Aprenda como fazer tabela de preços com 5 dicas!

Equipe TOTVS | 24 fevereiro, 2023 - Atualizado em 03 março, 2023

O preço é um dos elementos básicos e imprescindíveis para que uma empresa possa crescer de maneira sustentável. Consequentemente, a tabela de preços acaba tendo um papel importante na hora de avaliar o custo dos produtos.

Ela serve como base para que a empresa possa avaliar suas operações de compra, marketing, vendas e qualquer outro setor que faça parte do processo de crescimento do negócio. Ou seja, não pode ser feita apenas por achismo, não é mesmo?

Estamos falando de uma ferramenta valiosa e, para que seja eficaz, ela precisa receber a devida importância dentro dos processos de uma empresa. Em outras palavras, deve ser feita da forma certa. 

Então, pode ficar a dúvida: como fazer tabela de preços eficiente? É isso que vamos ver nos próximos tópicos. Tenha uma ótima leitura!

Como fazer tabela de preços? 5 dicas importantes

Para aprender a montar a tabela de preços, reunimos 5 dicas essenciais nessa tarefa. São elas:

  1. Considerar o perfil do seu público consumidor;
  2. Analisar o movimento do seu mercado;
  3. Pesquisar sobre os concorrentes;
  4. Avaliar os custos e precificar;
  5. Atualizar a tabela sempre que necessário.

A seguir, vamos falar com mais detalhes o que cada uma significa. Acompanhe!

1. Considere o perfil do seu público consumidor

A primeira dica sobre como fazer tabela de preços é levar em conta qual é o perfil de quem compra com você.

Como é o hábito de compra dessas pessoas? Elas estão dispostas a pagar mais caro por um produto? Elas têm como preferência itens de qualidade ou com preços menores?

É com base nisso que se inicia a montagem da tabela. Não adianta ter os melhores preços do mercado se as pessoas não estão interessadas no modo que você comercializa.

Logo, entender o comportamento de quem consome com você é essencial para fazer uma tabela de preços adequada.

2. Analise o movimento do seu mercado

Você não pode se basear apenas no que seu público-alvo está disposto a pagar. Saber como fazer uma tabela de preços também envolve entender como está atualmente o mercado do seu nicho.

Por exemplo, se você trabalha com um período sazonal, já sabe que a variação de preços vai acontecer de acordo com ele. Ou seja, será preciso fazer mais de uma tabela, de acordo com a demanda que aumenta e diminui durante o ano.

A análise também dá a chance de perceber como o mercado está se movimentando em relação à situação econômica no geral: se os preços médios estão subindo ou caindo com frequência, por exemplo.

3. Pesquise sobre os concorrentes

É aqui que entra a pesquisa da sua concorrência e os valores que essas empresas cobram pelos mesmos produtos que você vende.

Somente assim você vai entender se o que sua loja está vendendo está dentro da média de preços. Outro ponto que você precisa avaliar é se seu serviço ou produto realmente se destaca em relação a seus concorrentes diretos.

Em caso positivo, vem outro ponto de atenção: por mais que seu produto seja bom, ele não pode estar tão longe desses valores, principalmente se for mais alto ou estivermos falando de um lançamento ou um mercado concorrido.

4. Avalie os custos e precifique

Depois de falarmos sobre três aspectos externos na hora de fazer tabela de preços, chegamos a um dos aspectos mais importantes: a precificação dos custos que aquele produto ou serviço envolve.

Você sabe o valor que gasta para produzir essa mercadoria? Quantos funcionários precisa para comercializar seu produto e quanto paga a eles? Quais são as despesas de infraestrutura com uma loja física ou de hospedagem do seu site?

Se for um serviço, as referências são outras: por exemplo, a tabela vai se basear no tempo médio que sua empresa gasta para entregá-lo. Então, qual é a hora do serviço?

Seja qual for o caso, quando sua equipe conseguir responder a todas essas perguntas, vai ser bem mais fácil montar a tabela de valores.

5. Atualize a tabela sempre que necessário

No final das contas, a tabela de preços não é algo estático e fechado. Você sempre vai precisar fazer atualizações para garantir que o preço está coerente com o público, mercado, concorrência e custos envolvidos.

Existem mercados que são muito mais sensíveis a mudanças do que outros. Se esse for seu caso, os preços vão variar em uma frequência muito mais alta — dia, semana, mês.

Trocas de fornecedores também podem impactar diretamente na sua tabela. Enfim, as variáveis são muitas e não se pode deixar de prestar atenção nisso.

Quais ferramentas usar para criar a tabela de preços do seu negócio?

Saber como fazer tabela de preços na prática também envolve entender as ferramentas de criação. A depender do seu negócio, uma planilha pode atender a essa demanda. Então, como fazer uma tabela de preços no excel?

Veja essa tabela de preços bem simples da smart planilhas.

Por se tratar de algo interno, o formato visual pode ser bem simples. Além dessa opção, existem vários exemplos de tabela de preço na internet disponíveis para baixar. No entanto, apesar de útil, essa opção é um pouco limitada.

Por isso, há uma opção mais eficiente: apostar em softwares de gestão que fazem isso de forma automática na parte de produtos. Você pode apenas entregar os valores e a própria ferramenta vai criar uma visualização na ferramenta.

Isso é interessante porque você pode conectar essa parte com diversas outras funções de gestão de varejo.

Tecnologias TOTVS Varejo

O apoio de tecnologia no varejo é a melhor maneira de aumentar a produtividade e reduzir custos. 

Por isso, as tecnologias TOTVS Varejo são uma excelente maneira de aprimorar sua gestão de produtos, preços e vendas. Assim, você tem uma operação mais precisa por meio de planejamento estratégico. 

Além da formulação de preço, você tem controle total sobre o gerenciamento de margens, volume de compras, tributação comercial, monitoramento de estoques e prevenção de perdas.

Tudo isso no mesmo lugar.

Não importa como é seu modelo de negócio, da loja online à física, tudo é integrado para uma experiência completa do cliente.

Esse é todo o apoio que você precisa para criar e gerenciar seu negócio com inteligência e o melhor preço. Aproveite para conhecer mais sobre as tecnologias TOTVS Varejo!

TOTVS - A única solução completa: do ERP ao PDV e hardware até o e-commerce

Conclusão

Então, como fazer a tabela de preços? Agora você já sabe: o processo envolve perfil do público, movimento do mercado, concorrência, custos de produção e, claro, acompanhamento de mudanças.

Estamos falando de um trabalho cíclico, mas que tem uma importância enorme para que a empresa esteja coerente com o cliente e, principalmente, consiga ter lucros nas suas vendas.

É possível construir a tabela com o apoio de ferramentas tecnológicas, como softwares de gestão. Quanto mais automatizado o processo, mais rápido será a organização desses dados.

E, para continuar aprendendo sobre preços e varejo, leia também sobre o que é valor agregado!

Artigos Relacionados

Deixe aqui seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.