Gestão de PDV: entenda a sua importância e como fazer uma gestão eficaz!

Gestão de PDV: entenda a sua importância e como fazer uma gestão eficaz!

Equipe TOTVS | GESTÃO VAREJISTA | 30 janeiro, 2019

A competitividade no mercado varejista e os novos comportamentos de compra do consumidor estão levando os gestores a direcionarem a estratégia para atender às expectativas do consumidor e, até mesmo, ir além delas. Afinal, segundo a Thunderhead, apenas uma experiência ruim já é capaz de fazer com que 25% dos compradores acabem desistindo da compra e indo para a concorrência.

Mesmo com o avanço das vendas online, os clientes continuam visitando as lojas físicas, nem que seja apenas para retirar os produtos comprados. Uma pesquisa da PwC revelou que 61% dos brasileiros ainda abrem mão da facilidade da Internet e vão, pessoalmente, fazer as suas compras.

Para atingir resultados positivos em vendas, é necessário que o seu ponto de venda (PDV) esteja bem organizado, com os produtos bem-apresentados, com disponibilidade em estoque, dentre outras iniciativas para facilitar o dia a dia tanto dos seus vendedores quanto do consumidor final. Continue a leitura deste artigo e entenda como fazer uma gestão de PDV mais eficiente!

O que é um PDV?

O ponto de venda é o local onde o cliente tem contato com os produtos e, é claro, pode fazer as suas escolhas de compra — ou seja, a sua loja. Mas, provavelmente, você já ouviu esse nome para se referir a todos os equipamentos de frente de caixa, certo? É porque PDV também é isso!

Neste texto, daremos algumas dicas para que você faça a gestão eficiente de toda a sua loja e, também, dos caixas, pois o momento de finalizar a compra também faz parte da experiência do cliente.

Se os seus funcionários não tiverem ferramentas disponíveis para registrar as informações de vendas e ainda gastarem tempo com alguns processos manuais, é bem provável que, em algum momento, você comece a ter muitos problemas na sua empresa.

Quais são os pilares da gestão de PDV?

Para oferecer mais qualidade, ajudar o consumidor na jornada de compra e gerar vantagens competitivas no mercado, você precisa ficar atento a alguns pontos-chave da gestão do PDV. Conheça os pilares em que você deve se basear.

Estoque

Se o consumidor chega em uma loja e não encontra o que precisa nas gôndolas, ou se ele pedir para conferir a disponibilidade no estoque e o vendedor passar muito tempo procurando, pode ser que você perca essa venda — e o pior, para a concorrência. Para que essa situação não aconteça, a sua empresa precisa ter controle de estoque rigoroso, evitando que faltem produtos ou, ao menos, dando um prazo de chegada para os seus clientes.

Exposição

Os seus produtos precisam estar dispostos de modo que o cliente consiga visualizar e ter acesso a, pelo menos, uma unidade para que possa avaliar ou experimentar, de acordo com o seu tipo de mercadoria. Assim como o problema do estoque, não ter produtos bem organizados pela loja pode fazer com que os seus clientes procurem outros pontos de venda.

Preço

No Brasil, conforme determinado pelo Código de Defesa do Consumidor, todas as lojas precisam deixar visíveis os preços de cada um dos seus produtos ou fornecer um equipamento para a leitura dos códigos de barras. Isso não apenas facilita a compra para o seu cliente, como também permite a escolha pelo melhor produto, de acordo com as necessidades e condições financeiras.

Atendimento

Para conquistar a confiança dos seus clientes e, principalmente, a fidelidade, é preciso ir além da disposição dos produtos: um atendimento de qualidade faz toda a diferença no momento da venda. Por isso, os gestores precisam ficar atentos à capacitação da equipe para que consigam atender às expectativas e proporcionem a melhor experiência dentro da sua loja.

Como fazer a gestão de um PDV?

A rotina de um gestor de ponto de venda é repleta de tarefas complexas, mas elas podem se tornar mais ágeis e produtivas se você elaborar um planejamento estratégico completo, organizar a sua equipe e, ainda, contratar sistemas automatizados e integrados. Separamos para você algumas dicas de como fazer uma gestão mais eficiente.

Gestão do ambiente

Toda a loja precisa estar bem-arrumada, com produtos bem organizados e espaços livres para a circulação dos clientes. Para fazer a gestão de todo o ambiente, vale a pena investir em profissionais que possam ajudar na harmonização — em lojas de roupas, por exemplo, alguns funcionários ficam responsáveis por fazer a combinação das peças, deixando nos manequins alguns conjuntos prontos para o consumidor.

A comunicação visual também é outro ponto importante: você pode deixar preços, promoções, banners e cartazes expostos de forma estratégica, atraindo os olhares do consumidor. Além disso, uma boa iluminação também favorece todo o ambiente e você pode usar algumas luzes direcionadas em produtos especiais, como aqueles que estão com maior desconto.

Controle de estoque

Como o estoque é um dos pilares da gestão de PDV, é preciso que ele tenha uma atenção especial. Vale a pena dedicar funcionários apenas para organizar e registrar as informações dessa área, principalmente se o seu varejo é de grande porte. Outro detalhe que pode ajudar no dia a dia é a contratação de um sistema de gestão completo e integrado, que automatiza alguns processos e, ainda, deixa mais acessíveis os dados estratégicos.

Frente de caixa

A operação da frente de caixa precisa ser conduzida com muito cuidado: afinal, ali vão constar dados que impactarão diretamente todos os números do seu negócio. E esse momento pode ser um grande desafio, porque é preciso fechar as vendas com cuidado para não errar nenhuma informação e, ao mesmo tempo, ter a agilidade exigida pelos consumidores.

Um grande aliado nesse processo também é o sistema ERP, que pode ser integrado às outras áreas da sua empresa e oferecer dados valiosos sobre os produtos mais vendidos, os clientes, o volume de vendas total, dentre muitas outras informações que facilitam a tomada de decisão dos gestores.

Dentre os benefícios, ainda é possível citar:

  • com a facilidade do sistema, o treinamento de funcionários se torna mais rápido;
  • é possível realizar a venda com rapidez, já que os produtos e os preços estarão devidamente cadastrados;
  • aumento da produtividade de toda a equipe.

Quando o gestor dá mais atenção para todos esses processos, o ponto de venda têm mais chances de obter sucesso nas vendas e, consequentemente, crescer no mercado. Se essas dicas sobre gestão de PDV foram úteis para o seu negócio, assine a nossa newsletter e acompanhe todos os conteúdos que preparamos para você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.