Entenda os benefícios da logística reversa para a devolução de mercadorias

Entenda os benefícios da logística reversa para a devolução de mercadorias

Equipe TOTVS | GESTÃO VAREJISTA | 04 dezembro, 2018

Muitas pessoas não sabem exatamente o que é logística reversa e confundem com o processo de entrega de uma mercadoria ao consumidor final. Pois bem, ela, como o próprio nome diz, é o inverso disso, já que a sua função é o retorno de um produto ou parte dele para a companhia, que pode ser realizado pelo próprio cliente.

Devoluções são um problema para qualquer negócio, e notadamente são mais em algumas áreas do que em outras. Contudo, em muitos casos, você pode usar isso como um benefício para o empreendimento, pois é possível converter o contratempo em vantagem, como a fidelização do cliente com um bom atendimento.

Dessa forma, preparamos este post para que você saiba como esse mecanismo pode ser benéfico para o seu negócio. Confira agora!

O que é logística reversa?

Logística reversa é um método que se relaciona à devolução, à reciclagem, ao conserto, à manutenção ou à desmontagem de um produto. Ou seja, é uma prática que as empresas devem implantar para que os seus clientes continuem satisfeitos com os serviços prestados mesmo se ocorrer problemas em uma compra.

Essa prática está se tornando muito comum no setor varejista e a companhia precisa ter uma política clara e saber como agir nesses casos. A imagem da empresa está diretamente ligada a como ela lida com as reclamações dos clientes nos casos em que eles querem realizar a devolução de uma mercadoria. Por isso, é preciso ter um plano definido de como proceder nessas situações.

Uma outra vertente da logística reversa é a entrega de embalagens ou produtos com o fim de preservação ambiental. Nesse caso, o consumidor devolve o item para o comerciante ou distribuidor, para que ele leve a mercadoria ou parte dela para o fabricante, a fim de promover a reutilização, a reciclagem ou o descarte necessário.

Quais são as etapas da logística reversa?

São três as etapas que envolvem a logística reversa: pós-venda, pós-consumo e reúso.

Pós-venda

Para entender o que é logística reversa no pós-venda, você deve considerar que o produto não atendeu às expectativas de seus clientes ou que não foram reaproveitados. Nessa fase, há duas subcategorias que definem o seu processo:

  • e-commerce: na maior parte das vezes, o produto não cumpriu com as exigências do consumidor, e o seu uso perdeu um pouco do sentido. Nesse caso, a logística reversa cumpre com o papel de fazer com que a empresa recupere o seu produto, promovendo o recolhimento do item do cliente;
  • varejo: aqui, os consumidores costumam cancelar a aquisição pessoalmente por que se arrependeram da compra, por exemplo, inutilização da mercadoria, escolha errada da compra, entre outros.

Pós-consumo

Esse é o “canal reverso” mais usual. O recipiente descartável surge como uma das principais mercadorias desse segmento, uma vez que o sistema prefere a revalorização e reciclagem dos seus produtos. Esse tipo nasce com base no conceito de ciclo de vida útil do item — que, no caso de uma simples embalagem de mercado, pode ser reutilizada em casa para promover o descarte do lixo doméstico, por exemplo.

Reúso

Na categoria de reúso, os leilões surgem como um exemplo muito válido. Isso devido ao fato de que as empresas organizam métodos de logística reversa pensando em uma nova venda da mercadoria. Móveis, automóveis, livros, dentre outros equipamentos utilizados estão na lista de materiais que fazem parte desse modelo.

Quais são os benefícios da logística reversa na devolução de mercadorias?

Como você pôde ver, existem essas etapas da logística reversa que são muito importantes na hora de observar a satisfação do consumidor que dependem da gestão logística. Caso não haja uma atenção exclusiva para esse processo, é alta a possibilidade de ocorrer falhas, aumento de custos, diminuição de produtividade, desperdícios e falhas relacionadas às entregas.

Confira agora alguns dos benefícios dessa prática de devolução de mercadorias.

Satisfação do cliente

Trocas e devoluções de itens acabam originando possíveis problemas no relacionamento entre o consumidor e a empresa. Uma boa parte disso ocorre por causa da demora em que esse procedimento é concluído. Com a aplicação da logística reversa, as companhias podem recolher esses produtos com muito mais rapidez e finalizar a solicitação de seus clientes em menor tempo.

Ampliação da eficiência

Com a gestão logística de varejo, os processos se tornam bem mais estruturados, com cada etapa determinada, bem como os custos derivados de cada atividade. Sendo assim, é possível buscar por resultados melhores utilizando o mínimo de esforços e recursos possíveis.

Diminuição de custos

A redução de custos também é um dos benefícios que essa prática pode propiciar para um negócio. Além de ter a possibilidade de diminuir gastos ocupando os veículos que retornariam vazios para a empresa — utilizando-os para o recolhimento de produtos e/ou embalagens no caminho de retorno —, essa redução também pode afetar o consumo mínimo de matéria prima.

Maior qualidade

Todo o planejamento e toda a execução se refletem no aumento da qualidade das vendas. Isso pode ser observado na diminuição dos índices de avarias dos produtos em estoque, maior agilidade na efetuação das tarefas e menor tempo de entrega, por exemplo.

Criação de vantagem competitiva

Quando a meta da logística está direcionada para a estratégia empresarial, os objetivos do setor passam a ser coerentes com os da companhia, permitindo que os resultados sejam mais satisfatórios. Exemplo disso é a redução dos gastos e a ampliação da qualidade dos serviços, que auxiliam a criar vantagem competitiva.

Melhoria da imagem corporativa

A demanda pela aplicação de processos de logística reversa significa um grande diferencial competitivo, já que o seu negócio será um destaque perante a concorrência.

O desenvolvimento da logística reversa com o uso de um bom sistema de gestão e de uma política de troca e devolução apropriada ajuda o marketing da empresa. Ninguém quer perder dinheiro e todos almejam receber mercadorias de boa qualidade.

Enfim, entender o que é logística reversa é fundamental e proporciona muitos benefícios para as empresas, principalmente quando elas cumprem com os anseios dos seus consumidores. Dessa forma, busque se adaptar a essa nova realidade e conte com um software especializado em varejo para otimizar os seus serviços.

E aí, gostou deste post? Quer receber conteúdos como este diretamente em sua caixa de entrada? Assine a nossa newsletter gratuitamente agora mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *