capacidade-produtiva

Descubra como aumentar sua capacidade produtiva

Equipe TOTVS | GESTÃO DE NEGÓCIOS | 14 julho, 2020

Calcular a capacidade produtiva da sua empresa é essencial para definir o desempenho financeiro do negócio. Trata-se de um cálculo comum no mundo dos negócios e é um meio para que o gestor possa entender o potencial de geração de valor da empresa.

Por esse motivo, neste artigo iremos explicar qual o conceito de capacidade produtiva. Além disso, falaremos sobre como identificar esse métrica no seu negócio, como calcular esse índice e como maximizá-lo.

O que é capacidade produtiva?

A capacidade de produção de uma empresa indica quantos produtos ou serviços ela é capaz de produzir durante determinado período. Essa métrica pode representar a razão e a velocidade de operação da companhia e os lucros derivados de seus produtos e/ou serviços.

Medir essa capacidade pode ser útil para fazer uma gestão mais completa da empresa. Nem sempre produzir mais significa lucrar mais. O ideal é que a operação seja proporcional em relação à demanda que a organização possui para que não haja prejuízos.

Tipos de capacidade produtiva

Para conhecer a capacidade produtiva de uma empresa é preciso analisar sua capacidade instalada, efetiva e realizada. Veja os tipos de capacidade de produção e como funciona cada um deles:

Capacidade instalada

A capacidade instalada de uma companhia representa o nível de produção em relação ao seu potencial máximo produtivo. Ou seja, com essa métrica é possível saber a porcentagem de produção de produtos ou serviços e determinar se está no nível ideal para que o negócio tenha lucros.

Com a capacidade produtiva instalada, o gestor consegue descobrir se a empresa está operando em plena capacidade ou se há um mal aproveitamento de recursos. Assim, é possível verificar a necessidade de aprimoramento para a tomada de decisões mais estratégicas.

Capacidade efetiva

Já a capacidade efetiva demonstra o quanto a organização verdadeiramente é capaz de gerar. Para isso, é preciso considerar a disponibilidade atualizada de mão de obra, intervalos para que haja manutenção e perdas de material por possíveis falhas de processo.

Imagine, por exemplo, uma empresa que produz camisetas. Se nela são trabalhadas 8 horas por dia (ou 460 minutos), com pausas para manutenção preventiva, em 5% desse tempo disponível, a capacidade produtiva efetiva é de 456 camisetas ao dia.

Capacidade realizada

A capacidade produtiva realizada se refere ao cálculo de quanto foi gerado em um período anterior, levando em conta todos os eventos inesperados que possam ter parado a produção de produtos ou serviços.

Sendo assim, se faltou energia na empresa por 4 horas do turno (240 minutos) de operação em um dia, a capacidade produtiva realizada foi de 228 produtos naquele período de tempo.

Nova call to action

Como aumentar a capacidade produtiva do seu negócio?

Antes de mais nada, é preciso identificar a real necessidade do aumento da capacidade produtiva da empresa. Caso haja uma deficiência na produção, então é possível aumentá-la. Veja como:

Terceirize atividades

Para manter seus colaboradores focados no core business da empresa, o ideal é terceirizar atividades secundárias. Contrate parceiros especialistas para assumir tarefas que fogem à proposta de valor da companhia.

Isso pode contribuir muito para ampliar o foco da sua equipe e mantê-la nas operações. Desse modo, será possível aumentar a capacidade produtiva do negócio de forma eficiente.

Realize treinamentos

Outra forma de ampliar sua capacidade produtiva é fazendo uma reciclagem com os profissionais, realizando treinamentos para que se tornem mais produtivos. Os treinamentos podem ser feitos por setor, para manter os profissionais atualizados.

Assim, você desenvolve as habilidades dos colaboradores de forma mais eficiente, além de ter uma melhor gestão de conhecimento da sua equipe. Isso pode dar mais confiança para os colaboradores e manter o time no caminho certo para atingir as metas da empresa.

Crie um bom ambiente de trabalho

O ambiente de trabalho pode impactar muito a produtividade dos colaboradores de uma empresa. Fatores como organização, condições de trabalho, relacionamento entre os colaboradores e a condição dos equipamentos são muito importantes.

Isso porque eles precisam ter as ferramentas certas para que sejam mais produtivos. Por essa razão, o gestor deve buscar manter as melhores condições para que haja mais produtividade.

Invista em tecnologia

A automatização de processos por meio de tecnologias como o sistema de gestão empresarial pode facilitar a maximização da produção e de sua qualidade. Sendo assim, essa pode ser uma boa alternativa para que a empresa eleve seus lucros e desenvolva sua capacidade produtiva.

Um software de gestão pode cuidar de atividades administrativas e financeiras, como a compra de insumos, gestão de estoque, gestão do setor financeiro, relacionamento com o cliente e muito mais. Entenda mais sobre as vantagens de implementar um sistema como esse em sua empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.