O que é carga a granel e quais são seus tipos?

Equipe TOTVS | GESTÃO LOGÍSTICA | 01 dezembro, 2020

A carga a granel consiste em mercadorias transportadas em sacas, caixas, fardos, tambores, engradados, etc. Ou seja, são itens que geralmente transitam em grande quantidade ou se tratam de veículos ou equipamentos industriais, por exemplo.

Na gestão logística, os produtos a granel representam um ponto de atenção para o sucesso da operação. Se você quer entender melhor o que é esse conceito e suas características, continue com a leitura do artigo e saiba mais.

O que é carga a granel?

Para entendermos o que é carga a granel, devemos entender que se trata de qualquer produto que possa vir sem uma embalagem individual e necessite de serviços de estivagem antes de seu transporte.

A carga a granel se relaciona com produtos transportados em grande quantidade, na maioria das vezes em seu estado bruto, enviados em navios, containers ou caminhões específicos para sua natureza.

Entre alguns exemplos desses produtos, os mais comuns são itens do cultivo agrícola, como sacas de grãos, frutas, legumes, verduras e até mesmo animais vivos. Também entram materiais industriais, como madeira, ferro, pedras e até equipamentos maiores, como máquinas e veículos.

O transporte de produtos e mercadorias movimenta as cadeias produtivas de consumo e representa um grande diferencial para a economia. Dentro desse segmento, porém, há mais de um tipo de carga. Vamos conhecê-los a seguir.

Nova call to action

Tipos de carga a granel

Você sabia que o transporte a granel pode se distinguir em duas categorias? Elas são carga a granel sólida e líquida. Confira a seguir as características de cada uma e saiba como adaptar sua gestão.

Carga a granel sólida

Esse tipo trata do transporte de carga com produtos sólidos, em sua maioria insumos que podem ser medidos por quilogramas. Nessa categoria se encaixam muitas mercadorias, como:

  • Milho;
  • Soja;
  • Café;
  • Trigo;
  • Feijão; 
  • Carne,
  • Basicamente todos os produtos de origem agrícola.

Vale lembrar que os minerais também se enquadram nesse segmento, como carga seca a granel, elencando minério de ferro, bauxita, manganês, etc. 

Carga a granel líquida

A carga a granel líquida se trata de produtos como água, combustível (petróleo, diesel, etanol e gasolina), óleos vegetais e sucos, por exemplo — uns dos itens de maior expressão na exportação brasileira.

O transporte de carga líquida a granel é feito, em suma, por tanques ou cisternas, também chamados de caminhões-tanque, que devem contar com uma segurança reforçada, principalmente no trajeto com produtos químicos.

Como é feito o transporte?

No Brasil, o transporte rodoviário de cargas é o que prevalece, seja na carga a granel sólida ou líquida. A cabotagem também pode ser uma boa opção, pela grande quantidade de canais fluviais pelo país, seja pela costa litorânea, rios e lagos.

Em relação aos custos logísticos, a opção de transporte por terra se destaca pela entrega feita ao consumidor final diretamente, uma vez que não é necessária a contratação de terceiros para a retirada de cargas em portos e ferrovias para sua entrega.

Outro diferencial é a possibilidade de embarque e desembarque em locais remotos. Os transportes aéreo e ferroviário, por exemplo, não conseguem atingir o território nacional, caracterizado por suas dimensões continentais, enquanto caminhões são eficientes na tarefa, sendo essenciais para a distribuição das commodities agrícolas.

Otimize sua gestão logística

Ao longo deste conteúdo, explicamos o conceito da carga a granel. Mostramos e exemplificamos o que é, de fato, e abordamos também seus tipos, que podem se diferenciar entre mercadorias sólidas e líquidas, que recebem formas de distribuição distintas.

Falamos também sobre a forma mais adequada de transporte, de maneira que o escoamento de produtos seja feito de forma eficiente. Tudo isso sem contar a exportação, que pode enviar aos países estrangeiros um volume intenso de cargas a granel, impactando a economia diretamente.

A TOTVS acredita no Brasil que faz. Como a maior empresa de tecnologia do país, somos referência em gestão e inovação há mais de 30 anos. Nossos sistemas atendem 12 segmentos de mercado e são aderentes a negócios de pequeno, médio e grande porte.

Se você gostou do artigo e quer entender melhor como aprimorar seus processos e sua operação em geral, confira agora como fazer a otimização logística na sua empresa. Não se esqueça de assinar a newsletter e continuar acompanhando o blog da TOTVS, para não perder nenhuma novidade do seu interesse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.