gestão estratégica de pessoas

Por que ter uma gestão estratégica de pessoas?

Equipe TOTVS | GESTÃO DE NEGÓCIOS | 24 dezembro, 2019

Os modelos de relacionamento entre empresa e funcionário estão mudando. Cada vez mais, as pessoas valorizam um ambiente harmônico mais do que  salário e status profissional. Com uma boa gestão estratégica de pessoas, é possível fazer com que colaborador e a organização cresçam em conjunto. 

Essa pode ser a solução para o aprimoramento de todas as áreas da empresa, como marketing, administração, desenvolvimento, entre tantas outras. Entenda mais sobre esse conceito e como ele pode trazer benefícios para ambas as partes.

O que é gestão estratégica de pessoas?

A gestão de pessoas busca integrar e colaborar com a cultura e política organizacional da empresa. Trata-se também de um conjunto de estratégias e técnicas que visam explorar o potencial e o talento das pessoas durante toda sua estadia na empresa.

Como seres humanos, os funcionários possuem seus próprios objetivos e expectativas. É papel da gestão de RH saber alinhar esses objetivos com os da empresa para que ambos possam se desenvolver juntos. Nesse modelo sistêmico, cada um tem sua importância no processo de produção e/ou crescimento do negócio.

Essa prática começa desde a contratação, passando por treinamentos para desenvolvimento estratégico, englobando também saúde ocupacional, segurança e remuneração. Também pode abranger comunicação interna e endomarketing, tudo com o objetivo de atingir metas em conjunto e cumprir a missão da empresa.

Diferença entre o modelo tradicional e a gestão estratégica

Na gestão tradicional é possível observar que eram utilizados modelos verticais de hierarquia. Isso acaba dificultando a aproximação dos colaboradores com os seus gestores e diretores. Esse cenário não é ideal para uma boa comunicação e muito menos para o alinhamento de metas entre empresa e funcionários. Com o passar das gerações, observou-se uma mudança no comportamento e nas necessidades das pessoas.

A geração chamada de millennials possui outras expectativas em relação à carreira e ao ambiente de trabalho. Busca empresas mais flexíveis, com modelo de trabalho horizontal e que sejam mais inovadoras. A partir desse cenário, surgiu a necessidade de elaborar um modelo mais moderno de gerenciamento de pessoas, que se adequasse mais a essa nova geração. 

Principais pontos do modelo estratégico

Existem alguns pontos que estruturam a gestão de pessoas nas organizações. São pilares que podem ajudar a entender melhor como essa estratégia funciona e como fazê-la realmente dar certo na sua empresa.

Incentivo e motivação

Para ter colaboradores mais produtivos e motivados, é preciso descobrir a melhor forma de  incentivá-los . É fato que apenas a motivação financeira já não é o bastante para se ter qualidade. Desde crescimento profissional, até um ambiente de trabalho mais tranquilo podem ser motivadores para um melhor desempenho.

Cada pessoa tem suas necessidades. Muitas vezes, uma mudança simples como horário mais flexível, estrutura de trabalho mais confortável, entre outras coisas, pode funcionar melhor. É papel da gestão identificar o que pode ser aprimorado ou mudado e colocar em prática.

Comunicação eficaz

Uma comunicação clara e aberta é eficaz em qualquer área, principalmente na gestão de pessoas. Os colaboradores precisam entender quais são as metas e objetivos da empresa. Para isso, é preciso haver abertura para diálogo. Isso pode ser feito, inclusive, através do feedback, onde o gestor aponta se o colaborador está de acordo com a cultura da empresa.

Quando existem meios de comunicação interna, onde é possível dar um feedback de ambos os lados, há uma troca de opiniões tanto positivas quanto negativas. Os colaboradores têm a oportunidade e liberdade de expressar suas frustrações, e a empresa por sua vez, pode avaliar cada uma dessas críticas. 

Integração de equipe

No trabalho em equipe, é preciso que todos saibam da  importância de uns para os outros. Afinal, para que o trabalho flua, todos precisam estar em sintonia e alinhados com as mesmas metas e objetivos. Desse modo, o profissional não fica apenas focado em suas tarefas, mas se importa também com a qualidade da equipe e dos resultados.

Fazer com que os colaboradores conheçam o trabalho de todos pode ser benéfico para a integração da equipe. Profissionais que têm a capacidade de executar muitas tarefas podem ajudar seus colegas de trabalho, quando necessário.

Gestão de competências

Cada pessoa possui mais conhecimento e facilidade em determinadas áreas. Cabe ao gestor identificar isso em cada colaborador para que seja possível fazer uma melhor gestão de competências. Quando as habilidades de cada um são exploradas, a empresa como um todo só tem a ganhar.

A gestão de competências permite que o gestor direcione melhor as demandas, conseguindo resultados mais assertivos e com mais produtividade. Assim, será possível ter o melhor profissional atuando naquilo que ele tem mais afinidade e habilidade. Com isso a empresa evolui como um todo.

Treinamentos

Quanto mais se investe em treinamento de pessoal, mais profissionais capacitados a empresa tem. O desenvolvimento profissional é positivo tanto para a carreira do colaborador quanto para a qualidade de equipe da empresa. Os treinamentos também funcionam como uma renovação de conteúdo e integração de equipe.

Esses treinamentos podem ser feitos dentro ou fora da empresa, e ambos são ricos para a equipe. Tudo depende do tipo de conhecimento que será explorado. Os assuntos abordados podem ser técnicos, que trabalham a capacitação profissional, ou de desenvolvimento pessoal, como oratórias e relacionamento interpessoal.

Fluig Learning - Procurando Uma Ferramenta Para Capacitar e Treinar Seu Time?

Como a tecnologia pode ajudar 

As soluções tecnológicas facilitam as estratégias de RH, desde o recrutamento, seleção, cargos, salários e ponto eletrônico, até segurança do trabalho. Com elas, é possível analisar indicadores para determinar o desempenho da equipe. Assim, a gestão dos recursos humanos se torna mais simples e estratégica.

Além disso, no nosso blog você encontra diversos conteúdos sobre gestão estratégica de recursos humanos. Entenda mais sobre os indicadores de RH e como mensurá-los de forma eficaz.

RH

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.