CRM: o que é, para que serve, tipos e por que sua empresa precisa?

A sigla CRM significa Customer Relationship Management, ou Gestão de Relacionamento com o Cliente. Esta é uma ferramenta essencial para o agrupamento e organização das informações de todos os clientes de uma empresa.  O sucesso de diversas empresas é baseado em vendas muito bem feitas, sejam de produtos ou serviços.  E, então, como você administra …

Equipe TOTVS | 10 junho, 2022

A sigla CRM significa Customer Relationship Management, ou Gestão de Relacionamento com o Cliente. Esta é uma ferramenta essencial para o agrupamento e organização das informações de todos os clientes de uma empresa. 

O sucesso de diversas empresas é baseado em vendas muito bem feitas, sejam de produtos ou serviços. 

E, então, como você administra as informações necessárias para não apenas atrair, mas melhorar o relacionamento com os seus clientes? Se tem dificuldades com esse ponto, a melhor solução é usar um CRM integrado ao ERP

Para te ajudar nessa missão, esse conteúdo traz os seguintes tópicos:

  • O que é CRM? 
  • O que faz o CRM?
  • Por que sua empresa precisa de um CRM?
  • Conheça os tipos de CRM
  • Quais são as aplicações do CRM
  • Perguntas Frequentes sobre CRM
  • Escolhendo o melhor CRM para sua empresa

Aproveite todas as dicas e aprenda a diferenciar e integrar seu ERP com seu CRM!

O que é CRM (Customer Relationship Management)?

Descobrir o que é CRM e para que serve é o primeiro passo para você acertar a comunicação com os seus clientes e, com isso, transformar o que você vende como solução para os problemas das pessoas.

A partir de agora, você poderá se aprofundar no assunto. Boa leitura!

Definição de CRM

Para responder à grande dúvida, há duas definições. Veja:

Teórica: a sigla CRM (Customer Relationship Management) significa Gestão de Relacionamento com o Cliente.

Prática: o termo também corresponde a uma ferramenta para agrupar e organizar todos os dados dos clientes.

Qual é o principal objetivo do CRM?

O CRM tem como intuito ajudar a empresa a organizar um processo essencial, mas muito complexo, da gestão de vendas. É uma ferramenta que viabiliza a criação da melhor experiência do cliente.

Desse modo, é possível conhecer seus leads e clientes em um nível mais aprofundado do que antes — entendendo detalhes sobre as nuances de sua relação, como os comportamentos, tendências e necessidades.

Assim, o CRM ajuda as empresas a nutrir suas relações com os clientes em curto, médio e longo prazos, facilitando a tarefa de fazê-los felizes.

Na prática, trata-se de uma metodologia e também tecnologia capaz de transformar seus resultados, aumentando a fidelidade e a satisfação dos clientes.

O que uma ferramenta de CRM faz na prática?

Juntando as duas explicações do tópico anterior, é possível concluir que CRM é uma maneira de se relacionar com os clientes por meio do apoio de um software específico

Então, no dia a dia da sua empresa, funcionaria assim: ao entrar em contato com um cliente, o CRM software capta todas as informações interessantes sobre quem está do outro lado, sendo elas: nome, telefone, endereço, e-mail, quais ações a pessoa fez dentro do seu site, quais produtos ou serviços ela já comprou etc. 

Trata-se de um verdadeiro mapeamento do comportamento do seu cliente gerando dados que podem servir de insumo para estratégias futuras e melhorias de produto.

Além disso, também são reunidos e exibidos todos os tipos de interações e estratégias que você já aplicou — tenham elas dado certo ou não.

Ou seja, é a forma mais eficaz de colher, mapear e cruzar todos os dados dos clientes. 

Dessa maneira, você consegue atrair mais consumidores, fazer vendas (conversões), atender de forma personalizada e garantir a retenção dos clientes, ou seja, exercer na prática o Customer Experience.

Por que sua empresa precisa de um sistema CRM? Importância e 5 vantagens

Foi-se o tempo em que investir em marketing significava um bônus no trabalho das empresas. 

Cada vez mais, esse esforço se torna essencial para quaisquer negócios. Afinal, é possível alcançar vários fatores positivos, entre eles:

  • Fidelização de clientes;
  • Crescimento em vendas;
  • Reconhecimento dos clientes;
  • Fortalecimento e notoriedade; 
  • Poder de competição no mercado;
  • E mais. 

Para que tudo isso seja viável, há um cuidado essencial: o bom relacionamento com os clientes.

Quem se comunica bem, sobretudo, entende os desejos e as “dores” dos outros, e ganha muito mais pontos.

Por isso, foque em fazer abordagens realmente assertivas, boas vendas e, claro, em conquistar a confiança dos consumidores.

E é exatamente aqui que entra, especificamente, o CRM — o pilar da gestão de relacionamento com os clientes. 

Ainda que o conceito fosse “apenas” isso, ou seja, o CRM como ferramenta de marketing de relacionamento, já valeria muito o esforço.

Mas a estratégia proporciona mais benefícios, confira quais são eles: 

Praticidade na rotina de trabalho

Pare e pense: como o seu time comercial se comunica com os clientes?

Se para reunir ou consultar informações, a equipe ainda usa aquele monte de planilhas e documentos, chegou a hora de mudar isso! 

Com os softwares de CRM fica mais fácil concentrar os dados dos consumidores em um mesmo lugar. Isso gera muito mais praticidade na rotina de trabalho. 

Otimização de tempo

O jeito prático de trabalhar também impacta, claro, na otimização de tempo.

Sem dúvidas, os seus colaboradores poderão pegar as informações no software e já fazer follow-ups, mandar e-mails e outras ações de marketing.

Tudo com muita rapidez e eficiência. 

Assim, sobra mais tempo para atender a um número maior de clientes, pensar em novas estratégias, conversar com outras equipes e afins. 

Banco de dados rico e seguro

Como comentado anteriormente, o segredo do bom relacionamento com o cliente é conhecer e entender todas as necessidades dele. 

Por isso, é imprescindível captar o maior número de informações. Mas não basta isso, ainda é fundamental deixar todos os dados em um local seguro. 

Com os sistemas de CRM, a sua empresa constrói uma biblioteca rica e, também, bem protegida. 

Nesse ponto, vale ressaltar que muitos softwares de CRM fazem o armazenamento na nuvem. Isso evita a perda das informações caso os seus computadores quebrem, sejam roubados etc. 

Satisfação dos clientes

Ao ter um número maior de referências sobre os clientes, e com a automação de marketing em mãos, fica mais fácil entender as expectativas e oferecer o seu melhor. 

Com isso, os consumidores podem se identificar ainda mais com a sua marca, enxergar valor e se sentirem à vontade para realizar a compra de produtos ou serviços. 

Não tenha dúvidas de que as pessoas realmente estão atentas à comunicação efetiva e ao relacionamento construtivo. Cada vez mais, os clientes desejam ver significado e bons valores em tudo

Vamos usar um exemplo para ilustrar, ainda mais, esse ponto do relacionamento. 

No início da pandemia causada pelo novo coronavírus, os consumidores esperavam que as empresas servissem de exemplo. Mais do que isso, 25% dos brasileiros desejavam que fossem justamente as marcas que guiassem as pessoas para a mudança, a partir do exemplo. 

Isso foi o que mostrou uma pesquisa realizada pelo Kantar Ibope, entre 13 e 16 de março de 2020. 

Agora imagine: o que a sua empresa faria hoje, para informar e agregar valor aos clientes perante uma crise mundial de saúde? 

Certamente, seria necessário entender dúvida por dúvida e anseio por anseio dos consumidores. 

Depois, acertar na construção dos informes, no tom de voz, no desenvolvimento de produtos e serviços eficientes, no esgotamento das dúvidas e no relacionamento a longo prazo com os clientes

Esse tipo de estratégia demonstra inclusive uma preocupação da empresa no pós-venda e principalmente em criar uma comunicação mais horizontal para reter e fidelizar seu cliente.

Para dar sequência a tudo isso, o início correto é um só: a gestão de relacionamento com o cliente, ou seja, o CRM! 

Crescimento das vendas

No final das contas, a maior necessidade do seu negócio é realizar vendas — e, se possível, aumentar esses números.

Uma ótima maneira de conquistar isso é direcionando seus esforços para vender para as pessoas certas.

Veja bem: nem todos os leads serão adequados para o seu negócio, e alguns terão maior valor que outros.

O CRM possibilita que o seu time preencha todo pipeline de vendas com leads e prospects qualificados, revelando oportunidades preciosas de conversão.

Como? Bom, com a centralização dos dados, é possível conhecer seus melhores clientes, entendendo o motivo da sua relação por meio dos dados.

Essas informações servem de base para a criação de um perfil completo, com as mais diversas características.

Ao entender o que os melhores clientes têm em comum, seu time de vendas tem um norte a seguir quanto aos esforços de prospecção e negociação.

Desse modo, é provável que o time feche maiores e melhores negócios.

Conheça os tipos de CRM

Agora que você já sabe o que é e para que serve o CRM, chegou a hora de conhecer os tipos de gestão para se relacionar com os clientes

CRM operacional

O CRM operacional, como o próprio nome adianta, tem mais a ver com a ação em si. Ele é extremamente importante para que a equipe comercial capte todos os dados do cliente para, então, saber como fazer uma abordagem assertiva. 

Isso ajuda a simplificar atividades rotineiras da equipe de vendas.

Como o follow-up para apresentação de produtos e serviços com grandes soluções, persuadir com eficiência e, também, fazer a proposta comercial no melhor momento. 

Além disso, o CRM operacional é essencial para a empresa receber o feedback sobre o atendimento. 

CRM analítico

Você precisa fazer observações minuciosas e traçar estratégias para o relacionamento com o seu cliente? Então, o CRM analítico é a melhor escolha.

A função dele, basicamente, é colocar os dados dos clientes na mesa, para que as equipes possam estudar tudo com calma. 

Em seguida, fica mais simples desenhar a persona, ou seja, o perfil do consumidor ideal.

Com o tempo, esse cuidado garante mais eficiência nas campanhas de marketing e nas  próprias tomadas de decisão das equipes. Aproveite, ainda, para analisar melhor os seus investimentos e lucros! 

CRM colaborativo

Marketing de sucesso também é trabalho em conjunto. É por isso que o CRM colaborativo se faz tão necessário.

O papel dele é reunir informações de modo que todas as equipes possam se comunicar, trocar ideias e inovações. 

Um exemplo: as áreas de atendimento, marketing e comercial da sua empresa não só podem, como devem trabalhar em conjunto.

Assim, a primeira entra em contato com o cliente para saber as necessidades dele. 

Já o marketing, por sua vez, cria campanhas personalizadas. E a terceira parte, ou seja, o comercial realiza a venda para o prospect ideal apontado lá no início do processo. 

Lembre-se unir esforços garante maior satisfação dos clientes e, claro, impacta no sucesso da sua marca. 

CRM estratégico

O CRM estratégico serve para que a empresa analise todo o mercado a fim de entender como a concorrência age e, consequentemente, as maneiras de superá-la. 

Além disso, é papel desse sistema de CRM analisar as necessidades dos clientes de antemão.

Ou seja, de prever tudo que os consumidores podem querer e precisar mesmo antes deles se darem conta disso. 

CRM local

O CRM local tem relação com a forma com que a tecnologia é hospedada: em servidores físicos da empresa, com uma versão instalada em cada computador que vai utilizá-lo.

É uma alternativa que remete ao passado recente, mas ainda utilizada em algumas organizações.

A questão principal é que esse tipo de software, como qualquer sistema local, é instalado manualmente pela equipe de TI ou representantes da desenvolvedora.

Além disso, é necessário contar com uma licença para que o software completo rode no computador.

O ponto negativo é que trata-se de uma maneira pouco flexível de manter uma aplicação, já que cada atualização precisa ser feita manualmente. 

E claro, tudo que concerne a esse tipo de CRM é hospedado na infraestrutura física da empresa.

Ou seja, é necessário contar com servidores capacitados, bancos de dados capazes de armazenar os dados, políticas de cibersegurança atualizadas, manutenção preventiva periódica, entre outros.

CRM na nuvem

Já o CRM na nuvem é, como o nome indica, hospedado em cloud computing. Ele não precisa ser instalado e nem há uma licença para uma versão do sistema, pois é possível acessá-lo pela internet.

Para sua empresa, basta apenas assinar a contratação do software como serviço (basicamente, um SaaS).

Todos os dados que circulam pela plataforma são armazenados e processados na nuvem, de forma remota, segura contra desastres e com alta disponibilidade.

Outro ponto positivo é que o CRM na nuvem pode ser acessado de dispositivos móveis, pois tudo que é necessário é o login!

Quais são as aplicações do CRM?

Como a Gestão de Relacionamento com o Cliente possui várias frentes, a forma de aplicação também se diversifica.

Por isso, é muito importante estar por dentro de todos os detalhes. Confira como você pode colocar os sistemas de CRM em prática: 

CRM e vendas

Como o próprio nome diz, a primeira aplicação é a de auxiliar o time que realiza as vendas.

Na prática, os profissionais identificam quais são os leads qualificados e pensam em estratégias de como transformá-los em clientes. 

Outro ponto positivo é a possibilidade de ter acesso a relatórios que dão noção de como estão as estratégias, além disso, de quais são as necessidades para a área buscar mais resultados. 

CRM e pós-vendas

A etapa do pós-vendas é indispensável para o bom relacionamento com os clientes. 

Basicamente ela é feita quando os times entram em contato com quem fez aquisições para saberem quais foram as impressões e a experiência como um todo. 

Esse tipo de CRM também é muito interessante para oferecer novos conteúdos relacionados aos interesses das pessoas, claro, e, futuramente, fazer mais vendas.

É possível fazer isso por follow-up ou, simplesmente, enviar um e-mail. 

De qualquer forma, o software CRM é muito importante para a sua empresa ter acesso a todas as informações importantes de modo eficaz e rápido. 

CRM e marketing

O CRM marketing pode ser usado restritamente em estratégias online ou off-line. Ao saber todos os dados, necessidades e expectativas dos clientes, as equipes podem criar conteúdos, produtos e serviços mais direcionados. 

Fora isso, acompanhar toda a trajetória do consumidor em relação à marca e ao funil de vendas — o que ele já comprou, quais foram as experiências, quais são as próximas aquisições em vista e tudo mais. 

Sem dúvidas, esses cuidados mostram a preocupação da empresa com o público e facilitam o crescimento do sucesso. 

CRM e inbound marketing

O CRM pode ser um dos pilares da sua estratégia de inbound marketing.

Essa metodologia, que preza por atrair os clientes com uso de conteúdos de diferentes formatos, com objetivo de converter leads em clientes utilizando canais online.

Nesse sentido, é possível integrar o CRM aos seus canais e plataformas, como nos formulários de seu site, redes sociais e ferramentas de e-mail.

Desse modo, seu time de marketing pode ser atualizado em tempo real sobre os conteúdos que os clientes estão consumindo, onde eles clicaram e muito mais.

Ao cruzar esses dados com outros, como seu histórico de compras, sua equipe pode lapidar o perfil de cada um, permitindo a criação de campanhas mais assertivas e eficientes.

CRM e atendimento ao cliente

Como dito no tópico “Satisfação dos clientes”, o que hoje as pessoas esperam é enxergar valor em marcas e empresas. Mas não há como garantir isso sem oferecer o melhor atendimento possível. 

Por isso, invista nos softwares de CRM mais utilizados para ter todos os dados dos clientes em mãos.

Mas vá ainda mais além! Tenha vários canais de comunicação sempre abertos: e-mail, redes sociais, telefone, SAC etc. 

Mostre que o feedback é muito importante. Dessa forma, você será capaz de prever dúvidas frequentes e criar soluções padronizadas que se apliquem a seus clientes.

CRM para pequenas empresas

A Gestão de Relacionamento com o Cliente vale para todas as empresas, sejam elas grandes, pequenas, públicas ou privadas.

Afinal, quem não se relaciona bem com os consumidores não consegue ter sucesso. 

Então, se você tem uma empresa enxuta, não deixe de investir no CRM.

A teoria é essencial para você definir as suas ações, enquanto a plataforma te ajuda a guardar todas as informações das pessoas de modo prático, rápido e seguro.

CRM para indústrias

Quem trabalha em indústrias sabe que os negócios B2B (Business to business) precisam de uma precisão maior para dar certo. 

Isso porque empresas que  compram produtos para fazer a revenda, na maioria das vezes, têm uma visão mais especializada do segmento. 

Justamente por ser um negócio mais desafiador, fica impossível não aderir ao CRM para indústrias.

A teoria e a prática do sistema te ajudam a analisar melhor o perfil de cada cliente, gerar conteúdos de maior valor e fazer ofertas realmente irrecusáveis. 

CRM médico

A área da saúde possui questões bastante específicas quando o assunto é construir relacionamentos, em específico na oferta de um atendimento humanizado.

O CRM médico é uma ferramenta ideal para que as instituições de saúde saibam exatamente como lidar com cada paciente, potencializando sua fidelização e melhorando o brand awareness.

CRM imobiliário

Agora, o CRM para corretores de imóveis permite que esses profissionais entendam exatamente o momento de prospectar os leads e oferecer propostas que os tornem clientes.

Em um mercado onde o ticket médio é tão alto e as vendas são tão significativas, ter a delicadeza de saber o momento certo é algo que, hoje, vai muito além do feeling do corretor.

É nesse ponto que o CRM imobiliário pode fazer toda diferença.

CRM jurídico

E no meio jurídico, como os escritórios de advocacia podem conhecer seus clientes e prezar pela relação com eles?

O CRM jurídico facilita essa interação, aprofundando o conhecimento sobre as dores e necessidades dos clientes, favorecendo a qualidade da prestação de serviço.

CRM e inteligência artificial

Você certamente já ouviu falar em inteligência artificial (IA). Certo?

O conceito significa a capacidade de máquinas simularem a forma que seres humanos pensam e se comportam.

Tamanha tecnologia pode ser explorada para diferentes fins: saúde, educação, turismo, lazer, marketing e tantos outros. 

Marcas e empresas podem ter mais facilidade para descobrir dados de clientes — características que, muitas vezes, nem os próprios consumidores sabem, ainda. 

Com isso, abre um leque de possibilidades para criar campanhas que performem muito bem no presente e no futuro. Tudo isso parece muito completo, não é mesmo? Mas tem como melhorar. 

A inteligência artificial também combina perfeitamente com o CRM.

Imagine: você utiliza as melhores tecnologias para descobrir os seus consumidores e, em seguida, explora grandes softwares de CRM para fazer o atendimento e o relacionamento. 

CRM e as etapas do funil de vendas

O funil de vendas é um ecossistema por si só, um dos elementos mais importante de ao menos dois setores do seu negócio: vendas e marketing.

O CRM pode ser a chave para otimizar o controle ao longo de todos os estágios, afinal, ao integrar o software com seus pontos de contato, toda nova atualização é automaticamente registrada.

Assim, há maior transparência sobre os dados de cada cliente ou grupo de leads, possibilitando que os profissionais entendam exatamente quais campanhas, conteúdos e pontos de contato estão se saindo bem ou não.

Além disso, o mergulho das informações permite que o time de marketing e vendas compreenda o avanço dos leads, calculando diferentes métricas (tudo com alguns cliques, claro!) e identificando oportunidades de melhoria.

Sinais de que sua empresa precisa de um CRM

O software CRM é realmente repleto de vantagens para uma empresa, certo? Mas você sabe se é o caso da sua investir? Bom, existem alguns sinais que ajudam a responder.

Esses sintomas podem ser sentidos de forma geral ou específica, mas periódica.

Indicamos que se mais de um deles for realidade em seu negócio, sem que ele tenha sido solucionado, o investimento em um CRM seja considerado — especialmente o número 2 e o ponto 8.

Vamos lá?

  1. Muitos pontos de contato;
  2. Nível de satisfação do cliente baixo;
  3. Falta de comunicação entre setores;
  4. Muitas oportunidade de vendas perdidas;
  5. Desejo de economizar na escala de suas operações;
  6. Reclamações sobre o nível de atendimento e suporte;
  7. Acessibilidade à informação de leads e clientes limitada;
  8. Pouco controle e organização sobre os dados do seu cliente;
  9. Dificuldade em focar os esforços de vendas nos clientes certos.

Perguntas frequentes sobre CRM

Até aqui, você teve acesso às principais informações e dicas sobre CRM. Mas há sempre algumas dúvidas comuns, principalmente, para quem ainda não teve muito contato com osistema. 

Pensando nisso, reunimos as perguntas mais procuradas. Confira as respostas!

Como implementar uma ferramenta CRM?

Você chegou à parte prática e mais importante sobre o assunto. A seguir, veja todas as instruções de como adotar uma ferramenta de Gestão de Atendimento ao Cliente! 

O primeiro passo é analisar como os processos são feitos, atualmente, em sua empresa: o atendimento ao cliente, as campanhas de marketing, as vendas, os pós-vendas, entre outros elementos. 

A partir desse levantamento, defina quais podem ser os pontos de melhoria e já estabeleça os seus objetivos para curto, médio e longo prazos

Depois de ter em mente o que você deseja conquistar, fica mais fácil escolher um software de CRM. 

Faça, também, a sua seleção com base no tipo de aplicação. Por exemplo, se todos os seus times precisarem trabalhar integrados, o CRM colaborativo é essencial. 

O terceiro passo é conhecer as plataformas que oferecem sistemas de CRM.

Nesse ponto, é muito importante que a tecnologia possa ser integrada a outras ferramentas e aplicativos, que ofereçam relatórios, espaço para banco de dados e personalização de dashboards de acordo com a particularidade de cada negócio. 

E claro, optar por uma ferramenta fácil, simples e intuitiva.

Como usar o CRM?

Depois da escolha da ferramenta de CRM, vem os passos de como, de fato, usar o software. 

Comece com uma conversa com a sua equipe, destaque todas as funcionalidades, benefícios e novos desafios ligados à ferramenta. Um treinamento de equipe também é fundamental para deixar todos os colaboradores a par. 

Deixe os objetivos e as metas muito bem claros também. Afinal, a intenção é que o CRM ajude a sua empresa escalar o sucesso. 

Depois, você vai precisar organizar o fluxo de trabalho, por exemplo, quais serão os passos para uma venda? Como o sistema de CRM pode ser atrelado a todos os processos? 

Com o passar do tempo, todos os colaboradores já estarão mais familiarizados com o sistema e, então, vem a etapa de colher relatórios, analisar e ter a certeza de que a empresa está no caminho certo ou, ainda, do que é preciso reajustar. 

Qual a diferença entre CRM e ERP?

Além das questões sobre o que é CRM e para que serve, outra bastante comum é sobre a diferença entre CRM e ERP. 

Para deixar tudo muito bem esclarecido, primeiramente, vamos ao conceito. ERP significa Enterprise Resource Planning, traduzido como Sistema Integrado de Gestão Empresarial. 

Na prática, trata-se de uma solução de software para organizar as demandas internas da empresa, ou seja, para padronizar processos e integrar todas as equipes. 

Assim, por exemplo, quando o time comercial fecha um novo projeto, a equipe operacional já recebe quais serão as primeiras demandas a executar. 

A diferença entre CRM e ERP, então, é que o primeiro é focado na gestão de relacionamento com o cliente, já o segundo na administração interna da empresa. 

Há instituições que precisam dos dois serviços, outras de apenas de um só. O que define a decisão, claro, é o conjunto de necessidades de cada caso.

Por isso, vale sempre ter os seus objetivos muito bem estabelecidos. 

Escolhendo o melhor CRM para sua empresa

Relembrando… No tópico “Como implementar o CRM”, você viu que o ideal é que a ferramenta tenha as seguintes características:

  • clareza; 
  • simplicidade;
  • personalização;
  • possibilidade para a geração de relatórios;
  • ampla capacidade para o armazenamento de dados.

Vale o destaque para o primeiro fator, já que, no começo, toda a sua equipe precisará se adequar à nova ferramenta e, consequentemente, ao novo dia a dia. 

Além disso, é de extrema importância que a solução tenha excelente referência no mercado. 

Pesquise e busque indicações de contatos e colegas de trabalho sobre os softwares de CRM mais utilizados. Outro ponto cuidadoso é sobre o suporte oferecido pelo fornecedor. 

Foque naquele que pode te ajudar a qualquer dia e horário, afinal, dúvidas e percalços nunca têm hora certa para aparecerem.

Também é interessante que o suporte faça o atendimento em idioma nativo e por vários canais, como: telefone, e-mail, chat, entre outros.

Existe algum CRM gratuito?

Existem opções de softwares gratuitos, embora normalmente em versões trial, apenas para testes de alguns dias e com funcionalidades extremamente limitadas.

Para aproveitar todos os recursos do melhor CRM do mercado, o ideal é fazer o investimento em uma solução na nuvem, que permite contratar uma versão ideal para o seu negócio, permitindo que você pague exatamente pelo que usa!

Conheça os sistemas de CRM da TOTVS

A TOTVS oferece soluções de CRM totalmente integrada ao ERP. Os dados ficam 100% armazenados na nuvem, o que proporciona mais segurança e praticidade no cotidiano.

São duas tecnologias:

  • TOTVS CRM Automação da Força de Vendas – SFA: recursos lapidados para otimizar a gestão de vendas do negócio, incluindo agendamento e rotas para vendedores outbound, bem como controle de vendas em andamento e realizadas.
  • TOTVS CRM Gestão de Clientes: funcionalidades que tornam a gestão da sua base de consumidores mais inteligente e integrada, com possibilidade de planejar metas de venda, análise de indicadores e controle do funil de vendas, entre vários outros.

As tecnologias contam com diversas funcionalidades para todos os detalhes dos seus processos. Confira: 

Controle de agenda, atividades e documentos 

Você pode criar e gerenciar uma agenda com absolutamente todas as demandas ligadas a orçamentos, contratos, workflows e integração de serviços e produtos vindos do ERP. 

Oportunidades e contas

Você sabe a hora certa de fazer a proposta de novos produtos e serviços ou de realizar um up-sell?

Para isso, é muito importante ter cadastrado os dados de todos os clientes (e-mail, telefone, leads, prospects, oportunidades de inbound e outbound).

A integração com o WhatsApp, um dos principais canais de acesso utilizados atualmente, também é imprescindível. 

Marketing, pesquisa de leads e financeiro

Defina as suas campanhas de marketing depois de estudar os leads por segmento e região.

Faça ainda mais: tenha o cadastro de todos os dados financeiros dos seus clientes. 

Tudo isso facilita o acompanhamento da saúde financeira e prevenção de churn. Logo, o sucesso das ações. 

Planejamento de vendas e analytics 

Quanto mais suporte a sua equipe comercial tiver, melhor. As vendas assertivas dependem totalmente disso.

Pensando nesse ponto, nossas tecnologias também permitem a criação de metas, dados para a análise de conversões, etapas do funil, ações sucedidas e perdidas, entre os fatores. 

Data discovery e personalização 

Você lembra que, nesse guia, foi comentado o quanto a personalização do CRM é importante? A TOTVS também pensou nessa necessidade. 

Todos os colaboradores que forem utilizar o CRM poderão criar painéis e relatórios com base em suas próprias demandas. 

Confira abaixo o case de sucesso da Marson usando o TOTVS CRM:

Conclusão

Conclusão

Sem dúvidas, o TOTVS CRM é extremamente completo. 

Além das funcionalidades descritas, ainda é possível definir agenda e rotas de vendas externas, criar formulários para as propostas, andamento das ofertas e muito mais. Tudo isso, também, com a integração ao ERP

Agora que você já sabe como aperfeiçoar o dia a dia da sua empresa, melhorar os processos e, claro, atender melhor os clientes, não perca mais tempo! 

Conheça melhor cada funcionalidade e lembre-se: acompanhe cada ação diariamente. Para dar certo, o CRM também depende muito de estudos e análises. 

Depois desse guia, certamente, você já está no caminho certo! Venda mais com as soluções de CRM da TOTVS.

New call-to-action

O que é CRM?

O CRM é um software focado em relacionamento com clientes de maneira organizada e automatizada. Dessa forma, ao contatar um consumidor do seu negócio, você consegue registrar dados como nome, e-mail, endereço, telefones, visitas ao site, entre outras interações. Muito além do que um simples banco de dados, a proposta é construir de fato uma relação a longo prazo com a persona.

Qual a função do CRM?

O CRM tem o objetivo de criar um melhor relacionamento com clientes, coletar dados e também oferecer mais insumos para o time de marketing e vendas criar novas estratégias. Ele também permite mais agilidade da equipe comercial, pois automatiza tarefas mecânicas.

Quais benefícios do CRM para empresas?

Reconhecimento dos clientes, melhora na jornada de recompra do seu produto, crescimento de vendas, fidelização dos clientes, fortalecimento da marca, entre outros.

Quais empresas podem usar o CRM?

Qualquer empresa pode investir em um sistema de CRM para se relacionar com seus clientes, seja ela B2B ou B2C. O importante é buscar soluções específicas com as principais necessidades do seu negócio.

crm

Artigos Relacionados

Deixe aqui seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.