Entenda o que é PO e quais suas principais funções

Equipe TOTVS | GESTÃO DE NEGÓCIOS | 10 setembro, 2020

Ainda surgem algumas dúvidas sobre o que é PO e qual sua importância. A presença desse profissional tem sido cada vez mais essencial para o sucesso de projetos. Assim, essa prática vem sendo mais comum nas empresas devido à sua eficácia em orientar toda a equipe durante o desenvolvimento de um novo produto.

Essa é uma forma de fazer com que o desenvolvimento do projeto seja otimizado, o que pode proporcionar mais produtividade e qualidade no trabalho. Por isso, neste artigo, falamos mais sobre as vantagens de contar com um PO na equipe.

O que é PO?

Para facilitar a compreensão sobre o que é PO, é preciso saber o que essa sigla significa. O Product Owner de uma equipe é responsável por liderar o processo de desenvolvimento de um produto. Ele está presente, especialmente, em metodologias ágeis, como o scrum.

Resumidamente, a metodologia scrum pode ser usada com a finalidade de gerenciar e planejar os projetos. Ela visa desenvolver e entregar uma iniciativa com qualidade e de forma rápida, evitando o desperdício de tempo no processo. 

Para que a aplicação do scrum dê certo, é preciso que a equipe esteja muito bem alinhada e se dedique ao máximo. Por isso, nesse caso, é tão importante a presença do product owner.

Esse profissional ficará responsável por ter a visão estratégica do projeto, que envolve quem será o público que vai utilizar o produto e quais as metas que devem ser alcançadas. O PO também tem a incubência de criar o product backlog, uma lista com as principais necessidades do cliente.

Melhores práticas para o PO

Apesar de, muitas vezes, ser essencial, o papel de um PO nem sempre é fácil. Isso porque, esse profissional precisa cobrar resultados da equipe e ser uma figura motivacional. Além disso, necessita também conhecer as limitações da equipe para entender o que é possível ser feito.

E, para ajudar você a entender mais sobre o papel do PO na equipe, falaremos a seguir sobre algumas das boas práticas a serem seguidas por esse profissional. Veja:

Facilitar a comunicação

No desenvolvimento de projetos, o PO está em contato com muitas pessoas, tanto da gestão da empresa quanto de sua equipe. Sendo assim, é essencial que esse profissional tenha uma boa comunicação e facilite a troca informações. 

Ele deve ser capaz de negociar com seus superiores, para lidar com os requisitos exigidos pelos clientes ou por outros setores da empresa. O PO deve entender a linguagem da alta gestão e saber explicar o que é possível ser executado pela equipe.

Atualizar o project backlog

Como vimos anteriormente, parte da função do PO é manter o project backlog sempre atualizado, para que os itens listados continuem sendo importantes no desenvolvimento do projeto.

Afinal, o backlog vai guiar a equipe ao longo do projeto, sendo de extrema importância para que tudo saia conforme o planejado. Portanto, ele precisa ser o reflexo de cada discussão, alteração e nova informação. 

Entender o cliente

Outro fator muito importante para entender o que é um PO é saber que uma de suas principais funções é entender quem é o cliente e quais são suas necessidades. Muitas vezes, o próprio cliente tem dificuldade em externalizar o que espera do produto. 

Portanto, é essencial que o PO consiga extrair essa informação dele, instruindo-o sobre os valores ágeis. Mostrar a ele como evitar desperdício de tempo pode ajudar, inclusive, a equipe a ser mais produtiva.

Incentivar a produtividade

Outra importante função do product owner é estimular a produtividade do time, priorizando o project backlog. Ele precisa ouvir os profissionais e tentar ajudá-los a solucionar problemas.

Ter uma constante de trabalho, mantendo o padrão a cada novo item da backlog tornará os profissionais da equipe mais focados, gerando mais produtividade. Essa é uma forma simples de otimizar o trabalho e manter o time em sintonia.

Nova call to action

O uso da metodologia ágil

Após entender o que é PO e quais suas funções, é possível ver que, no desenvolvimento de produtos, como os softwares, podem ser aplicadas metodologias ágeis. Esse conceito já é estudado no universo dos desenvolvedores e cada vez mais é aplicado aos times de developers das empresas.

Por isso, elaboramos um artigo falando mais sobre a metodologia ágil e seus diferenciais para favorecer a padronização de processos e a adoção de práticas de excelência na gestão de projetos. Veja e entenda mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.