Recrutamento e seleção de pessoas: benefícios, etapas e tendências

O processo de recrutamento e seleção de pessoas é realizado pela área de Recursos Humanos, que busca e avalia os melhores candidatos para ocupar os cargos da empresa.  Trata-se de uma das etapas mais importantes para o crescimento estratégico de uma empresa, pois visa a seleção dos melhores talentos disponíveis no mercado de trabalho. Um …

Equipe TOTVS | 04 abril, 2022

O processo de recrutamento e seleção de pessoas é realizado pela área de Recursos Humanos, que busca e avalia os melhores candidatos para ocupar os cargos da empresa. 

Trata-se de uma das etapas mais importantes para o crescimento estratégico de uma empresa, pois visa a seleção dos melhores talentos disponíveis no mercado de trabalho.

Um bom recrutamento e seleção de pessoas torna possível garantir colaboradores que estejam alinhados à cultura e à estratégia da empresa, evitando problemas como alta rotatividade, dificuldade de retenção e absenteísmo.

Para facilitar esse processo, é possível contar com novas ferramentas e metodologias. Um exemplo disso é um sistema de gestão vocacionado para a área de RH, que garante muitas vantagens para as empresas que o adotam. 

Trata-se de uma tecnologia que permite que o setor de Recursos Humanos seja mais estratégico, aumentando a produtividade das equipes.

Neste artigo, você entenderá:

  • Como fazer um bom recrutamento e seleção de pessoas;
  • A diferença entre seleção e recrutamento;
  • Como elaborar as etapas do processo seletivo para torná-lo mais eficiente para candidatos e recrutadores;
  • Além de conferir dicas para conseguir colocar sua empresa como uma referência de marca empregadora, desde a seleção dos candidatos.

Então, continue a leitura e saiba tudo sobre como implementar etapas de recrutamento e seleção de pessoas com a tecnologia como aliada. Vamos lá?

O que é recrutamento e seleção de pessoas?

Recrutamento e seleção de pessoas é um dos processos pertencentes à área de Recursos Humanos de uma empresa que tem como objetivo atrair e selecionar profissionais para ocupar determinado cargo da organização.

Em resumo, é o processo completo até a contratação de novos talentos, da divulgação da oportunidade, etapas de entrevistas, testes, devolutiva do processo e integração até o início, efetivamente, do novo colaborador em suas atividades.

Podemos dizer que, atualmente, o recrutamento e seleção de pessoas é uma das etapas mais importantes e estratégicas para uma empresa. Afinal, contratações de sucesso representam o melhor uso de recursos e, até mesmo, redução de gastos.

Isso porque, de acordo com levantamento da Bazz Consultoria em RH, uma contratação errada pode custar até 15 vezes o salário do colaborador demitido, um custo bastante alto para as organizações.

Pode parecer um valor muito alto, mas é necessário levar em consideração todos os custos presentes no processo, desde a etapa de divulgação das vagas até o treinamento e a locação de espaço.

Com uma contratação inadequada, além do impacto financeiro e na produtividade da equipe desfalcada, muitas vezes é preciso abrir um novo processo de recrutamento e seleção, exigindo novos esforços por parte do RH.

Portanto, um processo de recrutamento e seleção de pessoas de sucesso gera resultados positivos tanto para a empresa quanto para o novo colaborador, que se sentirá motivado e satisfeito com os desafios que terá pela frente em sua carreira profissional.

Existem várias formas de seguir com um processo de recrutamento e seleção de talentos.

O RH pode aproveitar ferramentas de seleção online, realizar uma busca ativa em perfis profissionais, como o LinkedIn e banco de talentos, divulgar as oportunidades nas redes sociais e no site da empresa ou ainda contar com um sistema de indicação dos próprios colaboradores da empresa, por exemplo.

Atualmente, muitas empresas realizam o processo de seleção de talentos de forma totalmente online, o que otimiza tempo e recursos de ambos os lados (RH e candidatos à vaga).

Além disso, é cada vez mais comum a utilização de tecnologias como um ATS (Applicant Tracking System), que moderniza e torna o recrutamento e seleção de pessoas mais inteligente.

No entanto, o processo seletivo presencial ainda é uma prática bastante tradicional e eficiente.

Entenda a diferença de recrutamento e seleção de pessoas

É bastante comum os termos recrutamento e seleção de pessoas serem utilizados juntos, muitas vezes como sinônimos ou como se representassem uma única atividade.

Contudo, recrutamento e seleção são etapas distintas de um processo de contratação.

Uma função é dependente da outra e as duas se tornam complementares para que um processo seletivo seja eficiente.

Vamos entender cada um deles nos tópicos abaixo.

Recrutamento de pessoas

O recrutamento diz respeito a todo o processo de reunir informações e definir etapas e técnicas para atrair um candidato com potencial e qualificação para ocupar uma vaga dentro da sua organização.

Em outras palavras, o recrutamento representa a fase de atrair o maior número de profissionais que estejam dentro do perfil desenhado para a ocupação de uma vaga e que possa ter um bom alinhamento com a cultura da empresa.

Como você pode perceber, o recrutamento acaba sendo o primeiro contato da empresa com o profissional.

Por isso, essa é uma das etapas mais importantes, porque uma boa divulgação será capaz de filtrar os candidatos mais alinhados com a função e com a empresa, evitando que o RH receba um número muito alto de currículos e perfis de pessoas que não atendam aos requisitos da oportunidade.

O que isso significa na prática? Minha empresa precisa divulgar a oportunidade nos mais diversos canais e ter um grande engajamento, ter um post viral nas redes sociais?

Bom, não necessariamente. 

Obviamente que um grande alcance da divulgação contribui para que a vaga chegue a mais pessoas que possam ter o perfil desejado, mas sem uma descrição eficiente isso pode ser em vão.

Isso porque uma descrição genérica pode acabar tornando o processo seletivo ineficiente.

Na divulgação da oportunidade, a empresa pode colocar todas as descrições da atividade do talento no dia a dia, as exigências técnicas e habilidades comportamentais consideradas, resumo da empresa, benefícios oferecidos e ainda mostrar um pouco da cultura empresarial.

Além disso,  é importante lembrar que uma descrição de vagas pode tanto afastar como atrair bons candidatos.

Então, é importante encarar o anúncio de uma oportunidade como um cartão de visita, pois será a primeira impressão do candidato.

Seleção de pessoas

A seleção de pessoas vem logo após o processo de recrutamento. É quando a empresa decide qual profissional possui as competências necessárias para o preenchimento da vaga. 

Nessa etapa, a empresa já fez a divulgação da oportunidade, de forma interna ou externa, e já deu seguimento às etapas de análise de currículo, entrevistas, dinâmicas, testes comportamentais, aplicação de testes ou outras avaliações necessárias para avaliar o perfil técnico e/ou comportamental do candidato.

No fim do dia, todas essas  ações e atividades ajudam a entender se os profissionais que se candidataram possuem um perfil alinhado com a empresa.

Para isso, é preciso contar com boa expertise dos profissionais envolvidos, pois há vários fatores a serem avaliados — que vão além simplesmente do fit do profissional de acordo com seu currículo, mas também (e não apenas) seu encaixe na cultura organizacional.

Como falamos anteriormente, embora muitas empresas já façam todo o processo seletivo de forma online, o que amplia bastante as oportunidades, ainda é bastante comum processos seletivos presenciais.

Qual é a importância do recrutamento e seleção de pessoas para uma empresa?

O recrutamento e seleção de pessoas é importante por representar o sucesso na contratação e a retenção de talentos que vão contribuir para o crescimento e geração dos melhores resultados para a empresa. 

Dessa forma, um processo seletivo eficiente reunirá as pessoas com o melhor alinhamento com a cultura organizacional e com objetivos de crescimento semelhantes ao que a organização busca no longo prazo.

E tudo isso começa no recrutamento e seleção.

Os talentos certos para ocuparem as posições em uma empresa geralmente resultam em aumento de produtividade e engajamento.

Afinal, o profissional satisfeito com sua posição e com o que a empresa lhe oferece para crescimento atuará de forma mais motivada, realmente vestindo a camisa da companhia e tornando-a ainda mais competitiva dentro do seu segmento.

Por outro lado, a contratação de um profissional que não se “encaixa” na empresa pode gerar resultados negativos, como desperdício de tempo, capital financeiro e energia.

Em resumo, a importância do recrutamento e seleção também gera fortalecimento estratégico do negócio, redução de custos, fortalecimento da cultura organizacional e redução do chamado turnover, isto é, a baixa retenção de talentos e alta rotatividade.

totvs rh

Conheça os benefícios do processo de recrutamento e seleção de pessoas

Que o processo de recrutamento e seleção de pessoas é essencial, você já sabe. Mas quais os benefícios de investir tempo e dinheiro na melhoria das etapas e atividades que envolvem a construção da sua força de trabalho?

Para muitos empreendedores e líderes de negócio, contratar um novo profissional ainda é uma questão de adicionar um par de mãos à rotina operacional do negócio.

Muito além de servir como um ponto de apoio, a contratação pode de fato revolucionar o seu negócio — e de forma premeditada.

Desde que, claro, sua empresa invista no recrutamento e seleção de pessoas de modo que se torne inteligente e data-driven.

Entre os benefícios desse trabalho para uma empresa, podemos mencionar:

Cria uma cultura organizacional forte

De forma geral, um bom processo de recrutamento e seleção enriquece e fortalece a cultura da empresa.

Isso porque os profissionais que chegam passam por uma inspeção que avalia não apenas as suas aptidões técnicas, mas também seu fit ao clima organizacional da companhia.

E não pense que os profissionais não consideram esse tema.

De acordo com dados da Glassdoor, 56% dos colaboradores afirmaram que uma forte cultura organizacional é mais importante do que o salário.

Na verdade, 3 em cada 4 profissionais disseram que, antes de aplicar para uma vaga, eles buscam entender qual a cultura da empresa.

Ao trazer colaboradores em sintonia com o que sua organização tem como valores e missão, você reduz a curva de aprendizagem e também encontra um caminho mais fácil para motivá-los.

Diminui custos

O processo de recrutamento e seleção correto pode reduzir seus custos de incontáveis maneiras.

Um exemplo são os custos de turnover — relativos à saída de profissionais, mas também a toda jornada de atração, seleção e onboarding de novos colaboradores.

Falamos de gastos como o tempo dos recrutadores, as dinâmicas utilizadas na entrevista e no teste de aptidão, o onboarding, os treinamentos, os equipamentos para o novo funcionários — entre vários outros!

Um dos principais benefícios de um recrutamento competente é que você aumenta a retenção de funcionários, evitando os custos relacionados.

Reduz a rotatividade de funcionários

Como mencionamos acima, muito além de encontrar os profissionais certos para as vagas certas, você irá impactar em várias métricas.

Uma delas é a rotatividade de funcionários, que tende a diminuir uma vez que você crie um processo de recrutamento e seleção realmente eficaz.

O motivo é simples: uma vez que a organização passe a contratar as pessoas com a personalidade, habilidades (hard e soft skills) e mindset corretos e alinhados com seus valores, a tendência é construir uma equipe mais feliz e motivada.

E de acordo com dados divulgados pela Forbes, quando os funcionários estão felizes, os níveis de retenção aumentam — bem como a lucratividade!

Otimiza os processos do setor de RH

Uma vez que a sua empresa investe em recrutamento e seleção de maneira estratégica, é possível otimizar os longos e demorados processos relacionados.

Isso é: o tempo para contratar um funcionário aumenta gradativamente ao redor do mundo.

O motivo é que, cada vez mais, os candidatos precisam passar por diferentes telas, verificações e testes de personalidade e habilidades.

Embora muito importantes, sem uma aplicação estratégica, eles acabam atrasando toda a gestão da experiência humana (HXM) desde o princípio.

A aplicação de tantas etapas se dá pelo fato de que as empresas querem garantir que os profissionais são os ideais para suas necessidades.

Mas não é necessário fazer com que cada candidato dê tantos passos.

Avaliar seu processo de recrutamento e seleção de pessoas, bem como investir em tecnologias que facilitem sua aplicação, pode ajudar seu time a descobrir onde melhorar e otimizar a operação.

Desse modo, de maneira contínua, é possível tornar o recrutamento e seleção mais eficiente.

Aumenta a performance dos colaboradores

Por fim, ao investir neste processo, você traz ao time pessoas realmente investidas em agregar valor.

Desse modo, é mais fácil criar um ambiente de trabalho voltado para resultados, imerso em uma cultura da inovação e competitividade saudável, capaz de entregar melhores resultados para a empresa.

Tipos de recrutamento e seleção

Sabia que existem diferentes tipos de recrutamento e seleção? Confira o que diferencia cada um e como sua empresa pode aplicá-los na rotina do seu negócio! Vamos lá?

Primeiro, vale voltar ao conceito de recrutamento, que pode ser divididos em dois:

  • o recrutamento externo, em que a divulgação da vaga busca selecionar um talento de fora da empresa; 
  • o recrutamento interno, em que a empresa abre um processo seletivo permitindo a promoção ou mudança de setor de algum colaborador que já faz parte da empresa.

O recrutamento interno é bastante comum e eficiente, uma vez que o candidato já está familiarizado com a cultura e os processos da empresa, tornando a adaptação muito mais rápida e fluida.

Essa oportunidade interna também pode aumentar o engajamento dos profissionais e motivação, por entenderem que possuem chance de crescimento na organização.

Além disso, hoje em dia, costumam-se considerar outros dois tipos de recrutamento:

  • o recrutamento misto, referente à divulgação de vagas tanto para o mercado de profissionais interno quanto para o externo;
  • o recrutamento às cegas, que não considera informações pessoais como relevantes para a escolha ou eliminação dos candidatos.

Com o recrutamento misto, o objetivo da empresa é ampliar o escopo e a competitividade, buscando realmente os profissionais mais engajados com a vaga aberta.

Sua principal vantagem é que a empresa passa a divulgar suas oportunidades em diferentes esferas de possíveis candidatos.

No entanto, é preciso tomar cuidado para que a empresa não favoreça os candidatos internos e conduza o processo com imparcialidade.

Já no recrutamento às cegas, o objetivo é reduzir (e mitigar completamente) qualquer viés de escolha, preconceitos e discriminação na hora de selecionar os candidatos.

É uma forma muito útil de incentivar a diversidade nas empresas.

Etapas do processo de recrutamento e seleção de pessoas

O processo seletivo envolve uma série de etapas e tomada de decisões que envolvem, além do RH, os gestores e líderes de outras áreas.

Muitas vezes, o processo de recrutamento e seleção passa por uma série de avaliações internas e financeiras para que uma oportunidade seja aberta.

Resumo da ópera: até a vaga ser publicada nas redes sociais, tem muita gente atuando para garantir que todo o processo de recrutamento e seleção do novo talento seja possível.

Abaixo, explicamos como funciona:

Recrutamento e divulgação

A etapa de recrutamento envolve a solicitação pelo líder de equipe ou do departamento de RH diante da necessidade de ampliar o quadro de colaboradores, geralmente em momentos de expansão da empresa e crescimento da demanda.

A partir disso, o RH deve realizar a descrição do cargo, também chamado de “job description”, a fim de reunir todas as informações e requisitos importantes para encontrar o talento ideal para a oportunidade.

Com a descrição da oportunidade, a empresa começa a sua divulgação entre os meios de comunicação interna: no site da empresa, redes sociais e por meio  dos colaboradores que, muitas vezes, participam com indicações de profissionais.

Triagem de currículos

Na triagem de currículos, o RH deve avaliar se o candidato preenche os requisitos descritos na divulgação da oportunidade, além de analisar seu histórico profissional e habilidades fundamentais para a vaga.

Nesta etapa, o RH deve fazer uma pré-seleção dos perfis que estão alinhados para seguir para uma entrevista e quais currículos podem ser salvos para outras oportunidades que estejam mais alinhadas.

Entrevista

A entrevista, seja online ou presencial, é o momento para que a empresa possa conhecer melhor o candidato, entender seus objetivos e expectativas.

Esse contato é importante para que ambos os lados possam tirar todas as suas dúvidas. 

Geralmente, a entrevista é encarada como uma avaliação da empresa em relação ao candidato. Mas é fundamental reforçar que o candidato também deve entrevistar a empresa, para entender o que ela pode oferecer à sua carreira profissional.

Algumas empresas dividem a etapa da entrevista em várias fases. Por exemplo, a primeira com o RH, para alinhar o fit cultural, e outra com os líderes da área, para identificar as habilidades técnicas.

Também é comum a solicitação de testes, para avaliar o desempenho técnico do candidato.

Exemplos de dinâmicas para recrutamento e seleção de pessoas

Normalmente, o processo de recrutamento é composto de algumas etapas básicas, como:

  • uma entrevista estruturada, delineada por questões predefinidas; ou
  • uma entrevista informal, com uma condução mais pessoal e perguntas “customizadas” de acordo com a vontade do recrutador.

O grande problema é que as empresas costumam parar por aí: sem se aprofundar em diferentes dinâmicas. No entanto, incorporá-las pode trazer vários benefícios ao seu negócio.

A seguir, mencionamos alguns que consideramos eficientes e inovadores — e que valem ser testados em sua empresa. Vamos lá?

  • Teste dos pontos, em que o(s) candidato(s) precisa ligar os pontos impressos em uma folha de papel. O objetivo é identificar qual candidato consegue escolher os caminhos mais curtos.
  • Teste da massinha, uma ótima forma de entender o tipo de personalidade do candidato, em que ele precisa construir algo com massinhas de diferentes cores.
  • Simulação de problema, um tipo de situação que simula um problema que o candidato enfrentaria em seu dia a dia, considerando fatores como limitação no orçamento e pressão. O objetivo é ver quem se sai melhor diante do cenário proposto.

Avaliação e proposta

Após realizar todas as etapas de entrevista e avaliação, é necessário definir qual o candidato que melhor atende às exigências da vaga para entrar em contato e dar o retorno com a proposta da empresa.

Esse é o momento mais esperado pelos candidatos, por isso é uma etapa muito importante dentro do recrutamento e seleção de pessoas.

Normalmente, a empresa entra em contato por telefone ou e-mail para informar a aprovação, para depois começar as etapas de recolhimento de documentação e integração.

Uma prática muito importante nessa etapa é a devolutiva aos candidatos que não foram selecionados, que também ficam à espera de um retorno.

Essa comunicação também é fundamental para proporcionar uma melhor experiência do candidato.

Quem é a pessoa responsável pelo recrutamento e seleção de uma empresa?

Dentro da estrutura de uma empresa consolidada, a parte do setor de RH responsável pelo processo de recrutamento e seleção de pessoas é composta por diferentes funções.

Afinal, de quem é a palavra final para contratação de um candidato e quem cumpre cada um dos papéis antes da decisão?

Separamos uma lista dos responsáveis, confira!

  • Recrutador: é o profissional encarregado de atrair candidatos e selecionar os currículos mais interessantes para as vagas abertas. É o responsável por criar a descrição da vaga.
  • Headhunter: semelhante ao recrutador, mas mais ativo no mercado, o headhunter (do inglês, “caçador de cabeças”) é o encarregado por encontrar a(s) pessoa(s) certa(s) para a vaga. Ele precisa ter expertise, um excelente networking e conhecer muito bem a empresa e o mercado de profissionais.
  • Business Partner: entre uma das funções do business partner, destaca-se sua missão de conectar a liderança da organização com o processo de recrutamento, de modo a alinhá-lo com os objetivos da empresa. É um mentor para as lideranças e um conhecedor dos processos e necessidades do negócio.
  • Analista de Recrutamento e Seleção de Pessoas: um dos pilares do processo, o analista está presente em todas as suas etapas, desde revisando a descrição da vaga até realizando entrevistas. Seu foco é em ajudar nos processos, direcioná-los de acordo com os objetivos da empresa e também encontrar formas de melhorá-los.
  • Psicólogo: este profissional tem a função de avaliar as características psicológicas dos candidatos, servindo de complemento às demais análises realizadas.

A palavra final sobre a contratação de um novo profissional vai depender da estrutura da empresa.

Normalmente, é do gestor do setor em questão — que, no melhor dos cenários, já acompanhou de perto todo o processo de recrutamento e seleção.

Como é o processo de recrutamento e seleção para pessoas com deficiência?

Um dos assuntos mais importantes quando falamos de recrutamento e seleção de pessoas, é a diversidade — toda empresa deve contar com uma equipe diversa, que inclua PcDs!

PcDs é a sigla para pessoas com deficiências e, além de ser socialmente importante tê-las dentro do mercado corporativo, é também uma obrigação legal.

O processo em si é muito semelhante ao que descrevemos no conteúdo até agora — mas claro, adaptado para todas as PcDs.

Nesse ponto, pode ser importante contar com um consultor especializado no assunto (e que, muitas vezes, é uma PcD).

Quais são as principais dificuldades?

Em geral, apesar da existência de uma lei sobre o assunto (Lei 8.213/91) e o incentivo às empresas ampliarem o foco nas suas contratações, há algumas dificuldades inerentes ao recrutamento de PcDs.

Tratam-se de questões como o preconceito e a inexperiência em lidar com pessoas com deficiência.

Naturalmente, se alocadas com as ferramentas adequadas, elas podem cumprir com as suas obrigações profissionais sem problemas.

A depender da estrutura da empresa, esta pode não estar preparada para receber alguns tipos de PcDs. A solução para isso pode ser simples, mas exige investimento e planejamento!

Entenda como funciona o recrutamento e seleção de pessoas na administração pública

Na esfera pública, também existem práticas de atração e seleção de pessoas. Mas afinal, como esse processo funciona?

Primeiro, vale entender os tipos de admissão em funções públicas: servidor público, empregado público, cargo comissionado, terceirizado e estagiário.

Os três últimos não se incluem aqui, pois enquadram-se na contratação baseada em confiança, licitação ou processo específico.

Para os dois primeiros, o cenário é diferente: eles precisam ser aprovados em concurso — a principal diferença é que o empregado é alocado em empresas do Estado, como o Banco do Brasil ou a Petrobras.

No caso do recrutamento e seleção, por falarmos de concursos, a escolha dos candidatos se dá muito mais por conhecimento em determinado assunto ou área do que propriamente por competências.

Como fazer um bom recrutamento e seleção de pessoas? Confira algumas dicas!

Possui um processo de recrutamento e seleção definido, mas ainda encontra dificuldades em alcançar os melhores candidatos do mercado e os mais adequados para sua empresa? Confira nossas dicas:

  • Utilize um ATS;
  • Peça indicações internas;
  • Crie bancos e pipelines de talentos;
  • Aumente o seu networking de candidatos;
  • Crie anúncios de emprego atraentes, objetivos e claros;
  • Reveja sua política de salários e benefícios, proporcionando ao candidato mais flexibilidade e poder de escolha;
  • Após cada processo de recrutamento (bem-sucedido ou não), faça uma pesquisa de opinião sobre a jornada do candidato.

Ferramentas de recrutamento e seleção: conheça as melhores

Agora, você sabia que existem diferentes ferramentas que podem agregar valor ao processo de recrutamento e seleção de pessoas? Confira as principais:

Recrutamento e seleção de pessoas: tendências para os próximos anos

Com a transformação digital, a revolução não apenas impactou a gestão do capital humano e do capital intelectual, mas também trouxe benefícios ao modo que as empresas contratam.

Nesse contexto, entender as tendências que fazem sucesso hoje é essencial. Que tal conferir as principais?

Gamificação

A gamificação é interessante não apenas no contexto de treinamento e capacitação, mas para testar as habilidades e aptidões de candidatos.

Experiências lúdicas, baseadas em storytelling e com incontáveis possibilidades graças aos recursos visuais, podem mudar a forma com que sua empresa escolhe novos profissionais.

People Analytics

O people analytics é, basicamente, o Business Intelligence aplicado ao setor de RH.

Ou seja, o uso e processamento de dados dos funcionários (e dos talentos rastreados no mercado).

Por meio dele, é possível alcançar melhores resultados nas contratações e reduzir custos.

Inteligência Artificial

A área de IA já impacta o setor de recrutamento, como no processo de triagem. Com a Inteligência Artificial, os recrutadores podem automatizar grande parte de seu trabalho, inclusive se beneficiando com a análise sem vieses.

Além disso, a IA ajuda a selecionar mais eficientemente os candidatos com base em requisitos específicos.

Inbound Recruiting

O inbound recruiting é uma estratégia baseada em tornar a empresa atraente o suficiente para que os melhores candidatos do mercado venham diretamente até ela — em vez de a empresa ir buscá-los no mercado.

Isso se dá com esforços ligados à criação de uma employer branding, bem como o desenvolvimento de uma cultura organizacional (sem se esquecer de salários e benefícios) que atraiam os melhores profissionais.

A relação entre recrutamento e seleção de pessoas e candidate experience

Que o recrutamento e seleção de pessoas precisa ser bom para as empresas todo mundo sabe, mas e para os candidatos? Atualmente, a valorização das experiências está cada vez mais em evidência em todos os âmbitos, e no profissional não seria diferente.

Por isso, ao falar de processos de RH, essa se tornou uma discussão urgente. Daí surge o termo candidate experience, em português experiência do candidato, uma expressão relativamente nova e bastante utilizada quando o assunto é talent acquisition.

A experiência do candidato se relaciona com o recrutamento e seleção de pessoas por significar, de fato, toda a vivência do profissional nas etapas do processo seletivo, desde o primeiro contato com a divulgação da vaga, chamada para entrevista e até a devolutiva.

É importante pensar no quanto o processo seletivo reflete a credibilidade e cultura da empresa. Afinal, atualmente, as pessoas têm acesso, por meio de redes sociais e sites de avaliações, à maneira como cada empresa lida com o recrutamento e seleção.

Por isso, deslizes e falta de profissionalismo durante essa etapa podem acabar manchando a reputação da organização.

Essa discussão sobre a experiência do candidato traz à tona alguns pontos sobre melhorias que os profissionais de RH podem fazer para tornar a jornada do candidato mais confortável e eficiente.

Isso envolve desde a flexibilidade para seguir com entrevistas online até no retorno com a devolutiva, seja positivo ou não, para não deixar o candidato sem um feedback.

Outros fatores que podem melhorar a experiência do candidato são o compromisso com a pontualidade no atendimento e, certamente, a ética nas perguntas realizadas.

Como a tecnologia pode te ajudar a otimizar esse processo?

A tecnologia é uma grande aliada das empresas durante diversas etapas de trabalho. No recrutamento e seleção de pessoas, as ferramentas e softwares disponíveis permitem fazer um processo eficiente com menos investimento de tempo e recursos, com resultados ainda mais satisfatórios.

Além de isso ser vantajoso para as empresas e profissionais do RH, os candidatos também ganham com a praticidade na hora de se cadastrar em oportunidades e enviar o currículo.

Atualmente, algumas empresas utilizam recursos como chatbots, que ajudam a responder às principais dúvidas sobre o processo seletivo e a vaga, o que é bastante interessante para quem está em dúvida sobre a candidatura.

Além disso, a tecnologia permite outros recursos, como:

  • Uso de softwares para unificação da base de candidatos;
  • Formulários para envio de portfólios, currículos e perfis profissionais;
  • Realização de entrevistas e testes online, por meio de ferramentas digitais;
  • Agendamento de entrevistas;
  • Organização e histórico do processo seletivo;
  • Divulgação das oportunidades em redes sociais;
  • Aplicação de testes de perfil comportamental para avaliar fit cultural etc.

Em consequência de todos esses benefícios, a tecnologia acaba gerando redução de carga de trabalho do RH, controle de custos, aumento de contratações assertivas, maior retenção de talentos e maior número de alcance, ampliando o leque de opções para um processo seletivo mais diverso.

Vantagens do sistema de gestão para o recrutamento e seleção de pessoas

Um software de gestão de recursos humanos torna possível uma gestão mais eficiente. Além de ser uma excelente opção para lidar com o significativo volume de dados e informações que são produzidos diariamente, como é o caso dos salários, datas de admissão, desempenho, entre outros. 

Veja as principais vantagens para a seleção de pessoas:

Economia de tempo

Ao adotar um software de recrutamento e seleção, a empresa poderá otimizar todo o processo de seleção de candidatos. 

Isso é possível por meio de dados que são incluídos no sistema, facilitando a organização do recebimento e análise dos currículos para um recrutamento e seleção mais eficientes.

Desse modo, os profissionais gastam menos tempo com burocracias, além de aumentarem a qualidade do processo.

Organização

O sistema de gestão também auxilia a organização de documentos que ficam armazenados em um único lugar. 

Assim, quando for preciso acessar as informações de um determinado candidato, será muito mais simples e prático tê-las em mãos.

Eficiência e produtividade

Ao automatizar alguns processos, a empresa também ganha mais eficiência e produtividade na seleção e recrutamento. 

Afinal, a tecnologia ajuda a simplificar as atividades do setor, deixando os profissionais livres para avaliarem melhor os candidatos.

Segurança de informações

A segurança de dados é outro motivo pelo qual as empresas optam por adotar um sistema como esse. 

Quando as informações dos candidatos são digitalizadas e armazenadas nesse software, ficam muito mais seguras. Isso porque somente pessoas autorizadas terão acesso, preservando os dados dos colaboradores e dos candidatos.

Redução de custos

A tecnologia também ajuda a controlar os custos, já que faz uma análise para determinar a real necessidade de recrutamento e seleção de colaboradores. 

Evita-se, assim, que a empresa tenha mais profissionais do que realmente precisa em sua folha de pagamento.

Decisões inteligentes

Ainda é possível contar com a ajuda do sistema para analisar o perfil dos candidatos com mais cuidado. 

Desse modo, as decisões de recrutamento de pessoas serão mais inteligentes, o que garante para a empresa profissionais que, de fato, vão agregar a qualidade ao trabalho.

Módulos importantes do sistema de gestão de RH

Um sistema de gestão de RH precisa ter módulos que atendam às necessidades do setor e otimizem os processos. Veja os principais pontos que a solução deve atender:

  • Folha de Pagamento: permite o processamento dos encargos sociais, das rotinas trabalhistas, entre outros;
  • Cargos e Salários: permite o controle de troca de cargos, aumentos salariais, entre outros;
  • Recrutamento e Seleção: permite o cadastro de vagas e dos perfis dos candidatos, assim como informações a respeito das avaliações de cada um e o porquê de serem aprovados ou reprovados;
  • Saúde Ocupacional: apresenta as informações a respeito dos exames realizados por cada funcionário, a periodicidade e o prazo de validade deles, entre outros;
  • Ponto Eletrônico: permite a automatização do controle de ponto da empresa;
  • Treinamento: define e executa os processos de treinamento, assim como cursos, especializações, entre outros,
  • Avaliação e Pesquisa de Desempenho: permite a gestão da performance de cada colaborador.

Tecnologias de RH da TOTVS

Desde a administração do pessoal até a gestão do capital humano, as tecnologias da TOTVS podem fazer toda a diferença para sua empresa. São sistemas completos que vão do recrutamento e seleção, até a gestão de cargos, ponto eletrônico e folha de pagamento.

Um grande diferencial oferecido é o aplicativo Meu RH, que permite que os colaboradores tenham acesso ao demonstrativo de pagamento, à gestão de férias, à solicitação de abono e ao espelho de ponto.

Com a tecnologia, o setor de RH da sua empresa será mais integrado, focado, estratégico, otimizado, com alta produtividade e com colaboradores mais satisfeitos. 

Entre em contato com a TOTVS e saiba mais sobre as nossas tecnologias para RH!

Nova call to action

Conclusão

Você conseguiu  visualizar, por meio deste artigo, a importância do processo de recrutamento e seleção de pessoas para uma empresa, certo?

Afinal, são os talentos da empresa que fazem seu sucesso e crescimento.

Felizmente, a tecnologia está disponível para facilitar ainda mais o trabalho dos profissionais que trabalham com seleção de talentos, tornando as etapas menos burocráticas para ambos os lados.

Como dica final, vale reforçar que a empresa busque construir uma cultura organizacional que seja atrativa e que torne isso transparente ao longo do processo.

Além de apresentar os requisitos técnicos e comportamentais, o alinhamento de valores entre empresa e candidato é um pilar fundamental para uma contratação de sucesso.

Agora que você já sabe que um bom processo seletivo reduz custos e fortalece a marca empregadora, que tal conhecer de perto as soluções da TOTVS para o seu RH?

Artigos Relacionados

Deixe aqui seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.