é a principal fonte de lucros de uma empresa, é preciso garantir que ela seja devidamente cuidada. Nesse sentido, é essencial que a companhia conte com um bom controle de manutenção de veículos.

Esse controle permite identificar possíveis falhas nos veículos, que podem prejudicar seu funcionamento e acarretar prejuízos para a empresa. Por isso, neste artigo, explicaremos mais sobre o assunto e abordaremos as vantagens de investir no controle de manutenção de veículos.

O que é controle de manutenção de veículos?

Podemos entender o controle de manutenção de frota como a gestão das manutenções que são feitas nos veículos pertencentes à empresa. Portanto, o gestor precisa estar ciente da frequência com que esse procedimento é realizado, além de controlar os tipos de manutenções.

Esse é um processo muito importante, principalmente tratando-se de uma companhia responsável pelo transporte de pessoas. Isso porque qualquer falha que o veículo apresentar durante uma viagem pode acarretar problemas graves. Portanto, é preciso que haja um monitoramento constante da frota.

Nova call to action

Principais tipos de manutenção

A manutenção de veículos não envolve somente consertar algo que está apresentando falhas. Muito pelo contrário, é preciso estar sempre atento a todos os tipos de cuidados que veículos de transporte de passageiros exigem.

Por esse motivo, é importante sempre se manter informado sobre os tipos de manutenção que existem e que precisam ser realizadas na sua frota. Confira a seguir:

Manutenção preventiva

A manutenção preventiva deve seguir o calendário determinado no manual da marca do veículo. Nesse processo, pode ser necessário a troca de alguns componentes ou fazer ajustes, inspeções, entre outras verificações. 

Esse tipo de manutenção evita que as falhas aconteçam, o que também contribui para a duração dos componentes do veículo, como a vida útil de bateria de carro. Além disso, ao manter a regularidade das manutenções preventivas, é possível reduzir custos operacionais.

Manutenção preditiva

Já no caso da manutenção preditiva, é feito um estudo das peças e dos veículos de modo geral para que seja possível determinar e prever seu tempo de vida útil. Tal processo é essencial para as frotas, uma vez que, com ele, estipula-se em quanto tempo um veículo específico poderá ser utilizado.

Assim, é possível fazer um melhor aproveitamento desse tempo, evitando custos com desmontagens dispensáveis e com as manutenções corretivas. Portanto, essa também pode ser uma forma de reduzir custos com a manutenção de frota.

Manutenção corretiva

Quando há desgaste nas peças ou nos veículos como um todo, a manutenção corretiva é necessária. Nessas situações, geralmente, é preciso que seja feita a troca das peças e outros tipos de reparos — como no caso de danos da lataria.

É basicamente a manutenção responsável por corrigir os problemas apresentados na frota e que exigem um reparo imediato. Portanto, o problema já está no veículo e não foi detectado anteriormente, ou foi resultado de algum tipo de acidente.

Manutenção detectiva

Por fim, a manutenção detectiva atua garantindo a segurança e também o bom funcionamento da frota. Nesse tipo, é preciso testar os veículos para estudar seu uso a longo prazo, certificando-se de que tenham um bom desempenho. 

Ela também serve para identificar falhas ocultas, que poderiam ser responsáveis pelo aparecimento de avarias no futuro. Para isso, é preciso testar os ônibus em funcionamento com a frequência indicada conforme o ano e o modelo. Essa manutenção também contribui para alongar sua vida útil.

Impactos do controle de manutenção de veículos

Como vimos, são muitos os tipos de manutenção que precisam ser feitas na frota, mas todas elas são necessárias para garantir que os veículos estejam em perfeito estado. Veja a seguir as principais vantagens do controle de manutenção de veículos:

Redução de falhas

Um dos principais benefícios do controle de manutenção de veículos é, com certeza, a considerável redução das falhas mecânicas. Esse tipo de problema, caso não seja detectado com antecedência, pode causar diversos prejuízos, como a falta de veículos para as viagens e os acidentes.

Maior conservação da frota

Principalmente no caso da manutenção preventiva, é possível evitar que a frota da prestadora de serviço de transporte se desgaste com mais rapidez devido ao tempo de uso. Dessa forma, a companhia poderá utilizar os veículos por mais tempo, evitando gastos com a compra de novos. Além, é claro, de garantir viagens seguras e confortáveis aos passageiros.

Menor queima de combustível

Outra vantagem que nem sempre é observada é a economia de combustível. Isso porque, ao fazer a manutenção da frota, é possível identificar falhas que acarretam um maior consumo de combustível. Esse problema pode, inclusive, causar mais danos ao meio ambiente, por isso, é muito importante preveni-lo.

Como a tecnologia pode ajudar na gestão de manutenção de veículos?

Neste artigo, foi possível entender os diversos tipos de manutenção de frota e sua importância para a empresa. E, para facilitar ainda mais esse processo de gestão de frota, você pode contar com a tecnologia de telemetria veicular. Essa inovação permite obter informações de um veículo de forma remota.

Assim, é possível monitorar a velocidade média e instantânea, a distância percorrida, a localização, entre outros fatores. Saiba mais sobre a telemetria veicular e as vantagens de implementá-la!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.