Sistema para hotel: Por que o seu negócio precisa adotar?

Equipe TOTVS | HOSPITALIDADE | novembro 14, 2019

Na era da transformação digital, os hábitos para tocar um negócio estão mudando cada vez mais. Um sistema para hotel é a opção mais do que certa para aderir um plano de negócios que junte estratégia, tecnologia e pessoas para fortalecer o segmento.

Em uma expectativa dos serviços prestados, tudo o que seu hóspede quer é um bom atendimento agregado à uma experiência sensacional, seja em uma viagem de negócios ou lazer.

É nesse cenário que um sistema de gestão hoteleira, como o PMS, pode entrar em ação, trazendo diversas frentes de atuação dentro da rotina, da reserva ao check-out.

Como um sistema para hotel pode ajudar o seu negócio?

O sistema PMS tem o objetivo de não apenas otimizar processos internos para gestores de hotéis e administradores de franquias, mas também buscar soluções no aprimoramento dos serviços.

Implementar um software de gestão hoteleira torna mais fácil o controle de rotinas, como check-in e check-out. Esses tópicos, por exemplo, costumam ter filas acumuladas, algo que desagrada muito o público.

Da mesma forma, é comum observar falhas de comunicação entre pedidos de reservas não aprovados em tempo pela recepção, causando um grande transtorno para o hóspede.

Mas não são só essas tarefas de frontoffice que saem ganhando com a modernização dos sistemas. Veja outros tópicos que também são afetados positivamente ao modernizar a gestão de hotéis. Confira:

  • Almoxarifado;
  • Contábil;
  • Finanças;
  • Compras;
  • Contratos;
  • Planejamento e Orçamento;
  • Controle de Qualidade,
  • Faturas.

Em quais pontos o sistema para hotel são aplicados?

O que os hotéis podem fazer para garantir a satisfação do hóspede e assegurar que ele volte? Colocar o frequentador do seu hotel no centro da operação é a opção clara, porém um bom atendimento não basta.

É preciso trazer inovações e potencializar a jornada do público, fixando a experiência em sua memória. Nesse quesito, a tecnologia é a melhor escolha para apoiar todas as etapas desse processo. Acompanhe essas fases nos tópicos que separamos a seguir.

  • Receita: faça um planejamento da sua demanda de hospedagem e flexibilize tarifas para períodos onde a procura é menor. Dessa forma, hotel e hóspede saem ganhando;
  • Reservas: é muito importante poder inserir e editar reservas individuais ou de grupos de forma ágil. Valores de orçamento devem estar sempre à mão;
  • Mobilidade: oferecer atendimento ao hóspede fora do balcão do hotel é fundamental. Funcionalidades de FNRH e a Roomlist são associadas aos celulares dos hóspedes,
  • Vendas integradas: os sistemas hoteleiros permitem integrar o setor comercial com o de vendas de agências de viagem e sites de buscas, fazendo a comparação dos preços de pacotes.

Um sistema para hotel que otimiza a jornada do hóspede

É preciso entender que a tecnologia é um investimento que proporciona um aumento de produtividade e é capaz de transformar a experiência do hóspede, sempre agregando valor ao estabelecimento.

Enquanto muitos hotéis já utilizam sistemas para tentar reforçar o relacionamento com o cliente, essa cultura de dados muitas vezes não é usada de forma inteligente.

Imagine um cenário onde um cliente sempre se hospeda na mesma rede de hotéis. Em um determinado momento, na unidade específica de uma região, ele registra uma reclamação na avaliação final sobre o ar-condicionado ou os lençóis, por exemplo.

Se esses dados estiverem integrados à uma cadeia de informações, no próximo check-in em outro hotel da mesma rede os sistemas já conversam e trabalham para dizer à gerência que aquele hóspede precisa de mais opções.

Essa é uma ação bastante simples e que não exige muitos gastos, mas consegue transformar a experiência do hóspede em algo memorável e satisfatório.

Por que escolher um sistema de hospedagem TOTVS?

O sistema de hotelaria TOTVS PMS unifica todas as funções de gerenciamento em um só lugar. O PMS é disponibilizado na nuvem e prioriza o design responsivo.

Assim, você pode acessar a partir de tablets, desktop e notebooks. A proposta é conseguir acompanhar indicativos como REVPAR, taxa de ocupação, diária média e receita. Tudo em tempo real.

Os módulos podem ser contratados de forma flexível, atendendo desde pequenos até grandes empreendimentos. A tecnologia BYOD (Bring Your Own Device ou “Traga seu próprio dispositivo”) permite ao hóspede fazer solicitações pelo smartphone.

Outro exemplo são as soluções de Customer Experience Relation, uma evolução do CRM. Se o hotel tem muitas informações sobre seus hóspedes, mas elas estão isoladas em plataformas distintas, aqui tudo é conectado em um só ambiente, com fácil acesso e leitura das informações.

Se você se interessou pela solução da TOTVS e quer saber mais sobre como transformar positivamente o seu negócio hoteleiro, continue acompanhando nosso blog para não perder nenhum conteúdo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *