ISO 9001: 2015: sua indústria já se adaptou às mudanças?

Saber o que é ISO 9001:2015 e o que ele indica é fundamental para a indústria que deseja estabelecer um sistema de gestão da qualidade (SGQ) em sua estrutura interna.

A implantação do sistema de gerenciamento da qualidade também contribui para o desenvolvimento sustentável. Há muitos benefícios em conseguir a certificação ISO 9001:2015, como maior visibilidade do negócio perante o mercado nacional e exterior.

O que é a Certificação ISO 9001?

ISO se refere à “International Organization for Standardization”, ou Organização Internacional para Padronização. Foi fundada na Suíça, em 1947, atuando no desenvolvimento de padrões de qualidade internacionais.

Os padrões especificam etapas, ações e formas de executar atividades e rotinas, assegurando maior eficiência, qualidade e segurança em processos nos campos de tecnologia, agricultura, segurança alimentar, entre outros.

A ISO 9001 corresponde a uma norma que orienta a implantação de um sistema de gestão da qualidade, apontando os requisitos necessários. Atualmente, está em sua versão de 2015.

Com a Certificação ISO 9001, a empresa eleva a satisfação do público, pois mostra que tem cuidado não só com o item que entrega, mas também com todo o processo de desenvolvimento.

Quais são as principais mudanças do ISO 9001:2015?

A ISO 9001 está em constante atualização. Atualmente, está em vigor a ISO 9001:2015, que trouxe mudanças em comparação à anterior, envolvendo não só atualizações em padrões, mas também alterações na estrutura de apresentação dos tópicos e na linguagem usada. A seguir, separamos algumas das principais novidades.

Gestão de risco

O gerenciamento de risco passa a englobar o conceito de ação preventiva durante a formulação desse sistema. Portanto, sua seção deixa de existir. Afinal, um dos objetivos é ser instrumento preventivo para aspectos negativos que possam comprometer a companhia.

Dessa forma, a organização fica livre para desenvolver um método de gestão de risco mais amplo do que o exigido. É possível utilizar diretrizes reconhecidas no mercado de modo a conseguir um plano de gerenciamento de riscos mais bem estruturado.

Participação das lideranças

As lideranças não participam o suficiente no planejamento/implantação das mudanças em suas estruturas organizacionais. Isso compromete a adesão e a aderência dos colaboradores ao SGQ, minimizando seus benefícios.

Na ISO 9001:2015, a liderança tem papel fundamental, integrando as exigências da norma com os fluxos de trabalho. Na versão anterior, grande parte do trabalho era deixado sob responsabilidade de um representante da direção.

A descrição dos requisitos mudou, sendo importante a participação da alta diretoria e dos gestores. A direção deve demonstrar liderança e comprometimento em relação ao SGQ e ao foco no cliente.

Ênfase na gestão do conhecimento

A nova versão traz destaque ao conhecimento da organização. Foram introduzidos requisitos sobre esse tema para que a organização possa se proteger de perda de capital intelectual.

A gestão de conhecimento evita que colaboradores levem embora conhecimentos essenciais à empresa antes de repassá-los. Isso gera custos e retrabalho até que novos colaboradores obtenham o aprendizado “perdido”.

lean manufacturing

Por que é tão importante implantar o ISO 9001:2015?

  • Aumento da competitividade: como o certificado é reconhecido internacionalmente, seus processos e produtos tendem a ser vistos como referência de qualidade;
  • Solidificação da política de qualidade: com a ISO 9001:2015, manter qualidade nos processos pode ser mais fácil, uma vez que ela aponta práticas que contribuem para que produtos e fluxos de trabalho sejam feitos continuamente com eficiência,
  • Melhora na gestão de recursos: os recursos da indústria também passam a ser administrados, tendo como exemplo algumas práticas de excelência. Isso contribui para a redução de custos e para a maior eficiência das rotinas, gerando ganho de desempenho.

Benefícios do ISO 9001:2015 para as indústrias

Os benefícios da certificação para as fábricas envolvem desde a melhora na reputação da marca até aumento de performance. A organização conseguirá transmitir excelência em aspectos de qualidade, sendo capaz de demonstrar e validar a conformidade entre o que faz e o que estabelece o SGQ.

Além disso, a adoção do SGQ da ISO 9001:2015 entrega uma sustentação sólida para ações de planejamento. Os recursos da indústria também passam a ser administrados com algumas práticas de excelência.

Alinhamento dos processos da indústria com a estratégia

A sintonia obtida entre o sistema de gerenciamento do negócio e os objetivos essenciais da indústria pode surgir das orientações da norma ISO 9001 como ferramenta de apoio.

Melhorias na produtividade

O aumento da produtividade da indústria normalmente é uma consequência da boa estruturação de processos e do foco na qualidade. Afinal, busca-se adotar mecanismos, fluxos de trabalho e métodos que otimizam a operação e a gestão do negócio, com base no SGQ.

Internacionalização facilitada

A Certificação ISO 9001:2015 funciona como aval para empresas internacionais trabalharem com uma indústria. Esse selo atesta que a empresa obedece a critérios rigorosos de qualidade em sua produção, em sua operacionalização e em sua gestão.

O que é preciso para adquirir a ISO 9001:2015?

Primeiramente, verifique as necessidades da sua empresa. Avalie se realmente consegue demonstrar a capacidade de entregar produtos e serviços de maneira consistente para satisfazer o seu consumidor e as exigências do estatuto e da regulamentação.

  • Defina um time de colaboradores para implantar o SGQ;
  • Faça um diagnóstico dos processos da empresa e planeje maneiras de adaptá-los às exigências do ISO;
  • Programe etapas da implantação, com cronogramas e delimitação dos responsáveis;
  • Procure engajar os colaboradores na mudança de processos em busca do SGQ eficiente;
  • Busque um órgão certificador para realizar a auditoria de recomendação para o certificado. No site do INMETRO é possível achar uma lista com órgãos certificadores.

Outra dica é implantar um sistema de gestão que esteja em sintonia com o que é exigido pelo SGQ da ISO 9001. Com uma solução de gerenciamento do tipo, fica mais simples realizar os ajustes necessários, uma vez que os seus fluxos costumam ser facilmente adaptáveis à norma em questão.

Quer acompanhar mais guias úteis como este para a sua indústria? Assine a nossa newsletter e receba avisos de nossos próximos artigos em seu e-mail!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *