gestao-de-conflitos

5 Dicas para fazer uma boa gestão de conflitos

Equipe TOTVS | GESTÃO DE NEGÓCIOS | 18 agosto, 2020

Desentendimentos e divergências acontecem em todos os ambientes, seja qual for a situação. Nos negócios, não é diferente, contudo, eles devem ser administrados para não afetarem os interesses da empresa. Nesse momento, é necessário fazer uma boa gestão de conflitos.

Por meio de metodologias e técnicas, é possível minimizar o impacto negativo dos conflitos nas organizações e, pensando nisso, preparamos as melhores dicas para ajudar nesse aspecto. Continue com a leitura e saiba mais!

Tipos de conflitos

A gestão de conflitos exige, primeiramente, que os tipos de conflitos organizacionais sejam identificados. É necessário entender também que divergências não são necessariamente algo sempre ruim, podendo contribuir para discussões construtivas e no desenvolvimento dos profissionais.

Nesse sentido, procure entender o tipo de conflito em questão, que pode ser racional ou emocional. O primeiro caso está mais ligado a problemas relacionados ao próprio ambiente de trabalho, execução de tarefas e diferenças de pensamento sobre alguma abordagem ou metodologia.

O segundo tipo, um pouco mais complicado, diz respeito a desentendimentos do âmbito pessoal, e que, geralmente, não contribuem em nada para o crescimento da empresa e dos colaboradores, individual ou coletivamente. Por isso, preste atenção a qual situação está acontecendo e siga as dicas que preparamos a seguir.

Dicas para a gestão de conflitos

A gestão de conflitos pode ser uma atividade desafiadora, mas, se feita com eficiência, pode até mesmo contribuir para a melhora da produtividade e relacionamento interno. Confira!

1 – Assuma a responsabilidades e exerça liderança

A gestão de conflitos cabe às lideranças da empresa, uma vez que os gestores conhecem melhor o perfil de cada profissional e seu comportamento, seja com as hard skills ou soft skills.

As soft skills, por sinal, são habilidades que não contêm teor técnico, e sim características que não podem ser “aprendidas” ou treinadas, mas desenvolvidas por cada pessoa individualmente, como empatia, por exemplo.

Esse não é, portanto, um momento para o líder se abster. Um time ou até mesmo a organização inteira pode estar sob sua responsabilidade, o que requer uma postura imparcial e que procure a melhor solução para ambos os lados e para a própria empresa.

2 – Estimule a comunicação

A boa comunicação é um dos pilares essenciais para a gestão de conflitos, tanto na sua resolução quanto na prevenção. É fundamental incentivar um diálogo aberto e transparente, alinhando a equipe.

Um bom meio de colocar uma melhor comunicação em prática pode ser na criação de um canal interno, como plataformas colaborativas, intranet e aplicativos, sem contar que ações para engajamento e troca devem ser uma constante na empresa.

Outra maneira de fazer um bom gerenciamento de conflitos é por meio do feedback. A partir de conversas francas e periódicas sobre desempenho profissional, comportamento e posturas observadas, é mais fácil guiar o colaborador em uma jornada construtiva, reforçando pontos fortes e pontos a serem desenvolvidos.

3 – Pratique a escuta ativa

Antes de colocar qualquer solução em prática, é necessário ouvir o que cada uma das partes envolvidas no conflito têm a dizer. Ao invés de impor um ponto de vista, pratique a escuta ativa.

Procure ouvir com atenção o que as pessoas têm a dizer, sem julgamentos e interrupções, tentando se colocar no lugar do outro, observando a linguagem não-verbal e estimulando uma maior abertura.

Mesmo que o tempo seja um fator decisivo nos negócios, ao entender as motivações dos colaboradores, é possível ter uma visão mais ampla sobre o time, a empresa e si mesmo, e a resolução de conflitos pode fluir com muito mais naturalidade.

4 – Negocie e determine prazos

Os conflitos podem tomar um tempo maior do que o esperado, mas é importante ressaltar que todos os colaboradores da equipe estão unidos em busca de um objetivo maior. Ao determinar um prazo para a solução, é importante que não seja uma imposição, mas que se coloque como um desafio.

Por mais que seja necessário dar a devida atenção a esse tipo de problema, é preciso manter o foco e a objetividade, para que não existam disputas desnecessárias. A negociação e gestão de conflitos andam de mãos dadas e, no final, é importante que ambas as partes estejam satisfeitas e comprometidas.

5 – Conte com uma metodologia de gestão de conflitos

Na busca de um RH 4.0, é essencial evitar comportamentos negativos que se repetem, e criar uma forma de lidar com cada conflito, independentemente de seu grau, em abordagens práticas e padronizadas, que podem ser replicadas por todos os líderes.

Um ponto que merece atenção são as boas práticas de recrutamento e seleção, garantindo que os colaboradores se encaixem na cultura da empresa. Também é importante fazer a calibragem de avaliações de desempenho de maneira contínua, não só dar, mas também colher feedback dos profissionais, além de treinamentos e capacitação que estimulem uma melhor convivência e sinergia.

Faça a melhor gestão de conflitos na sua empresa

Ao longo deste conteúdo, falamos sobre como fazer uma boa gestão de conflitos no ambiente empresarial, explicando os tipos de conflitos existentes e oferecendo dicas que podem ajudar as lideranças a atuarem de forma assertiva e eficiente a fim de impactar positivamente as relações profissionais.

A TOTVS é uma empresa 100% brasileira, referência em tecnologia, gestão e inovação. Nossos sistemas são desenvolvidos para mais de 12 segmentos de negócios, e atendem a organizações de pequeno, médio e grande porte.

Se você gostou deste artigo e quer saber mais sobre o tema, descubra agora como fazer a boa gestão do capital humano. Não se esqueça de continuar acompanhando o blog e assinar a newsletter, para receber todas as novidades diretamente em seu e-mail.

New call-to-action

RH

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.