Quer transformar sua empresa em um negócio ágil? Vamos mostrar como!

Quer transformar sua empresa em um negócio ágil? Vamos mostrar como!

Equipe TOTVS | GESTÃO DE NEGÓCIOS | 16 novembro, 2018

Com o avanço da tecnologia e da informação, a metodologia ágil vem ganhando força no mundo empresarial. A ideia dessa nova técnica, é deixar o seu negócio ágil para melhorar a autonomia, o desenvolvimento e a relação com o cliente.

O método, que foi desenvolvido inicialmente pela área de TI, vem ganhando espaço no mundo corporativo e conseguindo mais adeptos. A transformação para o modelo ágil pode ser um desafio para o seu negócio. Todavia, graças a ele, a sua organização será capaz de sobreviver e crescer nessa nova era da informação.

Com essa forma de entender as operações que acontecem dentro do seu negócio, é possível otimizar a contribuição dos colaboradores com clientes e parceiros, e também pode-se agilizar, mensurar e automatizar toda a cadeia produtiva da empresa.

Um desses modelos é chamado de Business Process Management (BPM) . Graças a ele, grandes mudanças poderão ser feitas para melhorar todo o processo, ajudando na tomada de decisões mais eficazes.

Segundo pesquisa da Oracle, até 2020, as empresas que utilizam o método ágil terão um aumento de 2 a 3 vezes na produtividade. E 95% das empresas que são adeptas ao conceito podem aumentar a rentabilidade, em comparação com os 70% das que não usam.

Se você quer saber um pouco mais sobre esse método, acompanhe a leitura. Vamos mostrar os principais benefícios e passos de uma produção ágil!

Analise seus recursos

Antes de começar a implantar a fórmula para deixar seu negócio ágil, é importante que exista uma análise completa dos recursos da companhia. Identifique quais são as tecnologias que estão à disposição e que podem ajudar a integrar e acessar os dados da sua companhia de forma fácil e prática, como o sistema de gestão ERP.

Depois, faça um levantamento dos talentos e das habilidades dos seus colaboradores e desenvolva um código de cultura, caso ainda não tenha. Essas informações serão importantes na hora de ir para o próximo passo.

E, claro, busque empresas e parceiros com quem você conseguirá trabalhar em conjunto após aplicar o método.

Monte uma equipe

Montar um time pode parecer fácil em um primeiro momento, mas exige acompanhamento especial. Busque sempre a mesclagem entre novatos e experientes. Dentro dessa combinação, tente misturar funcionários com diferentes habilidades de negócios e técnicas.

O aconselhado é que os times tenham entre duas ou três pessoas com conhecimento a mais, para que a organização produza colaboradores mais eficazes ao longo do tempo. Além disso, essa fusão vai trazer novas visões para os processos e pode ser responsável pela melhoria e agilidade do trabalho.

Por causa do excesso de decisões que caem sobre um executivo, o que pode ocasionar atrasos e prejuízos, é importante que os times sejam encorajados a fazerem as próprias escolhas. O sucesso vai partir da confiança no trabalho, do alinhamento com as expectativas da empresa e do cliente, e do foco no sucesso do negócio.

Outro ponto importante é que a cultura do feedback esteja presente na comunicação entre os membros do time e também entre as equipes. Esse é um grande fator para a melhoria dos processos, principalmente na implantação da metodologia ágil.

Se um colaborador não se adequar a um determinado time, faça as trocas que forem necessárias. Mas não pare o desenvolvimento em momento algum.

Mapeie estratégias

Vivemos em um momento que é considerado como a quarta revolução industrial, devido às transformações digitais que surgem a cada dia. Os processos e acompanhamentos analógicos passaram a ser sinônimos de atraso. O foco agora é automatizar todo o processo para o seu negócio ser ágil.

Graças a sistemas de gestão, como ERP, seguir as principais métricas e se desenvolver a partir delas ganhou mais agilidade e importância. É por causa dessa busca por números melhores que empresas crescem e conseguem se destacar no cenário. O que antes era pouco importante, hoje passou a ser usado como um mapa para guiar o seu negócio.

É por meio desse “mapa” que você será capaz de definir as estratégias e acompanhar as melhores formas de aumentar a sua produtividade e agilidade. A dica para aprimorar os seus planos é focar em um grande concorrente e o ter como um ponto-chave. Com clareza, defina aonde você quer chegar.

Com os seus times montados e elaborados, faça reuniões ao fim de cada ciclo e reavalie toda a estratégia. Esses ciclos devem ser traçados e definidos em pequenos prazos de entrega que levarão a um resultado de longo prazo.

Ou seja, caso o seu objetivo seja ter 1.000 clientes em um ano, avalie de mês em mês como a sua estratégia está se desenvolvendo. Veja se os números estão sendo alcançados e como melhorá-los. Mude se for preciso e foque nos consumidores. Isso vale tanto para os seus negócios quanto para a implantação de algum serviço para o seu cliente.

Inspire-se em empresas que já usam o método

Atualmente, grandes organizações já utilizam a metodologia ágil na gestão dos seus negócios, como a Tetra Pak. A companhia que revolucionou a forma de empacotamento no mercado alimentício encontrava problemas na mobilidade para se destacar no comércio internacional.

Antes de colocar em prática o processo de agilidade, ela usava o modelo que ainda é muito comum. Toda reunião para avaliar o processo, as táticas e as metas só era realizada uma vez por ano. Isso deixava a empresa atrás das concorrentes (indústria de contêineres de plástico e startups chinesas que vendiam os materiais a baixo custo).

Diante desse cenário e para se fortalecer, em 2010, a organização criou times para acompanhar o crescimento em longo prazo, aproximou as áreas de finanças e planejamento, passou a utilizar o ciclo contínuo para a tomada de decisões e começou a desenvolver planos customizados por meio de avaliações do mercado.

Com a iniciativa, a Tetra Pak diminuiu o tempo, a força de trabalho e o desperdício de dinheiro. Com todo esse processo, ela foi capaz de reagir melhor às mudanças que o comércio exigia. Aumentou o seu valor, ganhou agilidade e se consolidou como a maior companhia de processamento e embalagem de alimentos do mundo.

Para isso, foi preciso que toda a companhia trabalhasse em sintonia para otimizar o processo e motivar clientes e funcionários. Seu conceito é baseado na divisão de pequenos times dentro da sua organização, para que trabalhem de forma mais eficiente e rápida. Caso você ainda não utilize esse método, certamente ele fará parte dos seus negócios no futuro.

Se você quer saber mais formas de tornar o seu negócio ágil e manter a sua empresa no topo, assine a nossa newsletter gratuitamente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.