IaaS: o que é, como funciona, vantagens e exemplos

Equipe TOTVS | 03 fevereiro, 2022

O IaaS é um modelo de serviços do cloud computing, que corresponde a uma camada de entrega. Na prática, quando falamos de IaaS, falamos de um serviço por assinatura que entrega recursos essenciais de computação, gestão de rede e armazenamento.

Mas afinal, por que o IaaS é importante para os negócios e por que investir em IaaS pode fazer toda a diferença em toda sua organização?

Preparamos um guia essencial sobre o tema, explicando o que é IaaS (Infrastructure as a Service, em inglês), como funciona, como as empresas utilizam esse serviço e quais suas vantagens.

Que tal conferir e aprender tudo? É só seguir a leitura!

IaaS: o que é?

A infraestrutura como serviço (IaaS) é um modelo que define como as empresas fornecem recursos virtualizados baseados em nuvem pela internet.

A IaaS permite que empresas escalem (upgrade ou downgrade) o tamanho desses recursos para entregar seu produto ou serviço a empresas de todos os tamanhos.

Entender esse conceito sem contextualizar o que é cloud computing pode ser um pouco complexo, por isso vamos dar um passo atrás.

A computação em nuvem nada mais é do que um recurso de computação (ou vários) fornecido como um serviço por meio de uma conexão de rede.

Assim, em vez de usar hardware ou software local (on-premise), a computação em nuvem depende do compartilhamento de recursos virtuais.

Lembra quando falamos que o IaaS é um modelo de serviço da cloud computing? É que existem três tipos de serviços em nuvem: IaaS, PaaS e SaaS.

Para facilitar, pense nesses três serviços como uma pirâmide: IaaS é a base, a camada inferior. Já PaaS é a camada central e SaaS a última.

Ou seja, a IaaS é essencialmente o bloco de construção para todos os outros serviços em nuvem.

Como funciona a IaaS?

Após compreender essa organização, é mais fácil compreender como a IaaS funciona. Trata-se de uma infraestrutura digitalizada. Ou seja, um sistema virtual que inclui muitos outros serviços.

Normalmente, é composto de estruturas como data centers, servidores, armazenamento, rede, endereços IP, serviços de cobrança e outras ferramentas comerciais importantes.

Assim, a empresa que contrata a IaaS pode baixar essas estruturas, implementá-las em seu negócio ou utilizá-las para oferecer suas próprias soluções aos clientes finais.

Ou seja, a empresa geralmente nunca acessa (ou sequer vê) a arquitetura física por trás de um provedor IaaS.

O único acesso é por meio do painel de controle que o provedor oferece — e essa é uma de suas grandes vantagens!

Ou seja, a não necessidade de precisar controlar, realizar a manutenção e arcar com todos os custos operacionais de uma infraestrutura de dados.

Tudo o que você precisa para executar suas operações estará disponível por meio do painel de controle, eliminando a necessidade de se embrenhar nas camadas inferiores dos sistemas.

Exemplos de IaaS

Anos atrás, se você quisesse executar aplicativos no seu escritório ou mesmo algo simples, como controlar o site da sua empresa, era necessário comprar servidores e demais suíte de hardwares para tal. Hoje, com a IaaS, isso não é mais necessário.

Com a IaaS, é possível terceirizar suas necessidades. Com o provedor certo, você tem o melhor servidor, capacidade de armazenamento e rede, tudo off-site. Ou seja, longe do seu escritório e acessível pela internet!

Entre os exemplos de IaaS, podemos mencionar:

  • Testes de apps: criação de ambientes de desenvolvimento e teste para melhorar o time-to-market de aplicativos.
  • Aplicativos Web: toda infraestrutura necessária para executar aplicativos Web (web apps) em grande escala, incluindo armazenamento, servidores e redes.
  • Armazenamento, backup e recuperação: utilização dos serviços de armazenamento em nuvem para melhor gerenciar dados e sistemas de backup e recuperação.
  • Computação de alto desempenho (HPC): o IaaS proporciona recursos que capacitam o HPC para as empresas, permitindo que seja utilizado sob demanda.
  • Análise de big data: o processamento e a análise de grandes volumes de dados exigem uma infraestrutura complexa, incluindo sistemas de armazenamento, mecanismos de processamento e bancos de dados de alta velocidade. Os provedores de IaaS fornecem essa infraestrutura como um serviço — bem como serviços complementares de PaaS, que permitem realizar análises reais, incluindo aprendizado de máquina e IA.

Quem utiliza IaaS?

Normalmente, empresas que utilizam a IaaS buscam uma infraestrutura capaz de ajudá-las a gerenciar e organizar seus recursos virtuais. Ou seja, especialmente organizações que desenvolvem softwares ou aplicações digitais.

É que a IaaS pode ser utilizada para criar soluções de TI em ambientes controlados, escaláveis e completamente gerenciáveis.

É uma alternativa de menor custo do que a compra de hardware (e todos os custos relacionados à gestão e manutenção) para realizar tais ações.

Além disso, é essencial para empresas em crescimento exponencial e que necessitam de uma infraestrutura escalável e maior capacidade de gerenciar seus recursos, ferramentas e setores.

Como as empresas estão usando a IaaS?

E, afinal, como as empresas utilizam a IaaS? Existem diversas finalidades para a Infraestrutura como Serviço. Separamos alguns de seus usos para que você compreenda de maneira aprofundada, confira:

Armazenamento de dados

A IaaS fornece serviços de data center localizados em qualquer lugar.

São máquinas físicas que podem ser acessadas via internet e que oferecem capacidade escalável de armazenamento de dados.

Computação

Por ser uma ferramenta virtual, a IaaS é essencialmente uma máquina virtual de enorme capacidade que ajuda a gerenciar recursos.

Normalmente empresas de menor porte não têm capacidade de investir em hardware para escalar sua operação, e empresas maiores, mesmo que possuam hardware, costumam dedicá-las a dados e recursos mais importantes do negócio.

Portanto, é seguro dizer que ambos os tipos de empresa precisam de outra entidade para ajudar a equilibrar a gestão de informações e ferramentas.

Rede

Isso se refere ao gerenciamento e recursos de nuvem que a IaaS fornece.

O espaço físico é uma propriedade importante para as empresas, portanto, armazenar informações, ferramentas e recursos em uma rede é importante, e poder fornecer isso ajuda as empresas a estruturarem seus negócios da forma que necessitem.

Os principais desafios da IaaS para pequenas e médias empresas

Há um dilema presente na mente dos gestores de pequenas e médias empresas relativo ao uso da IaaS. Afinal, suas empresas possuem estrutura e necessidades menores do que grandes organizações. Por isso, seria a IaaS dispensável?

Esse é um pensamento equivocado, já que as pequenas e médias empresas podem muito bem utilizar os serviços de cloud computing.

Certamente, a dinâmica administrativa é muito diferente, mas isso não significa que a nuvem não possa ser moldada para atender a negócios de todos os tamanhos.

Entre os exemplos de usos da IaaS para pequenas e médias empresas, podemos mencionar:

  • IaaS pode ser usada para firewalls, endereços IP, servidores, roteadores, hospedagem de desktop virtual, armazenamento e muito mais — independente do tamanho do negócio.
  • A IaaS elimina todos os custos de compra, taxas e manutenção associados ao hardware.
  • A maioria das pequenas empresas não têm tempo ou recursos para gerenciar suas ferramentas, o que torna a IaaS uma ótima alternativa.
  • Como muitas pequenas empresas, as novas empresas não têm capital para investir em hardware. A IaaS é uma alternativa muito menos custosa.
  • As pequenas empresas geralmente se transformam em grandes empresas, o que significa que precisam de infraestrutura que cresça com elas, e a IaaS faz exatamente isso.

Qual a diferença entre SaaS, PaaS e IaaS?

Quando se estuda um pouco mais sobre a computação em nuvem, é comum se deparar com 3 modelos interligados por um tempo “as a Service” ou “como Serviço”, são eles: Infraestrutura como Serviço (IaaS), Plataforma como Serviço (PaaS) e Software como Serviço (SaaS).

Esses 3 modelos de entrega correspondem ao seguinte:

  • IaaS: Infraestrutura de hardware por meio de um ambiente de nuvem mantido por um provedor. Os recursos são configuráveis e você, por meio do painel de controle, pode dimensionar servidores, capacidade de armazenamento, processamento, entre outros.
  • PaaS: Continua a se basear na hospedagem de infraestrutura, mas adiciona soluções de software e tecnologia na nuvem. São plataformas em que soluções de TI podem ser desenvolvidas e implantadas. Costumam ser utilizadas apenas para aplicação, com estrutura pronta para ser usada.
  • SaaS: Trata-se do consumo de uma solução pré-construída que já foi configurada. Como consumidor, você está consumindo completamente a solução e não se preocupando com qualquer infraestrutura ou gerenciamento de aplicativos.

Quais são as principais vantagens da IaaS?

Mas realmente vale a pena investir em IaaS? Separamos alguns dos principais benefícios atrelados a esse modelo de serviço, confira:

Reduz custos

A redução de custos é um dos principais benefícios da IaaS, devido aos baixos custos relativos à infraestrutura, especialmente no que diz respeito ao investimento inicial e custos de manutenção.

Também não é necessário pagar taxas mensais ou anuais por “benefícios” que não usam.

A IaaS economiza dinheiro para as empresas porque não as força a comprar mais capacidade ou recursos de computação que precisam.

Garante mais mobilidade

Com o trabalho moderno e os modelos de home ou anywhere office, as empresas precisam de uma infraestrutura realmente móvel.

Com a IaaS, os funcionários podem acessar seus arquivos e dados de qualquer lugar, podendo se conectar ao escritório virtual ou a ferramentas digitais de forma fácil e rápida.

Aumenta a escalabilidade

Com a IaaS, as empresas podem escalar para cima e para baixo dependendo de suas necessidades.

Essa flexibilidade com dimensionamento permite que as companhias respondam a qualquer mudança em tempo real.

Gera mais segurança

Sim, em uma IaaS, a contratante não controla a segurança dos dados da nuvem, mas os provedores precisam estar alinhados com as exigências de cibersegurança do mercado.

O que garante um nível maior de preocupação com essas questões.

Possibilita rapidez na inovação

A concorrência fica mais forte a cada ano, o que exige que as empresas se adaptem a uma cultura de inovação.

Como a IaaS permite escalabilidade, elas podem vender mais rapidamente para qualquer cliente em potencial.

Além disso, podem potencializar o desenvolvimento de soluções e seu time-to-market.

Permite acesso em tempo integral

Na IaaS, a infraestrutura não será afetada se a internet ou um componente de hardware falhar. Ou seja, é possível acessá-la em tempo integral, mesmo sem conexão à internet.

Promove mais eficiência nas operações

O objetivo de todo negócio é crescer. O crescimento levará a mais clientes e a mais trabalho, o que acarretará em mais dados.

Com o crescimento dos negócios, você precisa contratar mais funcionários para manter a infraestrutura de tecnologia.

Mas com a IaaS, você não precisa se preocupar, pois a solução usa tecnologia de ponta que pode ser dimensionada ou reduzida facilmente para atender às necessidades da sua empresa.

Assim, seu time foca no que realmente importa, enquanto a gestão do ambiente fica a cargo do provedor.

O que analisar ao escolher um provedor de IaaS?

E agora, que tal testar todos esses benefícios e ver o quão impactante a IaaS pode ser para o seu negócio? Saiba que o processo de escolha do provedor deve obedecer a alguns critérios.

Entre os principais pontos de atenção, destacamos:

  • Usabilidade: As interfaces da IaaS devem ser projetadas de forma lógica e intuitiva para que seja fácil para os usuários interagirem com os produtos.
  • Interoperabilidade: Os produtos e serviços individuais da IaaS devem ser facilmente integrados a outros produtos que ajudem no desempenho geral, flexibilidade e escalabilidade das operações.
  • Integração: Se sua solução de IaaS exigir que você use bancos de dados ou ferramentas de administração diferentes, ela não é uma solução integrável.
  • Funcionalidade: Provedores de nuvem com maiores funcionalidades oferecem serviços de consultoria para ajudar a migrar e executar cargas de trabalho corporativas, juntamente com ferramentas de desenvolvimento que permitem a entrega rápida de aplicativos e serviços.
  • Segurança: O provedor de nuvem deve ser responsável pelo gerenciamento, segurança e conformidade da infraestrutura, assegurando suas ações de cibersegurança.

TOTVS Cloud

Com a TOTVS Cloud, você deixa a administração dos seus sistemas TOTVS com quem realmente entende do assunto. Assim, ganha tempo para focar no seu negócio.

A nuvem da TOTVS é totalmente paga em moeda nacional, com previsibilidade de custos e 45% de economia média em infraestrutura. 

Com hospedagem segura e controle financeiro, fica muito mais fácil gerenciar os sistemas que a sua empresa utiliza com agilidade e versatilidade.

E, claro, eles ficam sempre disponíveis para acesso, já que a TOTVS Cloud possui zonas de disponibilidade por todo o país, além de garantir total segurança e adequação à LGPD.

Que tal entender os diferenciais e benefícios do serviço? Veja tudo o que a TOTVS Cloud pode proporcionar para a sua empresa!

ebook totvs cloud

Conclusão

A computação em nuvem é uma das tecnologias mais promissoras para a TI atual e futura.

E a infraestrutura como serviço (IaaS) é um modelo de serviço em nuvem mais flexível, capaz de fornecer acesso instantâneo a soluções de computação, armazenamento e rede completas.

Ela traz muitos benefícios para as empresas, como redução nos custos operacionais, gerando economia em investimentos com hardware, manutenção e atualizações de software.Gostou de aprender sobre o assunto? Então siga lendo os nossos conteúdos. Que tal conhecer o conceito de User Experience e sua importância hoje em dia?

Artigos Relacionados

Deixe aqui seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.