gestao-de-beneficios

Saiba como ter uma gestão de benefícios eficiente

Equipe TOTVS | GESTÃO DE NEGÓCIOS | 07 julho, 2020

O setor de recursos humanos de uma empresa pode ser uma área estratégica se houver um planejamento adequado. A gestão de benefícios pode contribuir para isso, tornando o ambiente de trabalho e as vagas oferecidas mais atraentes. 

Para isso, é preciso entender o que é a gestão de benefícios e como desenvolvê-la na sua empresa. Entenda mais sobre o assunto em nosso artigo e veja as principais vantagens em ter uma boa gestão de benefícios nas empresas.

O que é gestão de benefícios?

Podemos definir como gestão de benefícios empresariais a administração de medidas que possuem a finalidade de proporcionar vantagens aos colaboradores de uma companhia. Podemos citar como benefícios: plano de saúde, horário flexível, parceria com academias, almoço gratuito na empresa, entre outros.

Trata-se, portanto, de um plano de benefícios alinhado com a visão da organização que oferece outras formas de beneficiar os colaboradores, além de seu salário. Essas medidas podem trazer muitos resultados positivos, principalmente, em relação à motivação da equipe.

A importância de uma gestão de benefícios eficiente

O trabalho de gestão de pessoas envolve, também, fazer com que os profissionais se sintam valorizados para que sua motivação seja desenvolvida. Oferecer benefícios pode ser uma boa maneira de fazer isso, analisando o perfil dos colaboradores e descobrindo que tipo de vantagens eles gostariam de ter.

Nos últimos anos, tem se percebido uma mudança no perfil dos trabalhadores jovens. Essa geração valoriza mais um bom ambiente de trabalho e os benefícios de uma empresa que o salário recebido. Portanto, para selecionar os profissionais certos e fidelizá-los à companhia, é preciso mostrar o quanto são valiosos.

Por este motivo é tão importante ter uma gestão de benefícios eficiente, em que seja possível identificar as necessidades desses profissionais para conquistá-los. Assim, a empresa contará com os talentos que busca e fomentará a lealdade por parte deles.

Quais as vantagens da gestão de benefícios para o negócio?

Assim como discutimos anteriormente, contar com uma gestão de benefícios eficiente pode garantir a retenção de talentos para o negócio, além de reduzir os índices de rotatividade de equipe. Veja as principais vantagens de investir nessa estratégia:

Ganho de produtividade

Um dos grandes pontos positivos para a gestão de recursos humanos é gerar mais produtividade em sua equipe de profissionais. Isso porque benefícios tendem a manter os colaboradores mais motivados e felizes.

Assim, os profissionais passam a realizar suas atividades com mais eficiência e trazem maiores lucros para os negócios. Além disso, pode ser um incentivo para que eles busquem aprimoramento e agreguem valor para a empresa.

Desenvolvimento e retenção de talentos

Vagas de trabalho atrativas dão uma vantagem para que a empresa consiga mais candidatos qualificados, além, é claro, de reter os talentos que já possui. Com isso, os gastos com contratação de colaboradores são, consideravelmente, reduzidos.

Investir em um programa que gere benefícios flexíveis para a retenção de talentos também pode garantir uma vantagem competitiva para o negócio se destacar entre a concorrência. 

Redução do índice de turnover

O índice de turnover representa a rotatividade de colaboradores em uma empresa. Um valor alto pode trazer consequências ruins para a companhia, como gastos com entrevistas e treinamentos, além de prejudicar a harmonia da equipe.

O turnover pode ser um indício de que o ambiente de trabalho ou os benefícios precisam ser aprimorados. Portanto, para evitar esse problema, a solução pode ser estudar as necessidades e os desejos dos profissionais e investir para atendê-los dentro do possível.

eBook Grátis - Manual Prático de Indicadores de RH

Como ter uma boa gestão de benefícios?

Agora que você entende a importância de investir no capital humano da sua companhia, por meio de uma gestão de benefícios eficiente, veja algumas dicas que podem ajudar:

Entenda as necessidades

Primeiro é preciso realizar um estudo para descobrir as principais necessidades e desejos dos profissionais da sua equipe. É preciso levar em conta as opções que forem mais mencionadas para que todos possam aproveitar o programa de benefícios ao máximo.

Em muitos casos, mudanças simples como um horário mais flexível ou um dress code mais casual podem já impactar o ambiente de trabalho de forma positiva. É importante que o setor de recursos humanos entenda qual o objetivo de carreira dos colaboradores para criar um plano de benefícios que possa ajudar.

Implemente uma política de benefícios

Obter reconhecimento por um trabalho bem feito também é grande motivador para os profissionais. Por este motivo, criar uma política de benefícios pode incentivar a equipe a ser mais produtiva, mantendo a qualidade do trabalho e criando mais pró-atividade.

Isso pode ser feito por meio de uma premiação que recompensará as pessoas que obtiveram melhor resultado no semestre ou no ano. Assim, os colaboradores sentirão que seu trabalho árduo está sendo valorizado pela companhia.

Invista em tecnologia

Para manter a gestão de benefícios mais organizada, uma boa opção é investir em um sistema de gestão empresarial que, principalmente com uma tecnologia especializada, será possível padronizar outras rotinas dentro do RH como uma avaliação de performance e metas que trazem indícios sobre os talentos que precisam ser mantidos pela organização e aqueles que merecem atenção.

Deste modo, é possível saber quem foi mais produtivo e quem precisa melhorar seus resultados. Além disso, é uma ótima ferramenta para gerenciar seu capital humano e tornar seu RH digital. Entenda mais sobre o assunto e confira os benefícios de modernizar o departamento pessoal da sua empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *