governanca-hospitalar

Governança hospitalar: Como a tecnologia pode ajudar?

Equipe TOTVS | GESTÃO PARA INSTITUIÇÕES DE SAÚDE | 26 Maio, 2020

A governança hospitalar tem papel fundamental ao dar suporte para diferentes áreas e atividades das instituições de saúde, sejam elas hospitais ou clínicas médicas.

Na visão dos pacientes, o ambiente médico-hospitalar deve transmitir uma imagem de confiança, que se estabelece em quesitos como higiene, segurança e atendimento.

Mas como otimizar esses processos com um ambiente preparado e eficiente? Se você quer saber mais sobre esse assunto e como a tecnologia atua nele, continue a leitura e saiba mais!

Onde a governança hospitalar atua?

O processo de gestão hospitalar cuida para que as rotinas operacionais sejam bem estruturadas e ofereçam as melhores condições aos pacientes. Além da comunicação integrada e do atendimento humanizado, a governança é responsável por:

  • Promover a evolução dos colaboradores com feedbacks periódicos, além de cursos de capacitação;
  • Trabalhar para que o turnover (rotatividade de funcionários) seja o menor possível;
  • Aplicar manutenções preventivas para evitar problemas antes que eles aconteçam;
  • Fazer corretamente a coleta de resíduos tóxicos, dedetização e outros processos de assepsia,
  • Manter a boa organização financeira dos recursos.

Soluções tecnológicas para a governança hospitalar

Com um sistema de gestão integrada, hospitais e clínicas podem otimizar suas tarefas com informações ricas sobre pacientes e colaboradores, o que impacta diretamente no atendimento e no direcionamento da atuação de cada profissional, evitando refações e falhas de processo.

Dados de consultas e exames podem ser acessados com mais facilidade em diferentes plataformas, como o celular, além de uma melhor organização da agenda dos médicos.

O prontuário eletrônico é um bom exemplo disso, podendo até ser hospedado na nuvem. Com backups feitos continuamente, há uma considerável baixa no risco de extravio de documentos, como histórico do paciente.

Outro ponto que tem muito a ganhar é o preenchimento de guias de convênio e pesquisa de dados. Em um pronto-socorro, isso é muito importante para o melhor atendimento ao paciente, ainda mais em casos de emergência.

Além desses pontos, quer saber de quais são as maneiras um software de gestão ajuda na governança das instituições de saúde? Confira a seguir.

Agendamento

Agendar uma consulta médica é uma parte de suma importância em uma clínica, pois é a partir dela que é organizado o tempo do médico e possíveis realocações de espaço e materiais necessários para o atendimento.

Dessa forma, a etapa merece atenção e o sistema pode ajudar a organizar o fluxo de pacientes em suas respectivas datas e horários. Monitorar todas as visitas, confirmações, reagendamentos e retornos de forma manual, pode causar grande confusão. Falhas nesse ponto podem despender custos não-planejados, além da insatisfação do paciente.

Atendimento personalizado

Cada vez mais criteriosos com a prestação de serviços, os clientes exigem atendimentos diferenciados, que agreguem rapidez e eficiência. Para isso, o funcionamento dos processos deve ser perfeito, e é nesse ponto que a tecnologia entra para somar.

Contar com fluidez na circulação do paciente dentro do hospital, manter dados atualizados tanto sobre informações como contato e endereço quanto a respeito do estado de saúde do indivíduo ajuda na aproximação das pessoas com o estabelecimento, além de agilidade em sua demanda.

Informações sobre exames e diagnósticos.

Como já citamos anteriormente, o prontuário eletrônico é responsável por guardar as principais informações sobre um paciente, com todo seu histórico de saúde. Dessa forma, um médico pode acompanhar a evolução de um quadro diagnóstico mesmo à distância.

Medicação recorrente, alergias, quantidade de consultas, despache de receitas, disponibilização de resultados de exames, etc. Todos esses dados estão presentes no formato eletrônico do prontuário, que pode ser continuamente atualizado e enriquecido, abrindo espaço para a inteligência clínica agir.

Diversos canais de comunicação

É bastante comum que o contato entre público e instituições de saúde seja feito por diferentes meios, seja com o hospital ou clínica. Agendar uma consulta, marcar um retorno, receber e enviar resultados de exames… Tudo isso pode ser feito via mensagens, seja com o celular ou por computadores.

O contato por telefone, porém, ainda é o preferido dos pacientes, pois se tratando de um assunto tão delicado como a saúde, esse tipo de abordagem transmite confiança e credibilidade às instituições, com uma interação mais próxima entre as partes.

Pensando nisso, é essencial contar com um processo de atendimento telefônico otimizado, com infraestrutura e colaboradores bem treinados. Enquanto fala com o paciente, o atendente deve ter o melhor acesso disponível, com consulta de informações simplificada, possível com o uso do ERP

Software de gestão hospitalar é com a TOTVS!

No conteúdo apresentado, mostramos como a governança hospitalar deve ser bem feita para que a instituição de saúde tenha sucesso e os pacientes sejam atendidos com excelência. Também discutimos sobre a importância da tecnologia para otimizar esses processos.

Com um software de gestão hospitalar, as clínicas e hospitais têm muito a ganhar e uma série de benefícios para oferecer ao seu público. E, para isso, você pode contar com a TOTVS.

Somos uma empresa 100% brasileira, e maior empresa de tecnologia do país. Para transformar a eficiência dos seus processos, nossas soluções se encaixam tanto para grandes instituições de saúde quanto para médias e pequenas.

Gostou deste artigo? Então confira agora nosso outro texto sobre o mesmo tema! Para continuar por dentro de todas as novidades TOTVS, continue acompanhando o blog e assine a newsletter, para receber posts diretamente em seu e-mail!

solução completa para instituições de saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *