Biblioteca

Leia em 10 minutos

Planejamento de Distribuição aumenta rentabilidade e evita faltas e excessos de estoque

13/07/17 - por TOTVS
Esse conteúdo ajudou você 0 profissionais
compartilhe:

Manter o equilíbrio entre o estoque e a demanda. Esse é o principal objetivo do Planejamento de Distribuição, também conhecido como DRP (Distribution Requirements Planning). No varejo, esse balanceamento de estoques é muito importante, pois evita que as gôndolas dos pontos de venda (PDV) fiquem vazias enquanto o estoque permanece cheio.

Esse desequilíbrio provoca a perda de vendas e impacta os resultados do varejo e também da indústria. Isso sem contar que o consumidor fica frustrado quando vai comprar um produto e a loja não pode lhe vender simplesmente porque ele não está na gôndola. A seguir, mostraremos alguns motivos pelos quais o DRP é importante para o varejo supermercadista, de magazines, de lojas de departamento, entre outros.

Diminui a falta de produtos no PDV

A indisponibilidade em gôndola ocorre por falhas logísticas ou pela própria execução no PDV e pode ocasionar a perda de vendas, o que resulta na diminuição das receitas e em prejuízos financeiros.

Com o Planejamento de Distribuição, é possível diminuir essa falta de produtos por meio da reposição adequada das mercadorias em tempo hábil e manter o equilíbrio entre demanda e estoque. Isso evita que a gôndola fique vazia, que os clientes deixem de comprar porque não encontraram os produtos que procuravam e que o caixa da empresa seja impactado negativamente.

Evita o excesso de mercadorias no estoque

Quando a mercadoria fica armazenada por muito tempo no estoque, o dinheiro investido nela fica parado e a empresa acaba tendo que arcar com altos custos de armazenagem – além dos riscos de perda por vencimento e avaria do produto. O balanceamento de estoque evita esse excesso, para que o varejo não tenha que fazer promoções para se livrar dos estoques parados nem reduzir sua margem de lucro.

Aumenta o giro de estoque

Com um bom Planejamento de Distribuição é possível balancear estoques, ou seja: evitar excessos e, ao mesmo tempo, assegurar que as mercadorias estejam nas gôndolas para serem vendidas. Ao realizar esse balanceamento, há aumento nas vendas e, consequentemente, maior giro de estoque, o que é fundamental para o desempenho das empresas de manufatura. 

balanceamento

Melhora o nível de serviço

A disponibilidade contínua de mercadorias nas gôndolas possibilita que os clientes as comprem na hora em que desejarem. Isso aumenta a sua satisfação e os fideliza, e clientes fidelizados voltam mais vezes aos pontos de venda e geram mais receita. Tudo isso é resultado de um bom nível de serviço, que é gerado graças ao DRP - Planejamento de Distribuição.

Como você pode ver, o Planejamento de Distribuição gera muitos benefícios e, por isso, é importante para o varejo em geral. Mas é válido lembrar que, para gerar todos esses benefícios, o balanceamento deve ser feito por meio de tecnologias e não de forma manual. No mercado, existem ferramentas de DRP que fazem os cálculos automaticamente para que os gestores foquem nas tomadas de decisão.

E você, como vê o Planejamento de Distribuição? Acha que ele é importante para o varejo? Deixe seu comentário com sua opinião!

Fonte: https://blog.neogrid.com

Documento

Download PDF Imprimir

Esse conteúdo ajudou você

Sim Não

O que o varejo de moda tradicional pode aprender com os modelos de negócios de ruptura?

A oportunidade para o varejo na reinvenção das lojas físicas