Hotel boutique: o que é, diferenciais e como administrar

Equipe TOTVS | 17 outubro, 2022

Mundialmente reconhecidos como os melhores locais para se hospedar em meio a uma viagem, um hotel boutique une o melhor que o setor de hospitalidade tem a oferecer, com preços mais acessíveis.

Temáticos, pequenos, confortáveis, cheios de personalidade e seguindo um conceito repleto de storytelling, os hotéis boutique são uma classificação de meios de hospedagem que começa a ganhar tração no Brasil.

E você, já pensou em abrir ou trabalhar com o conceito de hotel boutique? O primeiro passo é entender exatamente do que este estabelecimento se trata.

Neste guia completo sobre o tema, explicamos mais sobre estas instalações, de onde vem seu charme, qual a experiência oferecida ao hóspede, exemplos e muito mais. Confira!

O que é um hotel boutique?

O hotel boutique é uma instalação com foco maior na experiência do hóspede do que no número de quartos. É geralmente menor em tamanho e oferece serviços personalizados. 

Sua infraestrutura é bem pensada, seguindo uma temática, com opções de lazer diferenciadas e que criam uma atmosfera exclusiva.

Os hóspedes desse tipo de instalação podem esperar quartos bem decorados, banheiros luxuosos e uma variedade de amenidades.

Alguns hotéis do modelo boutique também oferecem spa e salões de beleza, piscinas, academia e opções de entretenimento.

Não à toa, é um conceito de hotel que se aproxima muito do luxo, mas com uma pegada diferente — mais enxuta — do que as grandes redes.

A maioria das acomodações está situada em áreas urbanas centrais, perto de restaurantes, museus e da parte mais agitada e privilegiada de uma cidade.

No entanto, existem opções próximas de ambientes relacionados ao tema do estabelecimento, como a natureza e o litoral.

Em geral, o hotel boutique se destaca por sua arquitetura única (não é incomum vê-los em construções históricas), com um enorme senso criativo, artístico e visual.

Como surgiu esse conceito de hospedagem?

Os relatos sobre a criação do conceito e do primeiro hotel boutique divergem. A história mais conhecida é que as primeiras instalações do tipo apareceram na década de 1980, em cidades como Londres, Nova Iorque e São Francisco.

Ou seja, um conceito teoricamente novo.

O termo foi cunhado pelo hoteleiro Ian Schrager, após a abertura de seu empreendimento Morgans Hotel, em 1984, na cidade de Nova Iorque.

A ideia era criar um pequeno hotel com ênfase em estilo e serviço pessoal, em contraste com os grandes hotéis impessoais que estavam se tornando cada vez mais comuns.

Nova call to action

Quais são as características e diferenciais de um hotel boutique?

Existem diferentes tipos de hospedagens em todo o mundo. Mas o que torna o hotel boutique um meio único e tão diferenciado?

Afinal, a luxuosidade por si só é um aspecto que outros tipos de acomodações compartilham, como os grandes hotéis 5 estrelas.

Abaixo, separamos as principais características de hotéis do tipo boutique. Vamos lá?

Infraestrutura

O primeiro destaque é a infraestrutura do hotel. Não é por acaso que este tipo de acomodação é conhecida por sua decoração com detalhes luxuosos e sofisticados.

O ambiente deve ser harmonioso e incentivar uma atmosfera aconchegante, além de proporcionar todo o conforto necessário aos hóspedes.

Em geral, os hotéis boutique estão localizados em prédios menores do que os grandes hotéis de rede. Isto torna mais fácil investir em uma decoração mais diferenciada.

Quantos quartos têm um hotel boutique?

Justamente por conta do tamanho reduzido, esse tipo de instalação costuma contar com um menor número de quartos.

Este aspecto também é relevante para a personalização dos serviços.

Em geral, não há mais de 100 quartos em hotéis do modelo boutique e alguns têm apenas 10!

Decoração e design

A decoração desses hotéis é um de seus principais diferenciais.

Afinal de contas, é aqui que o investimento em uma atmosfera mais sofisticada compensa.

Nesses estabelecimentos, você encontrará elementos criativos em todos os lugares. O objetivo é tornar a experiência do hóspede ainda mais agradável e memorável.

Uma maneira de alcançar este objetivo é usando diferenciais na decoração de cada sala.

Assim, não há dois quartos exatamente iguais, e o hóspede sente que está hospedado em um lugar único.

Não é raro que os estabelecimentos boutique estejam localizados em edifícios históricos renovados.

Neste caso, a tarefa de designers e arquitetos é ainda mais desafiadora, pois eles precisam preservar o estilo original enquanto inserem a própria identidade do hotel.

Vale ressaltar que algumas dessas instalações podem ter temas específicos, como: um período ou evento histórico, uma escola de arte (como o surrealismo ou abstratismo), um foco em experiências culinárias ou mesmo uma cor. Nesse sentido, o céu é o limite!

Atendimento e personalização 

Finalmente, chegamos a outro aspecto essencial dos hotéis do tipo boutiques: o serviço.

O pessoal desses estabelecimentos é geralmente altamente treinado e atento às necessidades dos hóspedes.

O objetivo é fazer com que todos se sintam em casa e satisfaçam suas expectativas.

Em geral, a proporção de funcionários em relação aos hóspedes é muito maior em hotéis boutique do que em grandes cadeias hoteleiras.

Isto torna possível oferecer serviços mais personalizados.

Não é raro que a mesma pessoa seja responsável pelo check-in, servindo o café da manhã e limpeza da sala.

Além disso, a recepção geralmente está disponível 24 horas por dia para lidar com quaisquer pedidos ou problemas que possam surgir.

Gastronomia

A oferta gastronômica é outro destaque dos hotéis do modelo boutique.

Como já vimos, estes estabelecimentos investem muito para oferecer uma experiência única e diferenciada aos seus hóspedes.

E uma maneira de conseguir isso é por meio da gastronomia.

Não é incomum para os hotéis butique terem seus próprios restaurantes, bares e até mesmo cafés.

Em geral, estes são lugares com uma atmosfera sofisticada e um cardápio requintado.

O objetivo é oferecer ao hóspede uma experiência completa, sem a necessidade de deixar o hotel.

Em alguns casos, o restaurante pode até estar aberto ao público, o que pode ajudar a dar mais visibilidade ao hotel.

Entretanto, vale a pena notar que nem todos têm suas próprias instalações gastronômicas.

Alguns preferem investir em outras áreas, como decoração ou serviço, vai depender do conceito e do público-alvo de cada estabelecimento.

Opções de entretenimento e lazer

A depender do público alvo, esse tipo de hotel também pode oferecer várias opções de entretenimento e lazer.

Por exemplo, alguns deles têm seus próprios spas, enquanto outros podem ter uma piscina, uma academia de ginástica ou uma sala de jogos.

Tudo depende das preferências dos hóspedes que estarão hospedados no hotel.

Hotel boutique, hotel e pousada: quais são as diferenças?

Agora que você sabe o que é um hotel butique, é hora de aprender sobre as principais diferenças entre estes estabelecimentos e outros tipos de acomodação.

Hotel tipo boutique:

  • Decoração única e diferenciada
  • Serviço personalizado
  • Sofisticada oferta gastronômica
  • Opções de entretenimento e lazer

Hotel convencional:

  • Decoração mais padronizada
  • Serviço de acordo com o número de convidados
  • Restaurante aberto ao público
  • Menos opções de entretenimento e lazer

Pousada:

  • Decoração mais rústica
  • Serviço limitado
  • Nenhum restaurante
  • Menos opções de lazer e entretenimento

Como você pode ver, esses hotéis oferecem uma experiência mais completa e diferenciada do que outros tipos de acomodações.

Vale lembrar que, conforme o SBClass (Sistema Brasileiro de Classificação dos Meios de Hospedagem), existem apenas sete categorias de hospedagem reconhecidos no Brasil: hotel, resort, hotel fazenda, cama e café, hotel histórico, pousada e flat/apart-hotel.

O hotel boutique ainda é uma novidade com grande potencial.

Quem é o público-alvo desse tipo de empreendimento?

Em comparação com os hotéis tradicionais, os do tipo boutique geralmente são indicados para os viajantes que gostam de coisas modernas e elegantes.

Normalmente, o perfil do público-alvo varia de pessoas da geração X e Y, que buscam não apenas um “quarto para dormir”, mas uma experiência completa

Eles também atendem a viajantes de classe média que querem aproveitar de um ambiente mais privado e luxuoso, sem precisar arcar com tamanho valor que uma grande rede cobraria.

Por isso mesmo, os valores das estadias variam muito de acordo com sua localização e diferenciais.

Exemplos de hotéis boutique ao redor do mundo

Agora que você sabe o que são hotéis do tipo boutiques, é hora de dar uma olhada em alguns exemplos.

Estes são estabelecimentos que conseguiram se destacar por sua originalidade, decoração e serviço:

  • Tintswalo Safari Lodges, África do Sul, próximo a São Petersburgo: descreve-se como uma experiência com a alma no safari africano.
  • Lindrum Hotel, Austrália, em Melbourne: descreve-se como um ambiente que combina design refinado com serviço de ponta, com galerias e várias atrações.
  • Hotel Amparo, México, São Miguel de Allende: um hotel com apenas 5 quartos, todos únicos, decorados com tecidos e antiguidades exclusivas.

Hotéis boutique no Brasil

Não pense que, porque este é um conceito novo, que o Brasil está atrás no mercado de estabelecimentos do tipo boutique. Existem algumas opções incríveis em nosso país, como:

  • Vila da Santa, Búzios: decorado com antiguidades, conserva o charme dos anos 1960, com vários diferenciais, como uma sala de eventos com biblioteca e até mesmo um chef especializado em culinária mediterrânea.
  • ModeVie Boutique Hotel, Gramado: localizado no centro da cidade, é um hotel com serviço de alta qualidade e ideal para quem busca uma acomodação mais romântica no Sul.
  • LOTE20, Bento Gonçalves: próximo da rota turística Caminhos das Pedras, oferece experiências únicas e todo charme da cultura italiana, típica da região.

Por que investir em um hotel boutique?

Mas, afinal, para um hoteleiro no Brasil, vale a pena investir nesse modelo de hospedagem? Bom, existem diversas vantagens que podem ser exploradas pela administração do estabelecimento, como:

Instalações compactas

Menos quartos significa que menos investimento é necessário na estrutura do hotel.

Além disso, o número de funcionários pode ser menor, o que representa menores custos com folha de pagamento.

Ticket médio elevado

Embora haja menos quartos, eles geralmente têm uma taxa diária mais alta, justamente por conta de todo “pacote” que esse estabelecimento se propõe a entregar.

O conceito de hotel butique é baseado em oferecer uma experiência exclusiva e diferenciada aos hóspedes.

Este cenário permite que você tenha um maior retorno sobre o investimento a longo prazo.

Assim, é escolhido por pessoas que buscam paz e tranquilidade durante sua estadia, longe da correria dos grandes estabelecimentos.

O tamanho reduzido deste tipo de hospedagem os torna mais ágeis em termos de localização, o que agrega valor na estadia como um todo.

Gestão descomplicada

O funcionamento de um hotel do tipo boutique é geralmente mais simples, pois há menos quartos e hóspedes.

É algo que facilita o trabalho da equipe e torna possível oferecer um serviço mais personalizado.

Há também mais oportunidades para investir na automação de alguns processos, como no self check-in, por exemplo, o que pode economizar tempo e dinheiro.

Possibilidade de realizar eventos corporativos

Devido ao serviço diferenciado e ao ambiente íntimo, hotéis do tipo boutique são ideais para a realização de pequenos eventos, tais como seminários, workshops e reuniões de negócios.

Esta é outra avenida que pode ser explorada pela administração para gerar receita.

Maior fidelização dos hóspedes

Os hóspedes de um hotel boutique geralmente têm uma maior afinidade com o estabelecimento, já que se sentem mais valorizados.

Isto aumenta as chances de que eles retornem no futuro e recomendam o local a outras pessoas.

Como você pode ver, há várias vantagens em investir em um hotel boutique. A chave é encontrar o local certo e oferecer uma experiência que os hóspedes vão se lembrar e querem voltar.

Com algum planejamento e execução cuidadosa, um hotel do tipo boutique pode ser uma grande adição a qualquer cidade brasileira.

Como administrar um hotel boutique?

Existem vários processos que devem funcionar em harmonia para o sucesso de um meio de hospedagem.

Primeiro, é necessário de um bom controle dos canais de venda diretos e indiretos.

Esse passo é essencial para assegurar que os quartos estejam sempre ocupados, mas que práticas como o overbooking sejam evitadas.

Outro ponto relacionado é que, se o hotel quiser se manter modernizado, soluções inovadoras precisam ser adotadas, como o self booking.

Além dos aspectos práticos da administração hoteleira, vale prestar atenção na qualidade da governança do estabelecimento.

Afinal, quando o assunto é hospitalidade de qualidade, o hotel boutique deve se destacar — com um time composto de profissionais de perfis distintos e versáteis. 

TOTVS Hospitalidade Menu Digital

O TOTVS Hospitalidade Menu Digital oferece uma solução completa e integrada para a gestão do seu hotel boutique, pousada ou qualquer meio de hospedagem.

O sistema ajuda você a controlar todos os aspectos do seu negócio, desde reservas e check-ins até faturamento e inventário.

Ele também fornece recursos especificamente projetados para melhorar a experiência dos hóspedes, como um menu digital que pode ser acessado pelo celular e o pedido também feito diretamente pelo dispositivo.

Desta forma, os hóspedes podem pedir comida e bebidas de seus quartos, sem ter que pegar o telefone ou ir ao restaurante presencialmente.

Outras vantagens de usar TOTVS Hospitalidade Menu Digital para o seu hotel incluem:

Maior controle sobre os valores das reservas

Com TOTVS Hospitalidade Menu Digital, você pode facilmente gerenciar diferentes tipos de reservas e oferecer descontos e promoções de acordo com a sazonalidade ou disponibilidade.

Desta forma, é possível otimizar a receita do seu hotel e garantir que seus hóspedes estejam sempre obtendo o melhor negócio.

Melhor organização das operações do seu hotel

O sistema oferece uma visão completa de todas as atividades do hotel, desde check-ins e check-outs até pedidos de serviço de quarto.

Esta informação pode ser usada para agilizar as operações e melhorar a eficiência geral do hotel.

Aumento da satisfação dos hóspedes

Ao oferecer um menu digital e permitir que os hóspedes façam pedidos remotamente, você pode fornecer um nível de serviço que irá superar suas expectativas e criar uma estadia mais agradável.

Com estes benefícios, é fácil ver porque o TOTVS Hospitalidade Menu Digital é a solução perfeita para gerenciar seu hotel. Experimente hoje mesmo e veja como ele pode ajudar a levar seu negócio para o próximo nível!

Conclusão

E você, gostou de aprender mais sobre hotel do tipo boutique e como esse conceito só tem a crescer no Brasil e no mundo?

Entender os diferentes formatos de negócios no setor de hospitalidade é uma questão estratégica para quem busca ter sucesso nesse meio empresarial.

Neste guia completo, destrinchamos o conceito de hotel boutique, suas características, diferenciais e por que empreendedores do meio deveriam investir neste estabelecimento.

Agora, que tal seguir a jornada de aprendizagem aqui no blog da TOTVS?

Em nosso próximo guia, explicamos o que é e como funciona o motor de reserva, bem como quais as suas vantagens! Leia agora mesmo!

Por fim, lembre-se de que você pode assinar as newsletters da TOTVS para receber o nosso conteúdo diretamente em seu e-mail.

Artigos Relacionados

Deixe aqui seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.